Pesquisar
Close this search box.
/
/
Os ensinamentos da pandemia sobre posições de liderança

Os ensinamentos da pandemia sobre posições de liderança

Especialista traz três características relevantes a se esperar de líderes em momentos como o que vivemos

A pandemia é um teste de liderança. No âmbito dos negócios, uma recente pesquisa da consultoria Edelman mostrou que funcionários confiam ainda menos em seus chefes, e que seriam receptivos a eventuais cortes em seus salários se pudessem se livrar deles.

Mas avaliar um líder pode não ser tão simples. Em seu mais recente artigo na publicação referência em negócios Fast Company, o professor na Universidade de Columbia Tomas Chamorro-Premuzic lembra que, na liderança, existem resultados e opiniões.

“A maioria das pessoas vê suas próprias opiniões como fatos, mas estas são sobretudo expressões de suas preferências, valores ou crenças.”

As pessoas tendem a opinar sobre a liderança e os líderes sem dedicar tempo e esforço para examinar o histórico de um líder – e sem compreender totalmente seu potencial de liderança. Pensando nisso, Premuzic ressalta três características a serem observadas nos líderes ao longo de 2021, já que este ano pode não ser muito diferente do ano passado: humildade, curiosidade e integridade.

Separamos a seguir as percepções mais relevantes do especialista sobre estas três características esperadas aos líderes que podem mitigar as consequências ainda em andamento da pandemia, bem como dar-nos motivos para sermos otimistas.

Humildade

A humildade é valorizada, mas é raramente é encontrada em líderes. Desde que Jim Collins publicou seu best-seller “Empresas Feitas para Vencer” (2001) – no qual ele fornece dados convincentes de que os líderes seniores mais eficazes não são apenas notavelmente persistentes, mas também humildes -, não podemos deixar de falar desta questão.

Curiosamente, o livro também traz evidências de que a chance de ser promovido a cargos de liderança, subir na hierarquia organizacional ou ganhar eleições políticas é significativamente maior se a pessoa não for humilde. Geralmente escolhemos líderes com base em sua confiança transmitida, sua assertividade e capacidade de não ter consciência de suas limitações. E isso precisa mudar.

A receita de sucesso de um mau líder está no encorajamento dado a eles em doses de confiança, sua capacidade de esconder as próprias limitações, de não se preocupar com o que as pessoas pensam e de se colocar à frente da situação mesmo quando não tem talento para tanto.

Curiosidade

Mesmo os líderes mais inteligentes não podem confiar em sua inteligência. Isso porque a imensa maioria dos problemas que eles precisam resolver hoje não está bem definida e exige muito aprendizado. Além disso, a maioria dos líderes experientes passou muito tempo confiando em suas experiências anteriores e utilizando seus conhecimentos atuais.

À priori, portanto, nenhum deles é especialmente útil ao lidar com uma pandemia sem precedentes, ressalta Premuzic.

A curiosidade é a melhor maneira de resolver esse problema. Forte desejo de aprender, paixão por fazer perguntas (em vez de fornecer respostas), capacidade de ouvir, desafiar os preconceitos, identificar lacunas entre o que se sabe e o que precisa saber são pontos que podem ajudar líderes e equipes a se adaptarem ao desafios do momento.

Premuzic lembra que é preciso uma mente faminta para ser um líder. A liderança deve ser como um questionamento sobre a tradição, e a melhor forma de desafiar a tradição é ter a curiosidade de explorar alternativas. Isso inclui valorizar a diversidade de pontos de vista, valores e opiniões.

liderança na pandemia
Fonte: Unsplash

Integridade

Pessoas, organizações e sociedades geralmente ficam melhor quando seus líderes são honestos e éticos, ao invés de imorais ou corruptos. Mas basta abrir o jornal para ver líderes colocando interesses à frente dos coletivos. Premuzic lembra que existem aqueles que exploram seu poder e influência para tirar vantagem, e que têm total incapacidade de resistir à tentação de trapacear.

Isso acontece porque “os líderes ruins se multiplicam como bactérias em ambientes contaminados”. No esquema parasitário deles, crescem ao passo que debilitam os sistemas manipulando as regras do jogo.

Premuzic deposita as esperanças em líderes que tenham autocontrole, encontrem motivos para serem guiados pela empatia ou simpatia e que compreendam que a liderança não é um privilégio pessoal. A liderança é a capacidade de convencer um grupo de pessoas a colaborar efetivamente na busca de um objetivo comum.

Esperança e talento à prova

Premuzic sugere que nunca houve melhor época para líderes humildes, curiosos e éticos. A esperança deve estar sobre aqueles em posições de poder e que buscam maneiras de mostrar coragem moral para minimizar a dor de todos.

“Em vez de pedir às pessoas que desenvolvam resiliência – o que infelizmente é um reflexo dos líderes que temos – vamos exigir um nível mais alto de competência e desempenho para nossos líderes”, conclui o especialista.

 


+ Notícias

Lideranças femininas que promovem a diferença positiva no mercado

Perfil de liderança: saiba quais são as novas características exigidas

Percentual de mulheres em cargos de liderança dobrou nos últimos anos

Recomendadas

MAIS MATÉRIAS

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]