Pesquisar
Close this search box.
/
/
Artigo: O “tecnoutopismo” produzido pelo Vale do Silício

Artigo: O “tecnoutopismo” produzido pelo Vale do Silício

Na sede do Facebook, há cartazes citando Martin Luther King de que "só na escuridão, você consegue ver estrelas". E continua a arenga de que os usuários podem contar com o Facebook, o melhor dos amigos. Puxa, obrigado

Tanta gente chocada, chocada. Facebook encara uma crescente crise, especialmente nos EUA e Europa, com as revelações de que falhou e careceu de transparência para lidar com o acesso impróprio dos dados dos seus usuários, ou seja, nós, habitantes do planeta Terra (ok, muitos, excessivamente muitos). Para quem não sabe, Facebook é o maior País do planeta, com de 2 bilhões de habitantes. Confira a edição online da revista Consumidor Moderno! O estopim da nova crise de confiança (algo devastador numa relação de amizade) foram as revelações sobre uso sem permissão pela firma de pesquisa política Cambridge Analytica dos dados de mais de até 87 milhões de usuários do Facebook. Entre outros clientes da firma, a campanha eleitoral de Donald Trump em 2016. Cambridge Analytica usou os dados para arquitetar uma sofisticada estratégia para influenciar os eleitores antes da votação. Esta nova controvérsia acontece na esteira do escrutínio sobre a manipulação das plataformas Facebook pelos russos, em particular naquela malfadada eleição presidencial americana de 2016.

Tecnoutopismo

O tecnoutopismo pregado pelo Vale do Silício sofre um ataque como nunca sofreu. Existem dúvidas sobre o iluminismo da comunidade virtual global. E o império contra-ataca quando acossado por governos, investidores e dúvidas dos habitantes da Facebook Nation e outros deste universo digital. No Vale do Silício, existe uma campanha de relações pública para que sejam desfeitas as redes do desencanto popular e institucional. Na sede do Facebook, há cartazes citando Martin Luther King de que “só na escuridão, você consegue ver estrelas”. E continua a arenga de que os usuários podem contar com o Facebook, o melhor dos amigos. Puxa, obrigado.

Menino-maravilha

Existem as promessas para aumentar a privacidade dos usuários, neutralizar a desinformação e atuar com mais transparência. Existe até um tom de humildade nas palavras do menino-maravilha (e ultrabilionário) Mark Zuckerberg. Claro que falta transparência no Facebook. A empresa de Zuckerberg abusa do laissez-faire e sempre foi generosa com a exploração de suas plataformas por terceiros. Afinal, quantos mais parceiros (e amigos), melhor. Então, existe este paradoxo que ameaça o business model altamente lucrativo da tecnoutopia. Zuckberger promete restringir a quantidade de dados que os aplicativos externos que usam o Facebook podem acessar. Como de hábito, reguladores europeus são mais duros que os americanos. A comissária da União Europeia encarregada de dados, Vera Jourová, não está muito comovida com as boas intenções e promessas de transparência. Ela lembra que a Internet não é “um espaço livre da lei”. O ponto que eu gostaria de destacar é a cumplicidade dos usuários. O que a turma acha? Tudo na base da amizade? Facebook não é um serviço de utilidade pública, mas um negócio que prosperou graças à invasão de privacidade. Este é o preço para nós. Para o Facebook e afins, o preço será mais regulamentação. Amizade não vive só de farra. Precisa de regras. Não gostou? Cada de um de nós é supostamente livre para ficar de mal com o amigo Facebook.

Recomendadas

MAIS MATÉRIAS

SUMÁRIO – Edição 284

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos na era da Inteligência Artificial, dos dados e de um consumidor mais exigente, consciente e impaciente. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo: das decisões, estratégias e inovações.
O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia. Ele quer respeito absoluto pela sua identidade, quer ser ouvido e ter voz.
Acompanhar cada passo dessa evolução é um compromisso da Consumidor Moderno, agora um ecossistema de Customer Experience (CX), com o mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor, inteligência relacional, tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a experiência de modo eficaz, conectando executivos e lideranças.

CAPA:
YUCA | Estúdio Criativo

ILUSTRAÇÃO:
Midjorney


Publisher
Roberto Meir

Diretor-Executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-Executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-Comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Elisabete Almeida
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

Fabiana Hanna
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head de Conteúdo e Comunicação
Verena Carneiro
[email protected]

Head de Conteúdo
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-Assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Danielle Ruas 
Jéssica Chalegra
Julia Fregonese
Marcelo Brandão

Designer
Melissa D’Amelio
YUCA | Estúdio Criativo

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Líder de Marketing Integrado 
Suemary Fernandes 
[email protected]

Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com autorização da Editora ou com citação da fonte.
Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright,
sendo vedada a reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados
e informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]

SUMÁRIO – Edição 284

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos na era da Inteligência Artificial, dos dados e de um consumidor mais exigente, consciente e impaciente. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo: das decisões, estratégias e inovações.
O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia. Ele quer respeito absoluto pela sua identidade, quer ser ouvido e ter voz.
Acompanhar cada passo dessa evolução é um compromisso da Consumidor Moderno, agora um ecossistema de Customer Experience (CX), com o mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor, inteligência relacional, tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a experiência de modo eficaz, conectando executivos e lideranças.

CAPA:
YUCA | Estúdio Criativo

ILUSTRAÇÃO:
Midjorney


Publisher
Roberto Meir

Diretor-Executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-Executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-Comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Elisabete Almeida
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

Fabiana Hanna
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head de Conteúdo e Comunicação
Verena Carneiro
[email protected]

Head de Conteúdo
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-Assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Danielle Ruas 
Jéssica Chalegra
Julia Fregonese
Marcelo Brandão

Designer
Melissa D’Amelio
YUCA | Estúdio Criativo

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Líder de Marketing Integrado 
Suemary Fernandes 
[email protected]

Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com autorização da Editora ou com citação da fonte.
Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright,
sendo vedada a reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados
e informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]