Pesquisar
Close this search box.
/
/
GPTW divulga ranking das Melhores Empresas Para Trabalhar

GPTW divulga ranking das Melhores Empresas Para Trabalhar

As empresas premiadas foram separadas em quatro grupos: as que mais promovem saúde mental no ambiente de trabalho; pequenas; médias; grandes; e super grandes

O Great Place To Work (GPTW), consultoria global que apoia organizações a obterem os melhores resultados por meio de uma cultura de confiança, alto desempenho e inovação, divulgou os resultados do Ranking Varejo 2023, que torna público os nomes das Melhores Empresas Para Trabalhar. Das 265 inscritas, 60 foram premiadas na 10ª edição. Além disso, houve um crescimento de 51% em relação ao número de companhias que participaram do 9° encontro, em 2022. Os nomes vencedores foram divulgados na noite da quinta-feira (01), em um evento que aconteceu em São Paulo.

“Hoje, conseguimos premiar 60 empresas. Isso demonstra que os premiados, que participam desde o começo, também são referência e responsáveis por essa transformação. Vocês inspiram não só as pessoas que estão com vocês nas organizações, mas o mercado. Esse ranking do varejo é ainda mais especial, porque falamos de um setor que emprega muito. São 600 mil colaboradores impactados, o que está alinhado com a nossa missão de construir uma sociedade melhor através das empresas”, comenta Tatiane Tiemi, CEO no GPTW Brasil.

Selo Destaque Saúde Emocional

  • Arcos Dorados – McDonalds
  • Coris
  • C&A
  • Grupo Marche
  • Magazine Luiza
  • N&DC
  • Solo Network
  • Usaflex

Pequenas empresas

  1. Goldnet TI
  2. Teevo SA
  3. BR France
  4. Rubber Brasil Especialistas em Pisos Emborrachados
  5. Happy S.A.
  6. Grupo Cultivar
  7. N&DC Systems Integrator
  8. Shopping Eusébio
  9. Botica Farmácia de Manipulação
  10. Nick Multimarcas Veículos

Médias empresas

  1. Levvo
  2. Brasal Veículos
  3. Obramax Atacado de Construção
  4. SLC Máquinas
  5. Rentcars
  6. Alper Seguros
  7. Ibagy Imóveis
  8. Serilon
  9. Italiana Automóveis
  10. Solo Network Brasil S.A.
  11. Ingram Micro
  12. Zucchetti C4
  13. Comunicare Comércio de Aparelhos Auditivos
  14. Grupo Linhares
  15. Coris

Grandes empresas

  1. Mercadinhos São Luiz
  2. Porto Velho Shopping
  3. Usaflex – Indústria & Comércio S/A
  4. Cometa Serviços de Assessoria e Consultoria Empresarial LTDA
  5. Leo Madeiras
  6. Cia Dpaschoal
  7. Petlove
  8. Lojas Zema
  9. Hurb Technologies S.A.
  10. Iguatemi S.A
  11. Grupo Marche
  12. Caedu
  13. Cacau Show
  14. Divisão Comércio – Grupo Águia Branca
  15. Piccadilly Company
  16. Agrogalaxy
  17. Clamed
  18. Disveco LTDA
  19. Grupo Soma
  20. Grupo Carbel
  21. Grupo Saga
  22. Todimo Home Center
  23. Lojas MM Mercadomóveis
  24. Cobasi
  25. CVLB Brasil S.A.

“Esse ranking é um símbolo da expressão do nosso DNA. A empresa nasce voltada para as pessoas. É um legado vivo deixado pelo nosso fundador, que empodera as nossas pessoas e que manifestamos no relacionamento com nossos colaboradores. O primeiro lugar é a prova que nossos líderes entregam o melhor para o time, e esse relacionamento é transformado em cuidado. O nosso CEO é quem chancela todo esse movimento de cuidado, e isso empodera o nosso negócio”, comenta Ana Paula da Rocha Falcão, diretora de Desenvolvimento Humano e Organizacional no Mercadinhos São Luiz.

“Nosso primeiro valor é gente. A inteligência artificial é algo que vem, mas é possível um relacionamento onde podemos tirar o melhor dos dois mundos. As pessoas devem conviver com inovação; é para onde estamos indo no futuro. Junto com essa conexão, podemos ter o melhor resultado em tecnologia, inovação e pessoas”, acrescenta.

Super grandes

  1. Gazin
  2. Magazine Luiza
  3. Arcos Dorados – McDonalds
  4. Grupo Boticário
  5. Havan
  6. Leroy Merlin
  7. Assaí Atacadista
  8. C&A
  9. Grupo DPSP
  10. Riachuelo

Durante a pesquisa, foi visto que as empresas estão cada vez mais com um público jovem dentro das companhias. Prova disso é que 65% dos colaboradores têm menos de 35 anos de idade. Além disso, foi visto ainda uma afirmativa, quando questionado aos funcionários qual o principal motivo de permanência nas empresas, que 51% dizem ser pela oportunidade de crescimento e desenvolvimento.

“A inteligência artificial precisa ser usada para potencializar o protagonismo das pessoas. Quando usamos da maneira certa, colocamos os colaboradores para focar em todo potencial que eles têm em si e no que necessitam de foco, especialmente no varejo, um mercado tão dinâmico. Ter soluções que façam o desenvolvimento ser mais rápido e a jornada pensada no consumidor de uma maneira mais inteligente, ajuda a entregar melhores resultados”, frisa o gerente de Comunicação e Cultura no Grupo Boticário, Alex Kirsch.

Melhores Empresas Para Trabalhar e os quesitos avaliados pelo GPTW

“Nós estamos classificados há muitos anos e ficamos felizes. O prêmio reflete os desejos dos nossos colaboradores, e o que eles realmente pensam da empresa. Isso traz muito conforto para sabermos que estamos no caminho certo. O Grupo Zema é uma família, com um ambiente de trabalho confortável, e isso vem da cultura da companhia. Além disso, o fator humano é essencial. A inteligência artificial está presente, mas o fator humano é insubstituível. A IA ajuda no dia a dia, mas o ser humano não pode ser replicado, ainda mais no nosso segmento”, comenta Michelle de Faria, gerente de auditoria no Grupo Zema.

Quanto aos benefícios oferecidos pelas premiadas, 20% dispõem de licença sabática remunerada. 43% oferecem bolsa de estudos para graduação ou pós. 58% dispõem de universidade corporativa. 30% disponibilizam verba para funcionários(as) escolherem onde usar. 33% oferecem cursos de idiomas.

A CEO da GPTW reforça que as práticas, associadas a um excelente comportamento da liderança no dia a dia, é o primeiro passo para a construção de um ambiente de confiança. Quando as empresas conseguem promover uma relação positiva, criam uma cultura aberta à inovação, colaborativa e um local de trabalho diverso, isso impulsiona a performance dos negócios. Por isso, as empresas premiadas têm tendência a ser mais rentáveis, porque colocam as pessoas no centro de suas estratégias.

“São muitas pesquisas, e esse final é a consequência do trabalho que as empresas realizam, com foco nas pessoas. A pesquisa do Great Place To Work tem esse foco de dar voz para as pessoas, escutar como está a experiência dos colaboradores e, a partir da nota que eles dão nesse processo, as companhias chegam até aqui”, explica Tatiane Tiemi.

Além disso, a executiva frisa que, em tempos de inteligência artificial, a questão humana dentro das empresas está cada vez mais importante. “No momento em que passamos por essa grande transformação com o advento da IA, o lado humano se torna ainda mais fundamental. O que o humano sabe, a tecnologia não vai substituir. Existe um receio de pessoas serem substituídas pela tecnologia, e que observamos é o contrário: as pessoas vão precisar dominar essas ferramentas para deixar o melhor delas e, de fato, ficar somente o lado humano nas operações, enquanto o trabalho repetitivo fica para os robôs”, finaliza.

Recomendadas

MAIS MATÉRIAS

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]