Pesquisar
Close this search box.
/
/
Quais tecnologias de meios de pagamento vão movimentar o mercado em 2019?

Quais tecnologias de meios de pagamento vão movimentar o mercado em 2019?

Fernando Pantaleão, vice-presidente da Visa, aponta as tecnologia de meios de pagamento que devem mexer com o mercado em 2019

A indústria de meios eletrônicos de pagamentos é uma das mais dinâmicas da economia e evolui todos os anos. Tendo isso como fato, listo a seguir como as novas tecnologias e a inovação aberta e colaborativa entre players e parceiros continuarão impulsionando esse mercado em 2019.

1- Checkouts mais ágeis

O ponto de venda pode ser um desktop, um smartphone ou um tablet – ou, em breve, qualquer dispositivo conectado pela Internet das Coisas. O consumidor valoriza a praticidade, a rapidez e a simplicidade do ambiente online. E o pagamento virou uma parte fundamental desta experiência. Os checkouts estão cada vez mais descomplicados e seguros e a ideia é que se tornem praticamente imperceptíveis. Afinal, alternativas que poupam tempo podem ser tão valiosas quanto um cupom de desconto.

2- Novos dispositivos de compra

Um recente estudo da Visa revelou que, nos Estados Unidos, cerca de 36% dos consumidores pesquisados possuíam seis ou mais dispositivos conectados e apontavam a comodidade como o principal motivador para a compra online. O gadget da vez é o assistente virtual ativado por voz, que começa a ganhar espaço. O número de americanos que possuíam assistentes virtuais subiu de 14% para 27% no último ano. Entre eles, 28% haviam realizado compras pelo dispositivo nos sete dias anteriores à pesquisa, principalmente de supermercado (5%), refeições prontas (4%) e vestuário (4%).

3- Pagamento por aproximação

Os wearables (pulseiras, relógios ou outros itens com tecnologia de pagamento por aproximação) e os pays (pagamento por celulares) já demonstram todo seu potencial de eficiência operacional, pois reduzem os custos ligados à manipulação do dinheiro em espécie e o tempo dos clientes nas filas. Segundo projeções, 77% dos terminais de pagamento atuarão por aproximação até 2020 em todo o mundo (Fonte: Timetric Report, 2016). Na Visa, pagamentos por aproximação já são predominantes na Austrália (92% das transações são contactless), Nova Zelândia (72%), Singapura (63%) e em países da Europa (40%). Esse movimento não ocorre só no exterior. No Brasil, já existem mais de 3 milhões de terminais habilitados para pagamentos por aproximação, mais que 2/3 de todos disponíveis no mercado. E os mobile payments chegaram com força. Dados da Visa apontam que a movimentação por esse tipo de dispositivo cresceu 431% em número de transações no primeiro semestre de 2018 em relação ao mesmo período do ano anterior.

4- Vendedor ou concierge?

As novas tecnologias também podem ajudar o varejista a entender as preferências de cada consumidor. Dessa forma, seus funcionários se dedicarão a atividades de alto valor, trabalhando com sistemas de dados contextuais que lhes darão informações sobre os interesses e preferências individuais de cada comprador, o que torna toda a experiência no varejo mais próxima de um serviço de concierge. Os vendedores vão esclarecer as dúvidas dos clientes e atender desejos específicos, como em uma curadoria de produtos ou serviços. Parte desses dados poderão vir de estudos e análises preparadas sob demanda por empresas de meios eletrônicos de pagamento, que possuem uma imensa quantidade de informações em suas bases de transações e podem contribuir com experiências mais personalizadas.

5-Biometria e tokenização

Manter os pagamentos e os dados seguros em todo o ecossistema financeiro continua sendo uma missão crítica para as empresas de meios eletrônicos de pagamento. A Visa já prevê que a biometria e a autenticação comportamental baseada em risco podem provocar a eliminação da necessidade de senhas em apenas cinco anos. Segundo pesquisa encomendada pela empresa, os brasileiros têm uma forte percepção de que a biometria é mais rápida (85%) e mais fácil de utilizar (89%) do que senhas.

A tokenização, que substitui os detalhes do cartão por um identificador digital inútil para possíveis fraudadores, também está cada vez mais presente. A Visa já tem mais de 60 parceiros globais utilizando tokens.

Com todas essas tendências tornando-se realidade, em 2019 vamos apostar em soluções que nos mantenham à frente desse turbilhão de acontecimentos para proporcionar a melhor experiência e segurança aos nossos clientes e aos portadores de cartões Visa.

* Por Fernando Pantaleão, vice-presidente da Visa do Brasil

Recomendadas

MAIS MATÉRIAS

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]