Pesquisar
Close this search box.
/
/
Varejo se prepara para a Páscoa e aposta em novas estratégias para vencer a crise econômica

Varejo se prepara para a Páscoa e aposta em novas estratégias para vencer a crise econômica

Em cenário pós-pandemia, varejistas investem em canais de atendimento omnichannel e apostam em atendimento personalizado para aumentar as vendas durante a Páscoa

Se você foi ao mercado nas últimas semanas, provavelmente deve ter se deparado com centenas de ovos de Páscoa expostos nas parreiras pelos corredores da loja, em seus mais diversos formatos, tamanhos e sabores. Não é verdade?

As indústrias de chocolate já estão a todo vapor na produção das guloseimas da Páscoa e os setores varejista e atacadista também têm investido na comercialização dos ovos ainda no início do ano. Mas qual será o motivo dessa venda “precipitada”? E com relação ao varejo, como este segmento vem se preparando para a data que tradicionalmente movimenta o primeiro semestre?

Assine a nossa newsletter e fique atualizado sobre as principais notícias da experiência do clienteAQUI

Com a retomada da economia, vendas tendem a
crescer durante a Páscoa

Essas e outras dúvidas foram apresentadas a um dos fundadores da empresa do segmento Plant Based, Vida Veg, Anderson Rodrigues, que deu um breve panorama sobre as expectativas e desafios do varejo neste período do ano. “Com a retomada da economia no pós-pandemia, esperamos ter um crescimento nas vendas de dois dígitos e para isso, nós – da Vida Veg – estamos buscando empresas para fazer um ovo de páscoa vegano com nosso leite”, inicia o administrador, que complementa: “os varejistas estão abrindo mais espaço para ovos saudáveis e veganos buscando atender a esse novo consumidor preocupado com saúde e sustentabilidade”.

Com o fechamento das lojas físicas em 2020 e o agravamento da pandemia nos últimos dois anos, o setor gastronômico precisou se reinventar e, assim como diversos segmentos brasileiros, sofreu com a crise econômica e com a queda no número de vendas.

De acordo com uma pesquisa realizada em 2021 pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil), em parceria com a Offer Wise Pesquisas, houve uma expectativa de que cerca de 102,7 milhões de brasileiros fariam as compras para a Páscoa, o que representou uma queda de 10,5 milhões de consumidores se comparado ao ano de 2019.

A queda no consumo durante a data cristã, além de estar associada à pandemia e ao endurecimento das regras sanitárias, também pode ser explicada pelo aumento do valor do dólar e pela crise financeira, agravada pelo crescimento no número de desempregados no país.

Apesar dos desafios e problemas enfrentados pelos brasileiros, a vacinação em massa e a retomada gradual da economia parecem dar um fôlego para os negócios e, consequentemente, para a retomada das vendas de doces durante as comemorações religiosas.

Novos sabores, novas estratégias e muitas expectativas…
O coelhinho da Páscoa vem aí!

Justamente por conta disso, muitos varejistas e produtores de ovos de Páscoa vêm investindo não só em novos formatos e sabores dos doces, como também em diferentes opções de venda, que vão desde os pontos físicos, como mercados, feiras e lojas especializadas, até os negócios virtuais, como sites e redes sociais, e o sistema delivery, onde o produto é entregue na casa do cliente.

Isso sem contar com o já tradicional investimento em brindes dos mais diferentes tipos para atrair a atenção das crianças, que continua sendo uma tática de sucesso. Os destaques são sempre os personagens licenciados. Nos últimos anos esses itens têm ganhado tanta importância – e volume – a ponto de deixar o chocolate em segundo plano.

Leia mais: Produtos licenciados ganham espaço no varejo

Segundo o estudo feito pela CNDL em 2021, e que também deve ser válido para este ano, 58% das pessoas pretendem comprar os ovos de Páscoa em supermercados, enquanto que 45% optaram pelas lojas especializadas e 42% pelas lojas de grandes varejistas. Além disso, 70% afirmam que pretendem comprar os itens alimentícios em lojas físicas, enquanto que 65% pretendem comprar através da internet, sendo que 22% apontaram os sites como os favoritos para as compras e 20%, o WhatsApp.

O mercado virtual, inclusive, desponta como um dos principais meios encontrados pelos comerciantes para alavancar seus negócios nos últimos anos. Conforme uma análise feita pela Neotrust, empresa de inteligência de mercado, o comércio digital permitiu a venda de 340 mil ovos e conquistou R$ 45 milhões somente em 2021, o que representa um aumento de 79% quando comparado ao ano que marca o início da pandemia.

Além do consumidor omnichannel, a Páscoa em 2022 promete consolidar novas mudanças trazidas pela pandemia, como a criação de locais que não geram aglomeração em pontos físicos, tais como as gôndolas e as barracas ao ar livre.

O atendimento ao cliente e as melhorias na experiência do consumidor (CX) também chegaram para ficar no setor varejista e devem fazer parte das estratégias de marketing durante as vendas na Páscoa, assim como as ações promocionais e os cashbacks, que foram muito utilizados em 2021 por empresas como a Nestlé e a Garoto.

Por fim, a logística também deve ser priorizada pelo segmento alimentício durante esta data, já que o espaço para o armazenamento dos ovos de Páscoa deve ser relativamente maior do que o reservado para as mercadorias comuns, tendo em vista que tais alimentos são mais frágeis e suscetíveis a danos. Ademais, os armazéns precisam ser bem higienizados – principalmente por conta da pandemia – e climatizados, assim como os veículos para o transporte.

Assine a nossa newsletter e fique atualizado sobre as principais notícias da experiência do cliente


+ Notícias

 A evolução do e-commerce na nova era pós-covid

Quais são as ações táticas do varejo para fidelização e as tendências para o futuro?

Recomendadas

MAIS MATÉRIAS

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]