Pesquisar
Close this search box.
/
/
Uma boa recomendação vale muito, ainda mais de descontos

Uma boa recomendação vale muito, ainda mais de descontos

Pesquisa mostra preferência dos consumidores na hora de aproveitar descontos e promoções

No mundo atual, a busca por oportunidades de economizar dinheiro nunca esteve tão em alta. Seja para satisfazer nossos desejos pessoais ou administrar com eficiência nossas finanças, descontos e promoções desempenham um papel fundamental em nossas vidas. A cada esquina, lojas físicas e virtuais oferecem ofertas tentadoras que nos incentivam a aproveitar ao máximo nosso poder de compra – e recomendar esses descontos para amigos e familiares é uma prática realizada por muitos consumidores, principalmente na época de Black Friday.

Ser influenciado por alguém que comprou um produto que você deseja é uma realidade diária, e existe um mercado muito rentável nesse meio: o das reviews, seja em vídeo ou texto. Diversos blogueiros e sites trabalham nesse nicho, e acabam sendo responsáveis pela decisão de compra dos consumidores. Pensando nisso, uma pesquisa da OLX detalhou a influência das recomendações dos outros nas decisões dos clientes: para 48% dos entrevistados, compartilhar sobre as experiências vantajosas em compras influencia totalmente na decisão de outras pessoas.

Leia mais: Nobel de Economia chama atenção para gender gap e mulheres no mercado de trabalho

O estudo mostra que essa troca de informações é muito valiosa para quem recebe. 50% dos usuários entrevistados afirmam que as pessoas para as quais recomendam a compra vantajosa demonstram interesse e consideram fazer o mesmo – afinal, um bom produto com recomendação de alguém próximo se torna ainda mais desejável para consumo.

Quando os descontos valem a pena?

Apesar das indicações de compra serem muito levadas em conta, não são todos os descontos que valem a pena para os consumidores, segundo o estudo. Grande parte dos compradores só concretiza a compra se o desconto for a partir de 20%. A frequência de busca por vouchers e cupons de desconto também foi estudada, e mostra que é uma prática comum entre 53% dos entrevistados.

Leia mais: Empatia empresarial: abordagem sensível combina com estratégia

Busca por descontos

Quando o assunto é a busca pelos produtos e melhores descontos, surpreendentemente o Google não é a plataforma mais usada. O site das lojas ganha nesse quesito, somando 53% dos respondentes, enquanto o buscador vem em seguida, com 41%. Os aplicativos de cashback (39%), apps próprios de promoção (37%) e app da marca (33%) são os outros métodos usados pelos consumidores na hora de fazer negócio.

Outra prática que se popularizou nos últimos anos foi acompanhar perfis que compartilham desconto nas redes sociais. Ou seja, os entrevistados que procuram no Instagram, Twitter e outros somam 75%, e seguem perfis que compartilham promoções de produtos e marcas. Isso acontece para que os consumidores sintam que estão economizando. A maioria dos entrevistados (85%) responderam que procuram ou tentam economizar nas compras. Já para 11%, economizar não está dentre as prioridades e somente para 3% isso não é uma preocupação.

Conheça o Mundo do CX

Dentre todas as categorias de compra, os eletrônicos saem na frente quando o assunto é buscar economia, totalizando 69% delas, contra “roupas, sapatos e acessórios” (63%). E, quando o frete é grátis, melhor ainda.

Características dos produtos que valem a pena

Não basta ser barato, tem que ter os outros dois “B’s”: bom e bonito. Durabilidade e confiabilidade do produto são fatores que os consumidores consideram como qualidade, pelo menos é o que dizem 74% deles. 42% valorizam o desempenho e a eficiência, enquanto 32% apontam a relação entre qualidade e valor pelo dinheiro, ou seja, pelo preço que se paga pelo produto.

A economia não significa apenas ter gasto menos dinheiro, mas também traz a sensação de empoderamento e escolha. Mais da metade (55%) concorda com isso, pois sentem que fizeram escolhas inteligentes. O estudo foi feito com 300 pessoas do Brasil inteiro, entre diversas faixas etárias e recortes sociais, composto por 52% de mulheres e 48% homens, nas faixas etárias entre 18-24 anos (20%), 25-30 anos (17%), 31-40 (27%), 41+ (35%). No recorte de classes, a maioria é da classe C (43%), B (40%), A (15%) e D/E (2%). O estudo contemplou as cinco regiões do país: Sudeste (48%), Nordeste (23%), Sul (16%), Centro-Oeste (8%) e Norte (6%).



+ NOTÍCIAS
Outubro rosa: acolhimento da consumidora com câncer é essencial
Conheça os três pilares do sucesso de uma marca: moldar expectativas, entender o contexto e agir com empatia

Recomendadas

MAIS MATÉRIAS

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]