Pesquisar
Close this search box.
/
/
Tendências no feminismo para 2016

Tendências no feminismo para 2016

Promotora de justiça que trabalha há 20 anos na área aponta temas e causas que devem se destacar no ano

De uma coisa nós podemos ter certeza: a internet leva as lutas feministas a outro patamar. Graças à conectividade, os temas relacionados às mulheres e suas lutas ganham um destaque inédito e o feminismo conquista cada vez mais espaço nas pautas de diversos setores.

Foi graças às lutas feministas que muitas conquistas já foram alcançadas, mas ainda há um longo caminho a percorrer. Portanto, muitos temas devem estar presentes neste ano. A Dra Gabriela Manssur, promotora de Justiça e coordenadora do Núcleo de Combate à Violência Doméstica e Familiar Contra a Mulher da Região da Grande São Paulo, aponta alguns destaques.

Com mais de 20 anos de trabalho em defesa aos direitos da mulher, ouvindo vítimas de violência, ativistas e o poder público, ela destaca uma lista de oito tópicos que devem atrair a atenção pública durante o ano:

Feminismo e feminilidade

2015 foi o ano de o tema “feminismo” ganhar visibilidade no Brasil. Porém, velhos estereótipos ainda precisam ser desfeitos. Um bom exemplo é a antiga percepção de que as feministas não podem ser femininas: o movimento atual busca justamente mostrar que a mulher pode ser como ela quiser. Isso inclui usar salto alto ou tênis, o que ela preferir. É o momento de desfazer padrões.

Feminismo e moda

O conceito de unissex deve ganhar maior amplitude nesse ano com o apoio de grandes marcas. A grife francesa Louis Vuitton, por exemplo, optou por ter o ator e músico Jaden Smith, filho de Will Smith, como modelo de sua campanha feminina de Verão 2016. Fatos como esse demonstram que mulheres e homens estarão mais livres para se expressarem através da moda e essa fluidez entre os gêneros é excelente para criar um diálogo mais amplo entre os sexos.

Empoderamento da mulher através do esporte

Em ano de Olimpíadas, as mulheres mostrarão todo o seu potencial no esporte. Modalidades como luta olímpica terão um maior número de atletas do sexo feminino, e diversos nomes ganharão destaque por seus talentos, como: Fabiana Murer – principal nome do atletismo brasileiro, Allysson Felix – velocista americana com o maior número de medalhas na modalidade, e a ginasta russa Margarita Mamun, que já soma 15 medalhas de ouro nos últimos dois anos em campeonatos mundiais e europeus.

Mulheres em cargos de liderança

Mais da metade das empresas no Brasil não possuem mulheres em cargos de liderança, segundo a pesquisa “Women in Business 2015”, da Grant Thornton. Contudo, essa realidade deve começar a mudar no futuro: um levantamento divulgado no início do ano demonstrou que empresas que incentivam a diversidade de gênero nas posições de liderança costumam ter melhores resultados financeiros. A pesquisa foi feita pelo Peterson Institute for International Economics, com 21.980 empresas em 91 países.

Violência cibernética e a importância da palavra da vítima

No início do ano, o bar Quitandinha, em São Paulo, se envolveu em uma polêmica nacional ao se posicionar na internet após ser acusado de ter sido conivente com uma tentativa de assédio e agressão a duas clientes, por parte de outros dois frequentadores. Apesar do enorme apoio às vítimas por parte dos internautas, o estabelecimento e alguns outros usuários das redes sociais preferiram duvidar do depoimento das duas mulheres. O resultado foi uma enxurrada de críticas ao bar, mostrando que é urgente a necessidade de dar voz às mulheres vítimas de violência, sem criar empecilhos ou constrangimentos em seus relatos, no mundo real ou virtual.

Projetos voltados aos homens autores de violência

Na campanha “Eles por Elas”, lançada no ano passado, a ONU fez um convite aos homens para mostrarem que também defendem direitos iguais para ambos os sexos. Cerca de 640 mil de homens no mundo todo já assinaram o marco, sendo que o Brasil está em quarto lugar entre os países com mais assinaturas, somando 21 mil adesões. O Projeto Tempo de Despertar – Ressocialização do Agressor também age nesse sentindo, trazendo para perto da causa feminista os condenados por violência, em encontros que abordam assuntos como ciclo da violência, responsabilização, evolução dos direitos da mulher, Lei Maria da Penha, além de aulas de culinária com o programa “Lugar de Homem também é na cozinha”.

Direito ao aborto

Com a recente epidemia do vírus Zika e os casos de microcefalia, o direito ao aborto vem sendo novamente discutido pela sociedade brasileira. O movimento feminista é uma importante ferramenta ao reforçar que mulheres e homens têm o direito de tomar decisões que digam respeito aos seus corpos. Essa é uma discussão urgente, que integra a agenda dos direitos individuais e da saúde pública e que deve acontecer com a aproximação dos poderes executivo, judiciário, legislativo e ministério público para enfrentamento à violência contra a mulher.

Tratamento humanizado das mulheres vítimas de violência nas delegacias de polícia

As mulheres que têm a coragem de denunciar uma agressão, muitas vezes, passam por situações constrangedoras em uma das unidades da Delegacia de Defesa da Mulher. O tratamento precisa ser mais humanizado e acolhedor, diminuindo o impacto que a mulher já sofre ao expor o seu problema para amigos e familiares.

Para saber mais sobre a Dra. Gabriela Manssur, acesse sua palestra no evento TEDx São Paulo.

 

Recomendadas

MAIS MATÉRIAS

SUMÁRIO – Edição 285

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos na era da Inteligência Artificial, dos dados e de um consumidor mais exigente, consciente e impaciente. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo: das decisões, estratégias e inovações.
O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia. Ele quer respeito absoluto pela sua identidade, quer ser ouvido e ter voz.
Acompanhar cada passo dessa evolução é um compromisso da Consumidor Moderno, agora um ecossistema de Customer Experience (CX), com o mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor, inteligência relacional, tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a experiência de modo eficaz, conectando executivos e lideranças.

CAPA:
Rhauan Porfirio | Nathalia Parra


Publisher
Roberto Meir

Diretor-Executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-Executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-Comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Angela Souto
[email protected] 

Daniela Calvo
[email protected]

Elisabete Almeida
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head de Conteúdo e Comunicação
Verena Carneiro
[email protected]

Head de Conteúdo
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-Assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Danielle Ruas 
Jéssica Chalegra
Julia Fregonese
Marcelo Brandão

Designer
Melissa D’Amelio
Nathalia Parra | Zootz Comunicação

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com autorização da Editora ou com citação da fonte.
Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright,
sendo vedada a reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados
e informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]

SUMÁRIO – Edição 285

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos na era da Inteligência Artificial, dos dados e de um consumidor mais exigente, consciente e impaciente. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo: das decisões, estratégias e inovações.
O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia. Ele quer respeito absoluto pela sua identidade, quer ser ouvido e ter voz.
Acompanhar cada passo dessa evolução é um compromisso da Consumidor Moderno, agora um ecossistema de Customer Experience (CX), com o mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor, inteligência relacional, tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a experiência de modo eficaz, conectando executivos e lideranças.

CAPA:
Rhauan Porfirio | Nathalia Parra


Publisher
Roberto Meir

Diretor-Executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-Executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-Comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Angela Souto
[email protected] 

Daniela Calvo
[email protected]

Elisabete Almeida
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head de Conteúdo e Comunicação
Verena Carneiro
[email protected]

Head de Conteúdo
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-Assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Danielle Ruas 
Jéssica Chalegra
Julia Fregonese
Marcelo Brandão

Designer
Melissa D’Amelio
Nathalia Parra | Zootz Comunicação

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com autorização da Editora ou com citação da fonte.
Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright,
sendo vedada a reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados
e informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]