Pesquisar
Close this search box.
/
/
Hering captura sentimentos dos consumidores em loja conceito

Hering captura sentimentos dos consumidores em loja conceito

Rede traz tecnologias sofisticadas de gerenciamento e aposta na interatividade e integração entre os canais para agradar consumidores

Na loja conceito da Hering, as calças, jaquetas e acessórios são os mesmos encontrados em outras lojas próprias, franquias ou mesmo no e-commerce. Lá, a novidade não está no que as pessoas compram, mas em como compram.

Tecnologias como identificação por radiofrequência (RFID), provador inteligente, reconhecimento facial, click and collect e espaços instagramáveis estão no espaço da marca no Morumbi Shopping, em São Paulo. Com a implantação dessas funcionalidades, a empresa quer acelerar a transformação digital em toda a rede.

A Hering Experience, como foi batizado o conceito, foi erguida em menos de um mês. A reforma do espaço foi concluída no início de outubro do ano passado e contou com o apoio de uma startup. “Do primeiro brainstorm à inauguração, reforçamos o desafio de mobilizar e fomentar a nossa cultura empreendedora, de paixão pelas conquistas e pelos projetos que estamos colocando em pauta”, conta Thiago Hering, diretor de negócios da rede.

RFID e reconhecimento facial

O espaço tem várias novidades que os clientes podem curtir. Porém, as tecnologias de monitoramento chamam atenção de qualquer varejista. A loja usa sensores para mapear o movimento e identificar o perfil das pessoas que circulam por lá. Um dashboard exibe um mapa de calor de acordo com o interesse dos clientes por determinadas áreas do estabelecimento.

Com a identificação por radiofrequência nos produtos, a equipe de gerenciamento consegue modificar a disposição de peças com assertividade e acompanhar os resultados em tempo real. O sistema RFID permite mensurar a conversão de vendas por peças provadas e controlar o estoque com agilidade.

Já o reconhecimento facial dá à Hering o poder de entender como os consumidores reagem às peças dispostas pela loja. Usando a análise de expressões, é possível saber se os clientes gostam de determinado produto. Além disso, a tecnologia permite traçar um perfil dos visitantes da loja, o que é interessante em tempos de hiperpersonalização.

Hering Experience aposta no reconhecimento facial / Divulgação

Experiência

Os consumidores que visitarem a loja do Morumbi Shopping serão incentivados a usar o espelho interativo, que mostra toda a coleção da Hering de maneira dinâmica. Se o cliente gostar de alguma peça que viu no espelho, o equipamento dá a opção de compra dos produtos pelo e-commerce, fornecendo um QR Code. Basta escanear o código para ser direcionado à página do produto na internet.

Espelho interativo da loja conceito da Hering / Divulgação

Além do espelho inteligente, os provadores também oferecem comodidade aos visitantes. Caso a peça escolhida não seja a ideal, basta usar um painel touch screen para solicitar que o atendente da loja leve outro tamanho até o provador. É possível, ainda, escolher outro modelo para provar sem sair da cabine.

A integração entre os canais é marca registrada na loja conceito da Hering. Os visitantes são incentivados a interagir com o online a todo momento. Fica claro que o omnichannel já é um conceito maduro na rede. A possibilidade de comprar na loja física e receber em casa e a presença do click and collect – este último serviço é oferecido em todas as 81 lojas próprias da Hering – fortalecem esta percepção.

Divulgação

“Temos evoluído na implementação e na ampliação do omnichannel em toda a nossa rede, porque consideramos uma importante alavanca de integração dos canais de venda, de incremento da experiência de compra e do fortalecimento da relação com os nossos consumidores”, justifica Hering.

Quem gosta de estar conectado deve aproveitar ainda mais a Hering Experience. A rede aderiu à onda dos espaços instagramáveis. A vitrine virou um cenário onde as pessoas podem posar para fotos. A marca sabe que é costume de muitos usuários do Instagram tirar fotos em frente ao espelho. Por isso, a nova loja ganhou provadores coloridos, para incentivar os cliques.

Vitrine da Hering foi transformada em espaço instagramável / Divulgação

 

Divulgação

Outra novidade da Hering Experience é a personalização de estampas. Os consumidores usam um tablet para dar a cara que quiserem a suas camisetas. Os equipamentos do espaço batizado de “Do seu jeito” imprimem as estampas personalizadas em até cinco minutos.

Divulgação

Expansão do conceito

A Hering Experience chegará em outras lojas próprias da rede e franquias. A empresa, porém, não detalhou como e quando isso deve acontecer. A Hering afirma que algumas operações podem receber apenas algumas das tecnologias da loja conceito.

A Hering possui capital aberto e a novidade agradou os investidores. Quando o lançamento foi anunciado, em outubro, as ações da companhia acumularam alta de 17,78% naquele mês. “A empresa entende a velocidade que o varejo exige e compreende que há uma boa aceitação por parte do mercado àquelas companhias que erram e corrigem rápido. Ou seja, que reagem”, diz Hering.

Recomendadas

MAIS MATÉRIAS

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]