Pesquisar
Close this search box.
/
/
Hora do planeta: fatos sobre o dia do “apagão” voluntário

Hora do planeta: fatos sobre o dia do “apagão” voluntário

Com um começo isolado na cidade de Sydney, Austrália, o evento derrubou fronteiras, atravessou continentes e, hoje, acontece pelo mundo todo

A Hora do Planeta, conhecida globalmente como Earth Hour, é uma iniciativa global da Rede WWF para enfrentar as mudanças climáticas. O evento acontece desde março de 2007, envolve um bilhão de pessoas em mais de 7 mil cidades de 168 países e territórios. Alguns dos mais conhecidos monumentos mundiais, como as pirâmides do Egito, a Torre Eiffel, a Acrópole de Atenas e Las Vegas já ficaram no escuro durante sessenta minutos.

No Brasil, a Hora do Planeta acontece oficialmente desde 2009. Promovido pelo WWF-Brasil, o movimento reúne cidades, empresas e pessoas em todas as regiões do país. Na edição desse ano, o evento oficial do movimento no Brasil será realizado na praia de Ipanema, no Rio de Janeiro e terá como atrações principais o coletivo internacional de artistas Playing For Change.

Confira abaixo o vídeo do evento.

 

O ?apagão? acontecerá nesse sábado, 28 de março ? sempre no fim de março o mundo apaga as luzes ? e contará com restaurantes, empresas, câmaras e shoppings.

Restaurantes de São Paulo

Tartuferia San Paolo

Camden House

Almodovar

Rede América

Rede Mc Donald?s

Os estabelecimentos do Guia Dois por Um ? ame sua cidade 2015, levando o guia no sábado será possível pedir para duas pessoas e pagar apenas um, segue abaixo o que cada irá oferecer.

Felix Bistrot – convida para um jantar a 2 por 1 prato principal, à luz de velas.

Mercearia do Conde ? convida para 2 por 1 Veggies, à Luz de Velas.

Bee.W Hostel & Bar ? convida para drinks a 2 por 1 no bar à luz de velas e, se for hóspede do hostel, vai ter os quartos iluminados por luz de velas também.

Drosophyla Bar ? convida para drinks a 2por1. A proprietária, ?Madame Lili?, falará com uma lanterna e um apito; atentará sobre questões de água e luz.

Praça São Lourenço ? convida para 2por1 prato principal. Apagarão as luzes, farão divulgação junto ao público presente e redes sociais.

Cantina La Grassa ? convida para 2por1 prato principal. Apagarão as luzes, farão divulgação junto ao público presente e redes sociais.

Narã Bar & Lounge ? convida para 2por1 drink. Apagará as luzes e ficará apenas com velas, assim como todas as áreas públicas do Tivoli São Paulo ? Mofarrej.


 

Empresas
A Ambev levará os personagens da Turma da Mônica na praia de Ipanema, no Rio de Janeiro, para divulgar o ?Papo em Família?, projeto da companhia que propõe o diálogo entre pais e filhos sobre o consumo responsável de bebidas alcoólicas. A companhia também distribuirá lanternas para formar um mar de luzes na praia.

A Telefônica Vivo apagará as luzes de 23 prédios administrativos e diminuirá a iluminação de lojas próprias neste sábado. Além disso, a empresa enviará mais de 1 milhão de SMS para clientes e funcionários, sugerindo adesão à iniciativa. Com a ação, a operadora economizará mais de 2.700 kWh, o equivalente ao consumo diário de 16.000 pessoas ou consumo mensal de 19 residências. O cálculo leva em conta que cada casa gasta, em média, 146 kWh/mês.

Algumas cidades
A Câmara Municipal de São Paulo desligará suas luzes por sessenta minutos neste sábado. Esta é a nona vez que o prédio da Câmara terá seus 5.564 pontos de luz desligados durante o evento. No Brasil, além de São Paulo, 150 cidades já confirmaram sua participação. O Legislativo paulistano faz parte do ato desde a primeira edição dessa campanha.

A Prefeitura de Joinville, Santa Catarina, confirmou a participação: serão desligadas as luzes do prédio central da Prefeitura no sábado à noite durante uma hora. A Prefeitura de Jundiaí, interior de São Paulo, manterá as luzes do Paço Municipal apagadas. Em São Vicente, litoral paulista, o Mirante dos 500 anos do Brasil, na Ilha Porchat, projetado por Oscar Niemeyer, ficará apagado por uma hora. Também serão apagadas as luzes externas do Paço Municipal, que fica na Rua Frei Gaspar, no Centro.

Shoppings
Os shoppings Boavista, Campo Limpo, Metrópole, Penha e Plaza Sul também desligarão suas luzes no sábado. No Boavista Shopping, as luzes das claraboias da Praça de Evento e das fachadas das lojas serão desligadas, enquanto no Shopping Campo Limpo serão desativadas parcialmente a iluminação decorativa, holofotes e todas as portas automáticas do empreendimento. Já no Shopping Metrópole, algumas luzes da fachada e pontos de iluminação que não comprometam a segurança do cliente também serão apagadas. No Shopping Penha, a Praça de Alimentação ficará parcialmente sem luz durante o mesmo horário. Por fim, o Shopping Plaza Sul desligará a iluminação de suas sancas, fachada e, parcialmente, das luzes de sua Praça de Alimentação.

Com informações dos portais Diário do Litoral, Joinville e Assessoria de Imprensa.

Leia mais:
Apague a luz, a energia (também) corre risco
Prédios públicos deverão economizar água e energia
Custo benefício: o LED é a saída para economia de energia?
 

 

Recomendadas

MAIS MATÉRIAS

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]