Pesquisar
Close this search box.
/
/
Conheça 4 passos para se livrar do superendividamento

Conheça 4 passos para se livrar do superendividamento

Taxa de inadimplência em abril foi maior do que aumento salarial do brasileiro; conhecer hábitos de consumo é essencial para superar desafio.

Segundo a Lei do Superendividamento (Lei n.º 14.181/2021), o superendividamento é definido como a situação em que o consumidor, de boa-fé, reconhece ser incapaz de pagar todas as suas dívidas contraídas, sem comprometer o mínimo necessário para sua subsistência.

Essa legislação estabelece que os fornecedores têm a obrigação de informar de forma precisa o consumidor sobre as taxas, encargos, custos e qualquer outro aspecto que possa interferir no aumento do preço final do produto ou serviço oferecido. Ademais, os fornecedores devem agir de forma clara, sem pressionar ou assediar o consumidor para que ele contrate seus produtos ou serviços.

Superendividamento x Salário

De um lado da moeda, está o salário médio do trabalhador brasileiro. O valor alcançou R$ 2.979 em 2023, representando um aumento de 7,2% (R$ 199) em relação ao ano anterior. Esses dados são da última pesquisa do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), por meio da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad Contínua).

E, analogamente, do outro lado da moeda, o Brasil fechou abril com uma taxa de superendividamento na casa de 78,5%. O percentual representa um aumento de 0,4 pontos em relação a março, quando a taxa era de 78,1%. Portanto, essa é a segunda alta consecutiva registrada, segundo a última pesquisa de endividamento e inadimplência do Consumidor Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), divulgada em 7 de maio.

Táticas contra as dívidas

Levando em consideração essa realidade brasileira, é possível criar estratégias que atendam a população e, ao mesmo tempo, evitar o superendividamento?

É importante ressaltar que as preocupações financeiras podem gerar estresse, diminuir a capacidade de concentração no trabalho e levar ao absenteísmo. Da parte das empresas, é cada vez mais comum que elas ofereçam educação financeira para ajudar os colaboradores a administrarem suas finanças pessoais.

Isso acontece principalmente porque os empregadores têm consciência de que as questões financeiras afetam significativamente o desempenho dos funcionários no trabalho.

Reinaldo Domingos, presidente da Abefin.

Portanto, além das empresas, os trabalhadores também precisam ter atenção para evitar que problemas financeiros gerem outros problemas, em efeito cascata.

Reinaldo Domingos, presidente da Associação Brasileira de Profissionais de Educação Financeira (Abefin), para consumidores superendividados ou com dificuldades financeiras, concede algumas orientações.

“Decerto, o principal objetivo é fazer com que os indivíduos não comprometam nem a saúde, nem seu desempenho no ambiente de trabalho, agravando ainda mais a situação”, afirma o especialista da DSOP Educação Financeira.

Passo a passo

Passo 1. Administre bem os ganhos: em primeiro lugar, antes de pensar no superendividamento, é importante pensar nos ganhos. E isso significa não se restringir apenas ao salário. Por consequência, é essencial levar em consideração também vales alimentação e refeição, bônus, participação nos lucros, 13º salário e até mesmo plano de saúde. Procure manter os gastos com alimentação dentro dos valores diários e mensais dos vales refeição e alimentação, para evitar ter que destinar parte do salário para essas despesas.

Em segundo lugar, caso esteja superendividado ou inadimplente, evite utilizar rendas extras para quitar dívidas sem antes conhecer todos os seus débitos. Dê prioridade aos serviços essenciais – água, luz e aluguel – e às dívidas com maiores taxas de juros, como cheque especial e cartão de crédito.

Passo 2. Atente-se ao empréstimo consignado: o empréstimo consignado pode ser uma boa opção em caso de emergências ou para lidar com dívidas, devido aos juros baixos em comparação a outras modalidades. No entanto, é importante refletir e analisar se o valor descontado não fará falta no pagamento de compromissos mensais essenciais, uma vez que o padrão de vida será drasticamente reduzido, podendo chegar a uma diminuição de até 35% do salário.

Economizar é a saída

Passo 3. Faça um diagnóstico financeiro: conheça exatamente o seu padrão de vida e economize para sair das dívidas. É necessário mudar hábitos e comportamentos que levaram ao superendividamento. Faça um diagnóstico financeiro e identifique como você gasta o seu dinheiro, quais despesas podem ser reduzidas ou eliminadas para sair do vermelho. Anote todos os seus gastos durante 30 dias (ou 90 dias, se houver renda variável). Sabendo quanto você pode destinar mensalmente para pagar a dívida, negocie com bancos e credores. Com os valores economizados, como bônus, 13º salário e outras rendas extras, você terá mais força para renegociar e quitar toda ou grande parte da dívida.

Passo 4. Aproveite a vida: durante o almoço e nos momentos de descanso, procure se alimentar bem, praticar esportes, descansar e passar bons momentos com familiares e amigos. Ninguém está livre de passar por problemas financeiros, mas é fundamental cuidar não apenas desses problemas, mas também da sua saúde física e mental.

Credit and Collection Experience (CCX)

No dia 6 de agosto, o Credit and Collection Experience (CCX) reunirá especialistas, lideranças e empresários. O objetivo é debater e propor soluções para os desafios da jornada dos consumidores brasileiros no acesso ao crédito e na resolução do superendividamento.

Diante de transformações no setor, motivadas por tecnologias recentes como a Inteligência Artificial generativa, Big Data e Machine Learning, chega o momento de aprofundar conhecimentos para construir a sustentabilidade financeira e econômica do país. Venha transformar o crédito e cobrança no CCXConfira a programação do evento clicando aqui.

Recomendadas

MAIS MATÉRIAS

SUMÁRIO – Edição 284

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos na era da Inteligência Artificial, dos dados e de um consumidor mais exigente, consciente e impaciente. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo: das decisões, estratégias e inovações.
O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia. Ele quer respeito absoluto pela sua identidade, quer ser ouvido e ter voz.
Acompanhar cada passo dessa evolução é um compromisso da Consumidor Moderno, agora um ecossistema de Customer Experience (CX), com o mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor, inteligência relacional, tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a experiência de modo eficaz, conectando executivos e lideranças.

CAPA:
YUCA | Estúdio Criativo

ILUSTRAÇÃO:
Midjorney


Publisher
Roberto Meir

Diretor-Executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-Executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-Comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Elisabete Almeida
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

Fabiana Hanna
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head de Conteúdo e Comunicação
Verena Carneiro
[email protected]

Head de Conteúdo
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-Assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Danielle Ruas 
Jéssica Chalegra
Julia Fregonese
Marcelo Brandão

Designer
Melissa D’Amelio
YUCA | Estúdio Criativo

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Líder de Marketing Integrado 
Suemary Fernandes 
[email protected]

Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com autorização da Editora ou com citação da fonte.
Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright,
sendo vedada a reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados
e informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]

SUMÁRIO – Edição 284

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos na era da Inteligência Artificial, dos dados e de um consumidor mais exigente, consciente e impaciente. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo: das decisões, estratégias e inovações.
O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia. Ele quer respeito absoluto pela sua identidade, quer ser ouvido e ter voz.
Acompanhar cada passo dessa evolução é um compromisso da Consumidor Moderno, agora um ecossistema de Customer Experience (CX), com o mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor, inteligência relacional, tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a experiência de modo eficaz, conectando executivos e lideranças.

CAPA:
YUCA | Estúdio Criativo

ILUSTRAÇÃO:
Midjorney


Publisher
Roberto Meir

Diretor-Executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-Executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-Comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Elisabete Almeida
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

Fabiana Hanna
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head de Conteúdo e Comunicação
Verena Carneiro
[email protected]

Head de Conteúdo
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-Assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Danielle Ruas 
Jéssica Chalegra
Julia Fregonese
Marcelo Brandão

Designer
Melissa D’Amelio
YUCA | Estúdio Criativo

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Líder de Marketing Integrado 
Suemary Fernandes 
[email protected]

Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com autorização da Editora ou com citação da fonte.
Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright,
sendo vedada a reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados
e informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]