Pesquisar
Close this search box.
/
/
Carnaval 2024: entre a folia e o faturamento

Carnaval 2024: entre a folia e o faturamento

Além dos ritmos contagiantes, o Carnaval brasileiro movimenta bilhões, impulsiona o turismo e transforma destinos além dos tradicionais

O Carnaval, celebrado com exuberância e paixão no Brasil, vai muito além das festividades e desfiles de cores vibrantes. Por trás das plumas e dos ritmos contagiantes, há uma complexa engrenagem financeira que impulsiona essa festa anual. As movimentações econômicas que ocorrem durante o período festivo são notáveis, abrangendo desde os investimentos maciços realizados por empresas até o impacto direto nas economias locais. Em 2024, as expectativas para faturamento, motivado pelo Carnaval, são positivas.

“O setor de turismo, em 2024, deve crescer 10% devido a data específica do carnaval neste ano. O crescimento é explicado pelo aumento da atração do turismo nos últimos 10 anos e tem se intensificado no pós-pandemia e lockdown, com a mudança de preferência dos consumidores, que valorizam mais viagens e eventos externos. Vemos que os destinos maduros do Brasil, como Bahia e Rio de Janeiro, continuam crescendo”, comenta o economista-chefe da CNCFelipe Tavares.

Festa nas ruas e lucro com o turismo

As informações sobre a receita gerada no âmbito do turismo, tanto em nível nacional quanto regional, indicam um aumento significativo na atividade ao longo dos últimos anos. A influência do Carnaval, enquanto um evento singular, desempenha um papel fundamental na revitalização econômica do setor, apresentando impactos notáveis de forma geral.

“Destaca-se que todo o crescimento do turismo, e o crescimento significativo do Carnaval, é explicado pelas melhoras do mercado de trabalho em 2023 e todos os fatores macroeconômicos que mostraram melhorias ao longo do ano. Então, este ano deve manter um Carnaval muito positivo, com crescimento significativo em relação ao ano anterior. O setor de turismo deve se beneficiar significativamente por todo 2024”, acrescenta economista-chefe da CNC.

Com a melhora na situação financeira dos brasileiros, espera-se que os turistas aumentem seus gastos durante o período do carnaval, impulsionando a circulação de renda tanto no comércio, quanto nos serviços durante as festividades. Segundo informações do Banco Central do Brasil (BCB), os dispêndios dos brasileiros no exterior registraram um crescimento de 44% em 2023 em comparação com 2022, totalizando US$ 1,1 bilhão. Da mesma forma, os gastos dos turistas estrangeiros no Brasil apresentaram um aumento de 44% no mesmo período.

“Nós acreditamos que o Carnaval vai cumprir o seu padrão, que é: ocupação plena de vários segmentos de hospedagem; demanda muito grande de alimentação fora do lar; processos e serviços de catering para atendimento de grupos nas avenidas; e no processo de carnaval de rua, como Salvador, Rio de Janeiro e São Paulo, que são os mais famosos. As expectativas são as melhores possíveis, as demandas estão crescentes, e eu acho que o Carnaval vai cumprir o rito de que é uma festa importante para o turismo brasileiro”, pontua o diretor da CNC responsável pelo Conselho Empresarial de Turismo e Hospitalidade (Cetur), Alexandre Sampaio.

Folia, confetes e empregos

O Carnaval não apenas impulsiona o setor do turismo, mas também promove a contratação de trabalhadores temporários em várias áreas econômicas. Especificamente no setor de serviços, que engloba atividades turísticas, a Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo estima a criação de 66.699 empregos temporários em 2024, com uma taxa de efetivação de 3,1%. Este ano, a festa manterá sua posição como uma atividade crucial para o turismo brasileiro, desempenhando um papel fundamental na contratação de pessoal para atender à crescente demanda.

Carnaval de 2024 além dos três grandes destinos

Nesse contexto, diversas regiões do Brasil despontam como destinos promissores para as festividades carnavalescas, proporcionando uma riqueza de expressões culturais, tradições locais vibrantes e celebrações capazes de encantar e surpreender os entusiastas da folia. Os três estados que se destacam na projeção de crescimento do setor são Minas Gerais (20,2%), Paraná (14,5%) e Rio Grande do Sul (12,2%).

Essa tendência de expansão prevista para 2024 parece consolidar-se. A profissionalização crescente no setor do turismo nos últimos anos, aliada à crescente demanda por esses serviços, justifica a ascensão de destinos menos convencionais como protagonistas para os turistas que buscam aproveitar esse período não apenas nas renomadas festas de carnaval.

São Paulo como gigante do faturamento do Carnaval 2024

As projeções mostram que, este ano, São Paulo levará o troféu como campeão de faturamento das atividades turísticas no Carnaval 2024. Existe uma expectativa de R$ 16,3 bilhões, seguido, com certa distância, pelo Rio de Janeiro, com R$ 5,3 bilhões, e Minas Gerais, com R$ 5,2 bilhões. Em seguida, e empatados, vêm Bahia e Rio Grande do Sul, com previsão de R$ 2,7 bilhões.

“O faturamento das atividades turísticas no mês do carnaval reflete a dinâmica econômica geral de cada Estado e, quanto maiores o fluxo turístico, a população residente e a renda média, mais alta a projeção”, finaliza Felipe Tavares. 

Foto: Shutterstock

Recomendadas

MAIS MATÉRIAS

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]