Pesquisar
Close this search box.
/
/
Como o streaming vai influenciar a experiência do entretenimento

Como o streaming vai influenciar a experiência do entretenimento

Setor de eventos presenciais volta à ativa e o entretenimento digital conquista espaço fixo na rotina. Confira tendências e insights

Durante os anos de pandemia, foram vários os mercados que sofreram quedas e o do entretenimento foi um deles – pelo menos, os de eventos presenciais. Com restrições causadas pela pandemia, os streamings foram o setor que ganhou destaque. A possibilidade de ver “TV online” foi uma tendência bem aproveitada, com muitos canais sendo lançados inclusive durante os períodos mais duros da pandemia (como HBO Max e Paramount Plus aqui no Brasil).

Por outro lado, sem eventos presenciais e com restrições de público quando havia, shows, teatros e outros acabaram sendo prejudicados. Com tantas incertezas nos últimos anos, só agora as consultorias enxergaram as tendências que virão para esse e para o próximo ano nesse setor. Muitas delas impulsionadas pela própria pandemia.

Assine a nossa newsletter e fique atualizado sobre as principais notícias da experiência do cliente

O mercado da TV online e dos streamings

Durante a pandemia, os conteúdos online e digitais ganharam força em todo o mundo, De acordo com o Streaming Observer, as pessoas gastam cerca de 434 horas ao ano assistindo Netflix. E esse número aumentou durante a pandemia. A pesquisa realizada pelo Cuponation mostrou que o brasileiro passou cerca de 8 horas por mês vendo streamings durante o ano de 2020, sendo um aumento de 20% em comparação com os outros anos.

Para Rob Jonas, CEO da Luminate Data, os streamings continuarão sendo destaque e tendência para os próximos anos por ocuparem um espaço na rotina das pessoas (muitas trocaram totalmente a TV por eles, por exemplo).

Uma pesquisa da PwC também mostrou essa tendência: segundo a consultoria, o interesse por esses conteúdos vinha subindo gradualmente e continuará dessa maneira, sendo que em 2022 é esperado que mais de 50% dos gastos do consumidor em entretenimento seja destinado a conteúdos pela internet. “Os gastos nas plataformas digitais apresentam crescimento mais acelerado que os demais, liderados por games, publicidade digital e vídeos na internet”, afirma o estudo.

Com o aumento da relevância desse tipo de entretenimento, cada streaming busca oferecer um diferencial e até encontrar maneiras de garantir a preferência de seu cliente. Com isso, são feitas parcerias de produção e de conteúdo a fim de atendê-los. Em março, a Amazon comprou o estúdio MGM, um clássico de Hollywood, por 8 bilhões de dólares, para se ter ideia.

Outras estratégias, entretanto, podem não agradar tanto: também em março a Netflix anunciou que irá cobrar quando detectar o uso de uma mesma conta em locais diferentes, o que causou diversas reclamações nas redes sociais e ameaças de “trocar de streaming”.

Conheça o Mundo do CX

Interatividade e imersão fora da TV

Com o fim ou diminuição das restrições da pandemia, os eventos presenciais também prometem voltar, mesmo que com regras sanitárias a serem cumpridas. De acordo com o Sympla, além dos eventos 100% presenciais, esperados, a tendência é que ocorram também eventos híbridos, mas mais voltados ao universo empresarial.

Uma outra tendência que também é vista pelas consultorias como principais para esse e próximos anos são os ambientes interativos, que trazem experiências diferentes das comuns.

Um exemplo mundial é a turnê do ABBA que será feita com hologramas. O projeto iniciou- se durante a pandemia e vai sair do papel agora em 2022, com shows acontecendo no Reino Unido em um espaço já determinado para isso.

Na turnê ABBA Voyage os fãs da banda sueca poderão aproveitar o show com todos os integrantes juntos (na “vida real” os quatro já afirmaram não terem interesse em se reunirem novamente) e jovens. É uma experiência diferenciada que pode se tornar tendência para os próximos anos.

Aqui no Brasil os eventos interativos e imersivos também já estão acontecendo. A exposição Beyond Van Gogh conta sobre a vida do pintor em formato imersivo, mesclando sensações enquanto conta sua história e de seus quadros. O objetivo é fazer as pessoas se sentirem “dentro” das obras do artista.

Convergência, conexão e confiança

Para a consultoria PwC, o momento pós-pandemia no entretenimento será de convergência de formatos, conexão com o público e confiança entre todas as partes.

“Apesar do crescimento acelerado do streaming de vídeo e de música, as receitas de bilheteria de cinema e shows ao vivo devem apresentar crescimento consistente nos próximos anos. De fato, a demanda por experiências compartilhadas e ao vivo se mantém no Brasil e no mundo”, afirma a consultoria.

Mesmo assim, o movimento digital no Brasil, para eles, ainda precisa ser desenvolvido, tanto para atender a convergência de formatos quanto para contribuir com o mercado de entretenimento na internet.

Para eles, sete termos definem os desafios do entretenimento no Brasil nos próximos anos:
● fomentar a mobilidade pelo meio digital;
● investimento em formatos híbridos;
● fragmentação de conteúdos por regiões;
● parcerias e fusões;
● usos dos dados a fim de entender clientes;
● preços mais acessíveis à população.

Assine a nossa newsletter e fique atualizado sobre as principais notícias da experiência do cliente


+ Notícias

Buscas na Internet são importantes para entender o consumidor do futuro

Como é o comportamento de consumo online nas favelas?

Recomendadas

MAIS MATÉRIAS

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]