Pesquisar
Close this search box.
/
/
Country manager da Visa conta o que aprendeu sobre mentalidade vencedora

Country manager da Visa conta o que aprendeu sobre mentalidade vencedora

Fernando Teles, que ocupa o cargo na Visa do Brasil, explica os benefício de agir de forma positiva

* Por Fernando Teles

Quando eu era adolescente li uma história, narrada pelo jornalista e escritor Sydney Harris (1917-1986) em uma de suas colunas, que não sai da minha cabeça até hoje. Resume a forma como levo a vida e encaro as relações no trabalho.

De acordo com seu relato pessoal, ele e um amigo foram até uma banca de jornal da vizinhança, um hábito diário do colega de Sydney. Educadamente, como sempre, ele cumprimentou o jornaleiro e, em troca e sem motivos, recebeu um tratamento grosseiro. Diante disso, mesmo respondendo com cortesia, a situação se repetiu com mais impropérios do dono do local.

Sydney estranhou aquela cena e perguntou ao amigo: “Por que você foi tão educado com ele mesmo sendo tratado de forma rude?”

A resposta veio com outra pergunta: “E por que eu devo deixá-lo decidir como eu vou agir?”

Ou seja, ele está escolhendo a forma como vai se comportar, e não reagindo à maneira como foi insultado. Quando quebra esse ódio com cortesia, ele reverte o jogo e, provavelmente, causa no interlocutor uma influência positiva – ou ao menos uma reflexão. Em geral, é como tento conduzir a minha vida: com uma atitude positiva em relação a tudo.

O olhar positivo

Quando me perguntam como estou, invariavelmente eu respondo: “sempre bem”. Isso causa um estranhamento em quem escuta – o que é proposital – ao mesmo tempo em que transfere para o outro uma carga de positividade na qual eu acredito muito. É como se fosse meu mantra desde os 20 anos! Se você encara as coisas com viés positivo, tem grande chance de atrair essa energia boa de volta.

Isso é parte de uma mentalidade vencedora.

Sou um cara competitivo por natureza, apesar de não me dar bem nos esportes. Mas sempre me esforcei para fazer o meu melhor. Estou sempre insatisfeito, querendo mais. Isso me impulsiona a evoluir e alcançar novos patamares. Empresto do esporte a disciplina. Às vezes, sou até chato com o rigor das minhas próprias metas.

Na Visa, me dedico a dosar essa ambição positiva, o apreço por novas experiências e a disciplina na execução dos projetos, mantendo (e esse é um ingrediente importante) um ambiente de trabalho agradável. Espero estar contaminando, no bom sentido, e inspirando as equipes com essa mentalidade vencedora.

Tudo tem um efeito

Não à toa colhemos bons resultados nos últimos anos, consolidando parcerias em projetos inovadores para o setor e atuando na dianteira em temas relevantes para a sociedade. Levando debaixo do braço a missão de fazer com que pessoas, empresas e economias prosperem em um mundo mais inclusivo e digital.

Entendo que, no mundo dos negócios, a própria inovação deriva desse sentimento de olhar os desafios do dia a dia sem medo de fracassar, assumindo riscos que são controláveis, indo além. Sem arriscar, você jamais vai inovar, evoluir. Nesse sentido, a inovação também tem a ver com flexibilizar suas ideias – pivotar, na linguagem atual –, estabelecer parcerias com quem tem opiniões divergentes e ser humilde para reprogramar suas convicções.

A mentalidade vencedora não significa ganhar sempre – o que, convenhamos, é impossível a qualquer pessoa, por mais genial que ela seja. Tem mais a ver com o esforço de alcançar o seu melhor. Em seu best-seller “Mindset: A Nova Psicologia do Sucesso”, Carol Dweck, professora de psicologia na Universidade Stanford, cita uma frase da atleta americana Jackie Joyner-Kersee para ilustrar esse pensamento. Ela diz que não se importa de perder desde que sinta que houve evolução e fez o melhor que podia.

De volta à história com a qual iniciei este artigo, acredito muito que nossas tomadas de decisões ao longo da vida têm o poder de guiar nosso destino por meio dos caminhos que escolhemos. Claro que existem contratempos, desvios de percurso que não foram planejados, mas a perseverança, o esforço e a positividade podem nos levar longe.

* Fernando Teles é country manager da Visa do Brasil


+ Notícias 

O futuro gasoso e a disrupção da expectativa 

Nova diretora de clientes da Brasilseg aponto futuro do setor de seguros 

Recomendadas

MAIS MATÉRIAS

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]