Pesquisar
Close this search box.
/
/
Veja empresas que foram cases de sucesso na pandemia

Veja empresas que foram cases de sucesso na pandemia

Comércio eletrônico e aumento da demanda por delivery estimularam bons resultados para algumas companhias, apesar do cenário global de crise

Se pudéssemos definir 2020 em uma palavra, certamente seria: “atípico”. A pandemia do novo coronavírus desencadeou uma crise econômica global sem precedentes e obrigou todos os setores a se reinventar para sobreviver. Enquanto milhares de empresas quebraram diante das dificuldades financeiras, algumas, por sua vez, conseguiram crescer ainda mais, mesmo em um cenário marcado por incertezas e se tornar verdadeiros cases de sucesso. Veja alguns exemplos a seguir.

Leia também: Consumo e varejo: estratégias para o sucesso na nova realidade 

Via Varejo

Sob nova direção desde o meio do ano passado, o grupo que controla empresas como Casas Bahia e Ponto Frio e conta com 41 mil funcionários transformou os limões da pandemia em uma doce limonada. A mudança na diretoria veio na hora certa: desde o segundo semestre de 2019, a Via Varejo voltou a realizar novos investimentos em tecnologia, melhorou suas lojas e revisou contratos com fornecedores, se preparando, ainda que “sem querer” para a crise que estava por vir.

O isolamento social provocou o fechamento temporário de mais de mil lojas da rede, mas isso não impediu que a empresa fechasse o segundo trimestre de 2020 com lucro de R$ 65 milhões. O peso do e-commerce nesse resultado é inegável: a fatia do faturamento representada pelas vendas online saltou de 30% para 70% com a quarentena.

Em meio à pandemia, a empresa não deixou de lado a responsabilidade social. R$ 5,3 milhões foram doados por meio da Fundação Casas Bahia para o combate à crise, incluindo R$ 1 milhão para mulheres empreendedoras. Em abril, uma live promovida pelo grupo em parceria com a dupla Sandy & Junior arrecadou mais de 700 toneladas de alimentos para doação. A Via Varejo mantém ainda projetos de auxílio financeiro para micro e pequenos empreendedores, como forma de reforçar seu papel dentro da sociedade.

Mercado Livre

Com o crescimento expressivo das vendas online na pandemia, o Mercado Livre, maior portal de comércio eletrônico do Brasil, bateu recorde de vendas no terceiro trimestre de 2020. O volume de vendas registrado pela empresa entre julho e setembro chegou a US$ 5,9 bilhões, enquanto o total de usuários ativos cresceu 92,2%.

Com isso, o Mercado Livre fechou o terceiro trimestre com um lucro líquido de US$ 15 milhões, superando as expectativas, que eram de US$ 10,5 milhões de lucro. Agora, a empresa planeja manter o ritmo no quarto trimestre, com as vendas impulsionadas pela Black Friday e pelo Natal.

Um dos movimentos que levou a esse crescimento foi o investimento em logística. A empresa agora possui até aviões em sua frota e, em alguns lugares, consegue fazer a entrega no dia seguinte da compra. Somente este ano, o valor de mercado do Mercado Livre dobrou, atingindo impressionantes US$ 61,6 bilhões de dólares.

PayPal

A alta do comércio eletrônico ao redor do mundo favoreceu, também, os resultados do PayPal. O lucro da empresa de pagamentos eletrônicos cresceu 86% no segundo trimestre de 2020, chegando a US$ 1,53 trilhão.

Para o PayPal, o segundo trimestre foi marcado por quebras de recordes: foram nada menos do que US$ 222 bilhões transacionados em seu sistema. Essa também foi a primeira vez que a receita da empresa ultrapassou os US$ 5 bilhões em um único trimestre.

Desde o começo da pandemia, o PayPal incluiu cerca de 44 milhões de novas contas de compradores e vendedores à sua plataforma. “Em 1º de maio, o PayPal registrou mais pagamentos online do que na Black Friday de 2019, até então nosso recorde global. Ao longo dessa jornada, abrimos novos canais de contato e conseguimos aumentar nossa capacidade de atendimento com alto nível de excelência”, diz Ana Paula Kagueyama, Head Global de Soluções para Clientes do PayPal.

Segundo ela, como muitos comerciantes e consumidores tiveram de mudar sua forma de vender e comprar, passando a fazê-lo de forma 100% online, foi natural que players como o PayPal acabassem sobressaindo neste momento “O PayPal está em uma posição privilegiada por ter um balanço financeiro robusto e um modelo de negócios que nos ajuda a enfrentar este momento desafiador. Há um movimento global em direção aos pagamentos digitais, que data de muito antes da pandemia, e estamos bem posicionados para ajudar nessa transição”, destaca.

iFood

Além do e-commerce, outro setor que não teve do que reclamar durante a pandemia foi o de delivery. Entre março e agosto, o número de restaurantes cadastrados no iFood cresceu praticamente 50%. Em agosto, o iFood atingiu a marca histórica de 236 mil restaurantes na plataforma, em mais de mil cidades, e 44,6 milhões de pedidos.

Em meio à pandemia, a empresa tem procurado formas de apoiar os restaurantes parceiros. Desde abril, o iFood já destinou mais de R$ 180 milhões de sua própria receita para auxiliar estabelecimentos em todo o Brasil, reduzindo taxas de comissão. Em parceria com a Rede, do Itaú, os restaurantes tiveram a opção de antecipar o repasse para 7 dias, a fim de manter o fluxo de caixa. Com isso, mais de R$ 3 bilhões foram injetados na economia brasileira.

O iFood também adotou medidas para preservar seus entregadores nesse período. Foram destinados R$ 43 milhões a iniciativas desenvolvidas para a categoria, incluindo dois fundos solidários (um para parceiros de grupos de risco e outro para profissionais com sintomas de Covid-19).

Recomendadas

MAIS MATÉRIAS

SUMÁRIO – Edição 284

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos na era da Inteligência Artificial, dos dados e de um consumidor mais exigente, consciente e impaciente. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo: das decisões, estratégias e inovações.
O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia. Ele quer respeito absoluto pela sua identidade, quer ser ouvido e ter voz.
Acompanhar cada passo dessa evolução é um compromisso da Consumidor Moderno, agora um ecossistema de Customer Experience (CX), com o mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor, inteligência relacional, tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a experiência de modo eficaz, conectando executivos e lideranças.

CAPA:
YUCA | Estúdio Criativo

ILUSTRAÇÃO:
Midjorney


Publisher
Roberto Meir

Diretor-Executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-Executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-Comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Elisabete Almeida
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

Fabiana Hanna
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head de Conteúdo e Comunicação
Verena Carneiro
[email protected]

Head de Conteúdo
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-Assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Danielle Ruas 
Jéssica Chalegra
Julia Fregonese
Marcelo Brandão

Designer
Melissa D’Amelio
YUCA | Estúdio Criativo

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Líder de Marketing Integrado 
Suemary Fernandes 
[email protected]

Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com autorização da Editora ou com citação da fonte.
Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright,
sendo vedada a reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados
e informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]

SUMÁRIO – Edição 284

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos na era da Inteligência Artificial, dos dados e de um consumidor mais exigente, consciente e impaciente. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo: das decisões, estratégias e inovações.
O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia. Ele quer respeito absoluto pela sua identidade, quer ser ouvido e ter voz.
Acompanhar cada passo dessa evolução é um compromisso da Consumidor Moderno, agora um ecossistema de Customer Experience (CX), com o mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor, inteligência relacional, tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a experiência de modo eficaz, conectando executivos e lideranças.

CAPA:
YUCA | Estúdio Criativo

ILUSTRAÇÃO:
Midjorney


Publisher
Roberto Meir

Diretor-Executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-Executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-Comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Elisabete Almeida
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

Fabiana Hanna
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head de Conteúdo e Comunicação
Verena Carneiro
[email protected]

Head de Conteúdo
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-Assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Danielle Ruas 
Jéssica Chalegra
Julia Fregonese
Marcelo Brandão

Designer
Melissa D’Amelio
YUCA | Estúdio Criativo

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Líder de Marketing Integrado 
Suemary Fernandes 
[email protected]

Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com autorização da Editora ou com citação da fonte.
Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright,
sendo vedada a reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados
e informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]