Pesquisar
Close this search box.
/
/
Apps de delivery: inimigos ou facilitadores dos restaurantes físicos?

Apps de delivery: inimigos ou facilitadores dos restaurantes físicos?

Pesquisa mostra que os serviços de entrega têm aumentado a base de clientes dos estabelecimentos gastronômicos de rua

Desde antes da pandemia, os aplicativos de delivery já davam sinais de que realizariam uma mudança considerável no comportamento do consumidor: ao invés de sair para o restaurante, um movimento de trazer a comida até em casa ficou cada vez mais frequente. E isso provocou um novo perfil de consumo para o segmento gastronômico, especialmente para os estabelecimentos físicos.

Afinal, é fato que, após dois anos de isolamento social, o setor de entregas cresceu e muito: dados da pesquisa Consumo Online no Brasil, realizada pela Edelman e PayPal, mostram que, na pandemia, ao menos 66,1% dos brasileiros pediam um serviço de delivery ao menos uma vez na semana.

O que surpreende em toda essa movimentação dentro do segmento gastronômico, no entanto, é que o efeito do delivery na verdade não desbancou completamente os restaurantes físicos: o que ocorre agora é que, motivados pelo próprio delivery, os consumidores têm saído mais de casa para conhecer o estabelecimento físico de restaurantes que já conheciam apenas pelo serviço de entregas.

Assine a nossa newsletter e fique por dentro das notícias da Consumidor Moderno  

“Essa é uma mudança estrutural para esse setor tão relevante da economia, principalmente nas capitais do país. As pessoas continuam comendo fora e valorizando muito esse hábito, mas agora utilizam os aplicativos também como um meio de ter a experiência primeiro em casa — e só então satisfazê-la na rua”, explica Daniela Malouf, diretora-geral do QualiBest.

A convergência do físico com o digital no setor gastronômico

De acordo com um estudo do Instituto Qualibest, que pesquisou o perfil de consumo em estabelecimentos gastronômicos, essa ascensão do setor de delivery não só foi importante para manter o funcionamento dos restaurantes como, agora, funciona bem para a aquisição de novos consumidores.

Segundo o relatório, seis em cada 10 pessoas que escolhem um restaurante para sair já experimentaram o menu em casa, via aplicativo. “Ao mesmo tempo que levam os pratos prontos para os clientes, os aplicativos parecem estar fazendo, assim, o trabalho de conectar preferências gastronômicas aos restaurantes que são capazes de dar conta delas”, completa Malouf. “É um efeito de antecipação da experiência”.

delivery
Fonte: Instituto Qualibest.

Leia mais: Conheça o Quiq, que chega em agosto para abalar o monopólio dos apps de delivery

Outro ponto importante, relatado no estudo, é que cerca de 70% dos entrevistados afirmaram que preferem conhecer novos estabelecimentos e preparos alimentícios pelas plataformas de delivery mais conhecidas, como o iFood e o Rappi.

E vale destacar que esse número, concretizado após pesquisa com 1.200 pessoas entre os dias 10 de fevereiro e 22 de março deste ano, já representa um aumento de 12 pontos percentuais em relação ao mesmo período em 2020.

“Nossos dados mostram que o serviço não é apenas de entregar comida: ele fornece conhecimento sobre o que há de disponível no ambiente gastronômico da região do cliente e antecipa a experiência dele. É assim que os aplicativos se tornaram plataformas de experimentação e de validação dos restaurantes por parte dos consumidores”, analisa Malouf.

Mas ainda há quem prefira pedir o delivery para comer em casa

Ainda que o retorno às atividades presenciais esteja mais forte em 2022, ainda existem consumidores dispostos a experimentar novos estabelecimentos apenas no conforto de casa. O estudo da Qualibest mostra que 68% dos entrevistados estão saindo menos para comer fora desde que descobriram os aplicativos de delivery.

Esse marco também mostra o quanto esses aplicativos têm se tornado influentes, posto que 50% das pessoas ouvidas pela pesquisa destacam que gastam mais dinheiro no serviço de delivery desde que começaram a utilizá-lo. Para se ter ideia, o ticket médio de consumo nesses serviços saltou de R$ 43,78 em 2020 para 59,20 em 2022, um acréscimo de 35%.

Leia mais: iFood mantém liderança entre aplicativos de delivery, mas concorrência cresce

“Esse é o principal impacto da facilidade que essas plataformas oferecem – até porque nosso estudo também mostra que os pedidos não são feitos apenas em momentos comuns, como finais de semana, mas também porque as pessoas querem acessar novos gostos gastronômicos”, finaliza Daniela Malouf.


+ Notícias

Serviços de mensageria se fortalecem como meios de pagamento

Pagamento sem contato salta mais de 100 vezes em menos de 12 meses 

Recomendadas

MAIS MATÉRIAS

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]