Pesquisar
Close this search box.
/
/
As tendências do futuro dos negócios, segundo Amy Webb

As tendências do futuro dos negócios, segundo Amy Webb

A executiva esteve presente no Tech Founders Summit 2022, promovido pelo Itaú Unibanco, e destacou pontos de atenção

Nesse mundo de tendências futuras nos negócios — que é muito baseado em achismos, Fake News, profissionais sem nenhuma formação, experiência ou estudo e “especialistas” do LinkedIn —, é sempre revigorante ouvir a perspectiva de pesquisadores sérios e prestigiados para a área de previsão estratégica. Uma pena, no entanto, que os encontrar e ter acesso a seus estudos seja tão difícil.

Mas ainda há esperança e ainda há caminhos. O próprio South By Southwest (SXSW), que ocorreu em março deste ano, provou essa teoria: é possível “prever” o futuro por meio de muito estudo e dados. E esse tem sido o brilhante trabalho de Amy Webb, futurista, autora, fundadora e CEO do Future Today Institute, que investe sua carreira para prever tendências no mundo corporativo e nos negócios de maneira geral.

Assine a nossa newsletter e fique atualizado sobre as principais notícias da Consumidor Moderno 

A pesquisadora, além de apresentar uma palestra na SXSW, também foi convidada pelo Itaú Unibanco a comparecer à Tech Founders Summit 2022, que ocorreu na última semana de maneira gratuita e online. Na conferência, ela apresentou algumas tendências futuras que vale a pena ficar de olho. Separamos algumas das principais. Confira:

Biologia sintética e a ascensão da nova inteligência artificial

Se hoje a tecnologia já permite que a inteligência artificial faça ações extraordinárias, Webb destaca que, no futuro, ela será ainda mais eficiente quando for combinada à biologia. É o que se chama de “biologia sintética”, uma estratégia que modifica — por meio da tecnologia — o DNA de organismos vivos e os transforma em sintéticos ou muda suas características biológicas para o desempenho de certas atividades.

“A biologia sintética vai moldar o futuro dos vários ecossistemas na próxima década”, iniciou a futurista. “Em poucos anos, estaremos pensando nas células como fábricas de alta tecnologia, com novos conjuntos de construção para produzir o que quisermos. Já vemos hoje os hardwares, computadores e a biologia se fundindo”, complementa.

Leia mais: Inteligência artificial: o que 2022 reserva para a tecnologia do momento?

Para ela, essa fusão conseguirá trazer uma nova perspectiva para o mercado e isso ficará refletido tanto na atuação das inteligências artificiais quanto no próprio sistema de armazenamento.

“A Microsoft e a Universidade de Washington já estão usando isso. E estou falando de hoje! Fizeram um sistema totalmente automático para armazenar e recuperar dados em um DNA fabricado. É algo como um hard drive biológico”, explica a especialista. “Isso é ótimo, estamos sem espaço para guardar todos esses dados. E o DNA pode armazenar informações digitais em espaços que são milhares de vezes menores que os que temos hoje”, conclui.

O futuro do emprego e as tendências dele estão no metaverso

Outra tendência que vem na velocidade da luz é a chegada e a permanência do metaverso. Para Amy Webb, todas as nossas ações estarão lá de forma quase natural nos próximos anos. E isso vale, inclusive, para a forma como tratamos os nossos escritórios — especialmente após o sucesso do trabalho remoto.

“Isso tudo pode parecer algo meio sem sentido, os desenhos e avatares. Mas precisamos levar algo muito importante consideração: um futuro do trabalho será a versão em desenho do nosso escritório”, diz a especialista.

Ela ressalta, dessa forma, que as empresas devem se preparar para além da venda dos clientes e dos usuários e ter um olhar mais atento aos próprios colaboradores nesse espaço. Afinal, o escritório já foi em casa e agora vai ser no metaverso, afirma ela.

Leia mais: Geração Z e gestão financeira, na visão do Digio

Além disso, a especialista também elencou em sua fala fatores importantes sobre o futuro do trabalho da maneira como o enxergamos. Ela comentou sobre a saúde mental dos colaboradores e a nova prioridade do bem-estar — que vem com mais importância do que o próprio trabalho em si — e a flexibilidade como estratégia de retenção de talentos.

“No Brasil, muitas empresas têm um modelo de liderança em grupo, com grandes comitês executivos e conselhos diretivos com muitas pessoas. Há fortalezas nesse modelo, mas pode retê-los também”, finaliza.

O mercado brasileiro e suas expressivas dificuldades

Além das tendências globais, a futurista também analisou o caso específico do Brasil e elencou tanto vantagens do País quanto desvantagens e dificuldades para o avanço tecnológico imposto pelo novo modelo de negócio mundial.

“Eu vejo um mercado que a gente quer muito. E uma parte grande dos nossos clientes quer saber como fazer parcerias com as empresas de vocês, expandir para o país. Queremos entender como podemos alavancar todas as coisas incríveis que vocês realizam aí”, comenta a executiva.

Mas, evidentemente, há desafios importantes na trajetória. “O sistema de telecomunicações do Brasil é terrível. Sem a conectividade de banda larga alta velocidade, o país vai perder oportunidades de contribuir para o novo ecossistema da Web 3.0”, ressalta Webb.

Por fim, ela deixa uma sugestão às empresas brasileiras e afirma que o mercado do País tem muito potencial frente ao mercado global de negócios no futuro. “Continuem fazendo sua pesquisa inovadora, mas durante o desenvolvimento do produto, abram espaço para modelar efeitos colaterais negativos. É melhor fazer isso enquanto estão inovando e criando um produto do que mais tarde perceber que causaram problemas não intencionais”, conclui.


+ Notícias

Timbre e tom: como impactar a experiência do cliente por meio da voz?

Inteligência artificial: a dualidade da evolução tecnológica e do poder sobre o consumidor 

Recomendadas

MAIS MATÉRIAS

SUMÁRIO – Edição 285

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos na era da Inteligência Artificial, dos dados e de um consumidor mais exigente, consciente e impaciente. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo: das decisões, estratégias e inovações.
O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia. Ele quer respeito absoluto pela sua identidade, quer ser ouvido e ter voz.
Acompanhar cada passo dessa evolução é um compromisso da Consumidor Moderno, agora um ecossistema de Customer Experience (CX), com o mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor, inteligência relacional, tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a experiência de modo eficaz, conectando executivos e lideranças.

CAPA:
Rhauan Porfirio | Nathalia Parra


Publisher
Roberto Meir

Diretor-Executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-Executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-Comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Angela Souto
[email protected] 

Daniela Calvo
[email protected]

Elisabete Almeida
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head de Conteúdo e Comunicação
Verena Carneiro
[email protected]

Head de Conteúdo
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-Assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Danielle Ruas 
Jéssica Chalegra
Julia Fregonese
Marcelo Brandão

Designer
Melissa D’Amelio
Nathalia Parra | Zootz Comunicação

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com autorização da Editora ou com citação da fonte.
Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright,
sendo vedada a reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados
e informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]

SUMÁRIO – Edição 285

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos na era da Inteligência Artificial, dos dados e de um consumidor mais exigente, consciente e impaciente. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo: das decisões, estratégias e inovações.
O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia. Ele quer respeito absoluto pela sua identidade, quer ser ouvido e ter voz.
Acompanhar cada passo dessa evolução é um compromisso da Consumidor Moderno, agora um ecossistema de Customer Experience (CX), com o mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor, inteligência relacional, tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a experiência de modo eficaz, conectando executivos e lideranças.

CAPA:
Rhauan Porfirio | Nathalia Parra


Publisher
Roberto Meir

Diretor-Executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-Executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-Comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Angela Souto
[email protected] 

Daniela Calvo
[email protected]

Elisabete Almeida
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head de Conteúdo e Comunicação
Verena Carneiro
[email protected]

Head de Conteúdo
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-Assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Danielle Ruas 
Jéssica Chalegra
Julia Fregonese
Marcelo Brandão

Designer
Melissa D’Amelio
Nathalia Parra | Zootz Comunicação

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com autorização da Editora ou com citação da fonte.
Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright,
sendo vedada a reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados
e informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]