Pesquisar
Close this search box.
/
/
Preferência por smartphones e mais: detalhes do perfil do gamer brasileiro

Preferência por smartphones e mais: detalhes do perfil do gamer brasileiro

Pesquisa mostra que a maior parte dos jogadores brasileiros é formada por mulheres entre 20 e 24 anos; veja mais características

O mercado de games tem conquistado o mundo. Seja por meio dos consoles específicos para essas atividades, pelos jogos em computadores ou mesmo por aplicativos em smartphones, é inegável que a comunidade gamer tem crescido ao longo dos anos. Só na pandemia, o número de consoles vendidos apresentou um aumento considerável.

Além do contato com os jogos ter crescido, o hábito de consumo do gamer brasileiro também sofreu mudanças. A 8ª edição da Pesquisa Game Brasil (PGB) trouxe alguns dados que mostram a maior penetração dos jogos na sociedade e como se dá esse consumo, em especial durante a pandemia.

Listamos seis detalhes sobre os gamers brasileiros que são importantes para ficar de olho — até para criar estratégias de aproximação com o consumidor. Confira:

1. A pandemia aumentou o tempo do jogo

De acordo com a pesquisa, 75,8% dos gamers brasileiros afirmaram que estão jogando mais no período de pandemia. Com o isolamento social, as atividades de lazer estiveram mais conectadas à tecnologia, fator responsável pelo aumento de tempo gasto nos jogos.

Em um contexto de busca por novas formas de entretenimento, games individuais também ganharam espaço na vida desses consumidores.

2. Entrada de pessoas de média e baixa renda

A comunidade gamer, durante a pandemia, passou a abrigar ainda mais os consumidores das classes C1, C2 — enquadrados na classe média —, bem como jogadores das classes D e E, que configuram a baixa renda. A pesquisa aponta que a soma dessas quatro classes compreende 49,7% dos entrevistados.

Vale destacar que o mercado de games não está restrito apenas aos consoles, como Xbox, Playstation e Nintendo. Gamers que usam o computador ou smartphone têm aumentado cada vez mais em quantidade.

Ainda assim, a classe social mais presente na comunidade gamer é a B2 (27,6%).

3. Falando em smartphone…

O estudo ressalta que a maior parte dos jogadores joga por meio dos dispositivos móveis. Os smartphones, no caso, são os favoritos dos brasileiros: preferência de 41,6% dos gamers.

Essa movimentação inclui uma gama ainda maior de pessoas nos games. Dessa forma, é possível até mesmo mesclar jogadores por meio de diferentes plataformas em um mesmo jogo, como ocorreu no ano anterior com o jogo Among Us (Entre Nós). Nele, era possível fechar uma sala para o jogo com players provindos do computador/notebook — com a versão paga — e também pelo smartphone — por meio da versão gratuita.

A PGB destaca, ainda, que 19,5% dos jogadores jogam todos os dias pelo computador ou notebook, um percentual maior que os consoles (15%).

4. As mulheres compreendem a maior parte dos jogadores

Se antes os games eram vistos como atividade masculina, os resultados da PGB mostram que as mulheres são maioria na comunidade gamer, compreendendo 51,5% dos jogadores brasileiros. Ainda que o percentual seja superior ao dos homens, é importante lembrar que a pesquisa atinge também os jogos em smartphones, aos quais elas costumam ter preferência.

5. Jovens adultos são os que mais jogam

Engana-se quem pensa que jogo é coisa de criança e adolescente. De acordo com os dados da PGB, a maior parte dos jogadores brasileiros tem entre 20 e 24 anos (22,5%), seguido por adultos de 25 a 29 anos (18,6%), pessoas entre 30 e 34 anos (16,7%) e 35 e 39 anos (12,9%).

Os adolescentes compreendem apenas 10,3% do total de jogadores brasileiros em todas as plataformas, abaixo até mesmo dos jogadores entre 40 e 49 anos (12,2%). Ainda que o percentual de adolescentes seja mais baixo, ele ainda está acima dos jogadores com mais de 50 anos, que compreendem 6,8% do total de gamers brasileiros.

6. Mais de um terço dos jogadores mora com os pais

A pesquisa da PGB constatou que mais 34,4% dos gamers brasileiros ainda mora com os pais e, portanto, têm algum auxílio econômico de seus parentes ou contribui com a renda familiar. A segunda maior parcela dos jogadores (30,9%) é pai, mãe ou responsável e 20,9% formam um casal sem filhos. Apenas 10,8% dos jogadores moram sozinhos.


+ Notícias

O mercado de games como aquecimento para o metaverso

Hackers roubam dados de desenvolvedora de jogo Cyberpunk 2077

Recomendadas

MAIS MATÉRIAS

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]