Pesquisar
Close this search box.
/
/
Brasil é o 2º país com mais transações em tempo real no mundo, indica ACI Worldwide

Brasil é o 2º país com mais transações em tempo real no mundo, indica ACI Worldwide

Em 2022, houve mais de 195 bilhões de transações de pagamentos em tempo real (PTR) no mundo. Índia lidera o ranking

Os novos casos de uso para consumidores e empresas estão elevando os volumes mundiais de pagamentos em tempo real (PTR) a níveis recordes. Foram 195 bilhões de transações do tipo em 2022 – um crescimento anual de 63,2 % –, de acordo com o relatório Prime Time for Real-Time de 2023 publicado pela ACI Worldwide em parceria com a GlobalData, empresa líder em dados e análises.

A previsão do relatório é de as transações em tempo real representem 27,8% de todos os pagamentos no mundo até 2027, chegando a 511,7 bilhões de transações. A Índia continua a ser a líder indiscutível de PTR, com 89,5 bilhões de transações em 2022 e uma taxa de crescimento anual de 76,8 %. O país asiático foi responsável por quase metade, 46%, de todas as transações internacionais em tempo real no ano passado.

Já o Brasil foi o terceiro mercado de PTR com evolução mais rápida em 2022, com um crescimento anual de 228,9%, e está em segundo lugar em transações, com 29,2 bilhões em 2022, o que representa 15% de todas as transações internacionais em tempo real no mundo. O grande responsável é o Pix, lançado em 2021. China, Tailândia e Coreia do Sul ocupam o terceiro, quarto e quinto lugares, respectivamente, com 17,6 bilhões, 16,4 bilhões e 8 bilhões transações.

Leia mais:
Queridinho dos brasileiros, Pix acelera inclusão financeira, aponta CEO do Agi

Com consumidores e empresas do mundo todo exigindo formas de pagamento mais baratas, rápidas e eficientes, e a grande aceitação de PTR pelos comerciantes, a adoção de consumidores e empresas por meio de novos casos de uso populares está aumentando. O relatório Prime Time for Real-Time deste ano analisa as transações de PTR per capita por mês pela primeira vez, destacando onde consumidores e empresas usam os PTR de maneira mais ativa:

Reino Unido, Canadá, Estados Unidos, Alemanha, França e Itália – todos entre as 10 principais economias mundiais por PIB — devem ficar em 17º, 19º, 33º, 34º, 35º e 42º, respectivamente, na adoção de PTR por parte dos consumidores em 2027.

“O relatório deste ano destaca como a adoção de pagamentos em tempo real por consumidores e empresas acelera quando as condições são adequadas”, disse Craig Ramsey, diretor global de pagamentos em tempo real e serviços bancários da ACI Worldwide. “Os países no topo da nossa tabela de classificação – Bahrein, Brasil e Tailândia – são todos facilitadores relativamente recentes de pagamentos em tempo real. A colaboração concertada da indústria e mandatos governamentais, a ampla adoção de comerciantes e o forte reconhecimento de marca para um esquema e serviços relacionados, como carteiras digitais forneceram a combinação perfeita para um forte crescimento nesses mercados”, aponta.

Governos e reguladores de outros países perceberam essa mudança e lançaram iniciativas para concorrer com os mercados de pagamentos em tempo real de maior sucesso.

Assine nossa newsletter e fique atualizado sobre as principais notícias da experiência do cliente

Na Europa, a Comissão da UE propôs uma lei que obriga os pagamentos em tempo real (PTRs) em seus 27 estados membros. O Reino Unido embarcou em seu programa “New Payments Architecture”, que visa modernizar os caminhos dos PTR no país. Nos EUA, o Federal Reserve anunciou recentemente a data de lançamento do serviço FedNow, que pretende expandir o acesso aos PTR no território nacional – um evento altamente significativo em um mercado onde os reguladores tendem a se inclinar para a não intervenção.

“Os pagamentos em tempo real são o futuro das economias digitais modernas. Governos e reguladores do mundo inteiro estão começando a entender isso e cada vez mais veem isso como um caminho para promover o crescimento econômico e a inclusão financeira”, avalia Thomas Warsop, presidente interino e CEO da ACI Worldwide.

“Eles eliminam o atrito dos pagamentos, contribuem para maior liquidez e, em última instância, aumentam a fidelidade do cliente. Também complementam a proposta digital holística das instituições financeiras modernas. É preciso entender até que ponto os pagamentos em tempo real que fazem parte de sua oferta são uma decisão estratégica. No entanto, parece cada vez mais claro que limitar seu compromisso ao mínimo também significa limitar sua participação potencial no futuro mercado de pagamentos”, conclui Warsop.

Na América Latina, Brasil lidera crescimento

  • A América Latina é uma das regiões de maior crescimento a nível mundial. Espera-se que as transações de pagamentos em tempo real (PTR) cresçam de 33 bilhões em 2022 para 119,5 bilhões até 2027.
  • A previsão é de que a região tenha uma das maiores proporções de PTR como parte dos pagamentos eletrônicos até 2027 (56%). O Brasil se tornou um importante agente global em PTR e é responsável por 90% dos volumes de PTR na região devido à força do Pix.
  • O Brasil é o segundo na adoção mundial de PTR por parte dos consumidores, atrás somente da Índia. A maioria de sua população tem acesso ao serviço Pix via celular e o Brasil deverá ter 52 transações de PTR per capita por mês até 2027.
  • As carteiras digitais ultrapassaram uma massa crítica na região, com 65% dos consumidores detendo e/ou usando uma carteira móvel em 2022, em comparação com 58% em 2021 e 15% em 2018.
  • Os golpes de engenharia social associados à fraude de APP aumentaram, representando 27% dos incidentes de fraude relatados na América Latina em 2022 – acima dos 16% em 2021. Os dados de cartões roubados on-line caíram de 20% para 13% no mesmo período.
  • Os mercados em crescimento a serem observados na América Latina incluem o México, que pela primeira vez está entre os principais mercados de PTR do mundo (9º), bem como Peru, Argentina e Colômbia, que figuram na lista dos 10 principais mercados em crescimento do mundo.

EUA: “Pix americano” já tem nome e data para estrear

  • Espera-se que as transações de pagamentos em tempo real (PTR) na América do Norte cresçam de 3,9 bilhões em 2022 para 13 bilhões em 2027. Embora a América do Norte represente atualmente apenas 2% de todos os PTR do mundo todo, ela tem potencial para se tornar uma região de crescimento extremamente alto.
  • Como proporção dos pagamentos eletrônicos, os PTR devem ser de apenas 5% até 2027 na América do Norte – menor do que em todas as outras regiões: Europa (13%), Ásia-Pacífico (12 %), Oriente Médio, África e Sul da Ásia (79%) e América Latina (56%).
  • A adoção do consumidor, medida como transações per capita por mês, foi baixa em toda a região em 2022 – os EUA e o Canadá ficaram em 33o e 19o, respectivamente, no mundo todo.
  • As taxas gerais de fraude permanecem estáveis, com 28% dos consumidores informando ter sido vítimas de fraude em 2022, em comparação com 26 % em 2021. Os golpes de engenharia social e hacks de contas de carteira digital são os únicos tipos de fraude que cresceram de 2021 a 2022, demonstrando tanto o aumento da adoção de pagamentos digitais quanto a evolução correspondente das táticas dos fraudadores.
  • O lançamento do FedNow nos EUA, em julho de 2023, pode ser um grande catalisador para a adoção dos PTR – ele expandirá o acesso aos PTR para bancos menores e apresentará novos serviços, como o Request for Pay (ou “Solicitação de pagamento”), desde o primeiro dia.

Europa: modernização está no horizonte graças à pressão da UE

  • Espera-se que as transações de pagamentos em tempo real (PTR) na Europa cresçam de 13,2 bilhões em 2022 para 34,2 bilhões em 2027.
  • Quatro países europeus devem figurar entre os 10 primeiros do mundo na adoção pelos consumidores do PTR em 2027 – Holanda, Suécia, Finlândia e Dinamarca.
  • As carteiras digitais são cada vez mais populares, com 41% dos consumidores detendo e/ou usando uma carteira móvel em 2022, em comparação com 31% em 2021 e 12% em 2018.
  • As taxas gerais de fraude estão estagnadas ou em declínio. No entanto, os golpes de engenharia social associados à fraude do pagamento por push autorizado (APP) estão aumentando.
  • A Comissão da União Europeia, órgão diretor do bloco, propôs impor os PTR em seus 27 estados membros,para que os bancos passem oferecer pagamentos instantâneos com o mesmo custo ou menor do que as transferências de crédito padrão. A lei proposta causaria um impacto significativo no mercado, uma vez que, neste momento, são comuns taxas até 1,50 euros para pagamentos instantâneos.

Leia mais:
Open Finance faz 2 anos com desafio de ser mais simples

Ásia-Pacífico tem os mercados de pagamento em tempo real mais inovadores

  • Os serviços e recursos avançados e fáceis de usar, como pagamentos com código QR e experiências nativas para dispositivos móveis, estão impulsionando a adoção em toda a região.
  • Espera-se que os volumes de transações de PTR na região cresçam de 49,2 bilhões em 2022 para 96,7 bilhões em 2027.
  • A maioria dos países da APAC tem esquemas de pagamentos em tempo real em vigor há alguns anos. O crescimento projetado de cinco anos continua, para a Malásia é de 19,7%, nas Filipinas de 18,7%, em Singapura de 18,3% e na Austrália de 16,3%. Esse crescimento robusto é impulsionado pelo lançamento regular de novos produtos por esses esquemas.
  • Os governos e bancos centrais da região da APAC desempenham um papel fundamental na adoção. Houve forte pressão dos governos dos países da APAC, especialmente na Indonésia e na Malásia, para a adoção dos PTR, que está permitindo que o setor adote pagamentos digitais.
  • Os consumidores da APAC são os usuários mais ávidos de carteiras digitais, com oito dos 10 principais países de adoção de carteira móvel localizados na região.

Conheça o Mundo do CX

Oriente Médio, África e Sudeste Asiático (Measa):
mercado de crescimento internacional mais rápido devido ao poder da Índia

  • O Oriente Médio é uma das regiões de crescimento mais rápido e a África é um mercado de crescimento importante a ser observado.
  • A Measa registrou 95,7 bilhões de transações de PTR em 2022, principalmente devido ao papel dominante da Índia. Espera-se que as transações de PTR cresçam para 250 bilhões até 2027, com uma taxa anual de crescimento de 21,2%.
  • Em 2022, 46% de todas as transações de PTR do mundo foram originadas na Índia. Os volumes atingiram um novo recorde de 89,5 bilhões em 2022, representando 81 % dos pagamentos eletrônicos na Índia.
  • O Oriente Médio é o mercado de PTR que mais cresce no mundo. Espera-se que as transações de PTR cresçam de 675 milhões em 2022 para 2,6 bilhões até 2027, a uma CAGR de 30,6%.
  • A Arábia Saudita é, atualmente, o maior mercado de PTR no Oriente Médio, seguida pelo Bahrein.
  • O Bahrein é o líder mundial em adoção por parte dos consumidores, com previsão de 84 transações de PTR per capita por mês até 2027.
  • Os governos e reguladores do Oriente Médio estão estabelecendo novos mandatos para a adoção. Vários países – entre eles Emirados Árabes Unidos, Catar, Kuwait e Omã – pretendem lançar esquemas nacionais de PTR em breve, com recursos inovadores e serviços de sobreposição no topo da agenda.
  • A Nigéria é um dos 10 principais mercados de PTR do mundo e a África do Sul é o segundo maior mercado da África, tendo lançado os PTR em março de 2023. Este continente vasto e em rápido crescimento está cheio de oportunidades para os pagamentos em tempo real, com muitos países africanos planejando desenvolver e lançar esquemas nacionais de PTR.


    + NOTÍCIAS
    Speech analytics: IA traduz humor do cliente no atendimento
    Conheça e saiba como evitar os principais golpes por Pix

Recomendadas

MAIS MATÉRIAS

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]