Pesquisar
Close this search box.
/
/
Grandes varejistas fazem testes para a Black Friday

Grandes varejistas fazem testes para a Black Friday

Empresas preparam seus e-commerces para receber um fluxo maior que o normal. Testes revelam o tamanho do investimento necessário em infraestrutura

Além de preços competitivos, incentivos como frete grátis e boa divulgação, os varejistas ainda precisam oferecer um site com estrutura para aguentar um fluxo maior durante a Black Friday. Por isso, grandes varejistas estão submetendo seus e-commerces a testes de carga e estresse para garantir que as páginas não caiam durante a sexta.

Como funciona

“Os testes de carga e estresse simulam o comportamento de um produto digital quando ele é acessado por milhares de usuários ao mesmo tempo”, explica Bruno Abreu, CEO da Sofist, empresa especialista em prevenção e redução de problemas em produtos digitais.

Segundo Abreu, para saber como se preparar para grandes eventos, como a Black Friday, é preciso ter dados confiáveis para embasar a tomada de decisões como contratação de mais servidores ou realizações de ajustes na arquitetura do site.

Testes na Netshoes

Na varejista de artigos esportivos, o objetivo dos testes foi verificar o comportamento do portal quando submetido a uma carga máxima de 150 mil usuários simultâneos.

Os times de infraestrutura e de arquitetura da Netshoes participaram da ação. Estes testes mostraram lacunas que ajudaram a melhorar a performance do e-commerce, explica Diego Peroni, Diretor de TI da Netshoes.

A empresa já tem uma equipe de infraestrutura que realiza testes de carga usando um software que emula a navegação na loja. Mas ele não é tão eficiente na geração de insights sobre o dimensionamento da infraestrutura do e-commerce, segundo a empresa.

“Com nosso recurso interno é possível saber qual parte do sistema não está performando, mas não conseguimos saber, por exemplo, quantos usuários simultâneos estão no site”, diz Peroni.

A empresa realizou o teste com uma companhia especializada para descobrir o tamanho da infraestrutura necessária para receber uma quantidade de usuários simultâneos.

“Além da verificação da carga, os testes apontaram oportunidades de melhoria no carregamento dos banners da homepage, descobriram que algumas ações no site geravam uma superutilização de recursos do servidor, além de observar gaps no processo de autenticação”, comenta Bruno Abreu.

Testes na Arezzo

A Arezzo espera um crescimento de até 10 vezes no fluxo nos sete e-commerces da empresa. Para fazer o teste de estresse, a varejista faz um mapeamento dos principais processos a serem testados.

“Depois os executamos manualmente a fim de gerar o script automatizado. Posteriormente executamos duas baterias de teste, com um intervalo entre elas para coleta de feedbacks e ações de melhorias. Ao fim do processo é gerado um relatório de desempenho do site”, explica Ricardo Sousa Pinho, gerente de Operações E-commerce da Arezzo

O resultado dos testes mostrou a necessidade de investir em infraestrutura. “Para a Black Friday fizemos um ‘upsizing’ dos nossos servidores. Neste ano também focamos no nosso aplicativo, que garantirá uma parte significativa dos acessos”.

Testes em pagamentos

Na Cybersource, empresa da Visa que oferece soluções em pagamentos, a preparação para a Black Friday começa seis meses antes da data. Durante o ano, a empresa faz testes de estresse para checar se é possível suportar pelo menos o dobro do número de transações esperadas.

O braço antifraude da empresa demanda muita atenção da empresa. A Cybersource começou a contratar profissionais que fazem a revisão de transações com meses de antecedência. Hoje a equipe já tem mais de 200 pessoas que tiveram 200 horas de treinamento para realizar as revisões.

“Na Black Friday a quantidade de fraudes aumenta, mas não na mesma proporção de pedidos bons”, afirma Gustavo de Carvalho, diretor de Vendas da CyberSource, que explica que a revisão manual é necessária para não cancelar pedidos bons e para analisar comportamentos que fogem do padrão.

Na Black Friday um consumidor pode se comportar de modo completamente diferente do restante do ano. Além disso, as campanhas promovidas pelos varejistas também fogem do habitual, o que dificulta a vigilância contra fraudes. Por isso, Carvalho alerta para a necessidade de alinhar a estratégia antifraude com as campanhas que serão promovidas.


LEIA MAIS

Descubra as três tendências de compras que estão bombando no YouTube
7 estratégias para as marcas conquistarem a confiança dos clientes na Black Friday


Recomendadas

MAIS MATÉRIAS

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]