Pesquisar
Close this search box.
/
/
Rotina de skin care? O consumo de beleza em 2025, segundo a WGSN

Rotina de skin care? O consumo de beleza em 2025, segundo a WGSN

WGSN aponta perfis de beleza que surgirão em 2025 e que as marcas precisam conhecer agora

Nas redes sociais, são comuns e recorrentes as recomendações de rotina de skin care, ou seja, dicas de como cuidar da pele no dia-a-dia. Isso demonstra não apenas a preocupação da brasileira com a estética (característica pela qual as mulheres por aqui já são conhecidas), mas também a busca por um autocuidado que vai além do superficial. Não por acaso, o mercado de beleza segue em ascensão e ditando tendências no País, que é o quarto maior mercado desse segmento no mundo, segundo dados da Euromonitor. Enquanto isso, as marcas brasileiras ganham cada vez mais espaço e um público fiel, que busca boas ofertas e produtos de boa qualidade.

Mas transacionar com esse consumidor não é tarefa simples. Estar atento aos diversos perfis deste público auxilia muito as marcas a produzirem linhas específicas de produtos e alcançarem resultados melhores. E como será o consumo de produtos de beleza em um futuro não tão distante? Respondendo a essa questão, a WGSN apresenta perfis “futuristas” que definem como será o consumidor de beleza em 2025. Conheça dois deles abaixo.

 Rotina de skin care do futuro

  • Intencionalistas

Para os “Intencionalistas” praticar o autocuidado é questão de sobrevivência, já que suas escolhas no mundo da beleza buscam “ferramentas” para lidar com os desafios da vida. A WGS destaca que esse consumidor fará de tudo para proteger e apoiar seu bem-estar físico e mental.

Suas prioridades de compra estão em sintonia com mudanças constantes em suas necessidades e emoções. O custo-benefício em termos de desempenho e atendimento também. Ou seja, para ele o melhor é o ‘tudo em um’, não abrem mão de um design inteligente.

Estão dispostos a pagar mais por mais ‘valor agregado‘ – depois de muitas pesquisas, é claro. Seu look se resume em praticidade e conforto, tanto homens quanto mulheres, e são independentes. Famílias das gerações Z e Millennial estão nesse time.

Em relação aos mercados, a concentração é nos EUA, Europa, Coreia do Sul e Japão. Mas surgirão também no restante da Ásia e, sobretudo, na América Latina. Marcas? Self-Made, YA.BE Beauty, Public Goods, Keys Soulcare, Jillian Dempsey, Cali Ray, The Good Patch, Wiley Body.

Quer um exemplo? A Keys Soulcare (EUA), cujos híbridos de maquiagem/skincare indicados por dermatologistas incluem agora frases empoderadoras em suas embalagens. Enfim, trate a ‘aptidão emocional’ como um ativo da sua marca para esse público. Mais do que uma rotina de skin care, esse público procurará uma rotina de autocuidado completo.

 Leia mais:
Proibição de testes de cosméticos em animais atende desejo de consumidoras

  • Tecnófilos

Para os “Tecnófilos”, a WGSN diz que as marcas precisam engajá-los pela tecnologia. Tudo porque esse público busca as últimas inovações em tecnologia de beleza. São consumidores que priorizam eficiência, eficácia e personalização para maximizar e facilitar as rotinas diárias por meio de um design adaptativo.

Amam tecnologia e querem ser os primeiros a experimentar. São compradores premium e de luxo e utilizam ferramentas de IA para personalizar rotinas de beleza e não se atentam ao preço. Exemplos disso são as marcas estadunidenses SpoiledChild e 2250, que já estão de olho nesse público e oferecem produtos de skincare com base em IA.

Seu look de beleza preferido é minimalista, elegante e luxuoso, desde a maquiagem do dia a dia até o design dos produtos. Produtos skincare estão no topo das preferências. Sua presença se concentra na Ásia e surgirão na América do Norte e na Europa. Sobre marcas: Amorepacific, SpoiledChild, 2250, Foreo, L’Oréal, Parfait, DCYPHER, Yuty, Revea são algumas com potencial para esse público.

Leia mais:
Boticário lança tendências de beleza para carnaval criadas por IA

Quebra de padrões ou o surgimento de novos padrões?

A indústria da beleza sempre foi acusada de estabelecer padrões incansáveis de beleza e de negligenciar a diversidade. Superamos esse ponto e hoje as marcas se tornaram muito mais plurais e inclusiva.

Mas como tudo no mercado, existe a necessidade de se criar tendências e, consequentemente, novos padrões. É da sua natureza, padrões são sepultados e novos padrões surgem. Talvez, essa natureza esteja em vias de se transformar a partir do outro agora. Para o mercado da beleza se desenha um novo mercado, onde o próprio consumidor, com perfis e necessidades distintas, é quem estabelecerá dia a dia aquilo que será belo – para ele.



+ NOTÍCIAS
C&A e a transformação em programas de fidelidade
Lacta aposta em D2C e B2B para fortalecer presença digital 

Recomendadas

MAIS MATÉRIAS

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]