Pesquisar
Close this search box.
/
/
As tendências de consumo e comportamento das favelas

As tendências de consumo e comportamento das favelas

Pesquisa traz um panorama completo das tendências de consumo e de comportamento das 15 maiores favelas brasileiras

O consumo dentro das comunidades (também conhecidas como favelas) está mais forte do que nunca. O NÓS PESQUISAS — “Persona Favela – Verão e Férias” —, em um levantamento feito pelo NÓS (antigo Novo Outdoor Social), revelou um panorama das tendências de consumo e de comportamento das 15 maiores favelas brasileiras.

Pensado para trazer ainda mais visibilidade às comunidades brasileiras, o sucesso do modelo de negócio idealizado há 10 anos por Emília Rabello, CEO, do NÓS, rompe barreiras e leva anunciantes até as comunidades com campanhas e projetos.

“NÓS carrega o significado e a representatividade do Outdoor Social em seu DNA. O NÓS é isso: a comunidade e o mercado juntos”, afirma Emília Rabello.

Nas favelas o consumo no verão ‘tá on’

De acordo com a pesquisa “Persona Favela – Verão e Férias”, o número de moradores desses locais que costumam viajar nas férias de verão em 2023 é de 40%, cerca de 17% a mais que o estudo realizado em 2021.

“O que percebemos é que a favela ‘tá on’, querendo consumir e aproveitar esse momento tão esperado do ano. São batalhadores e batalhadoras, que pretendem usar o período para descansar e entregar o melhor para suas famílias. Quem souber se comunicar com eles tem muito a ganhar”, ressalta Emília Rabello, CEO do NÓS.

Para Emília, o povo quer curtir o que o verão oferece de melhor, mas, no Brasil ainda existem desafios para que esse público atinja maior representatividade no consumo durante o verão. “Ainda existem desafios aos que desejam ampliar a oferta de produtos e serviços para as populações das favelas, como baratear o preço das passagens de avião, por exemplo”, analisa a CEO.

Favela + consumo = “Chama a Rose, chama a Rose”

A Rose do Bronze representa a criatividade e o tino comercial da população das comunidades. Ela ficou famosa pela maneira que vende seus produtos nas praias cariocas. O refrão “chama a Rose, chama a Rose” viralizou, virou funk e levou a moradora do Complexo do Alemão para vários programas de TV.

E a pesquisa do NÓS comprova que a Rose acertou ao criar seu produto: para 64% dos entrevistados as férias de verão são o momento de aproveitar o sol e o calor, de fazer churrascos em casa ou na laje (34%) e de viajar com destino ao litoral (31%).

Para aproveitar a laje de casa com os amigos, ela deve estar toda equipada: não pode faltar churrasqueira (87%), mesas e cadeiras (85%), geladeira/freezer (75%), chuveirão (71%) e uma piscina de plástico para refrescar (62%).

A grande maioria, porém, sabe dos riscos dessa exposição solar. 71% afirmam usar protetores. Em um recorte de gênero, para 80% das mulheres, os protetores são itens indispensáveis. Para os homens o número baixa para 60%. Os gastos com esse produto ficam entre R$ 20 e R$ 40 para 39% do público ouvido.

Conheça o Mundo do CX

Pé na estrada

Reunir a família, encher o carro de malas e botar o pé na estrada é um sonho recorrente em qualquer classe social. Não seria diferente entre os moradores de comunidades e favelas do Brasil. Dos 40% que declararam ter o hábito de viajar neste período do ano, 33% responderam que viajam em veículo próprio. Outros 24% viajam de avião e 18% de ônibus.

Os destinos mais buscados são as praias, de modo geral. Além disso, cidades turísticas do Rio de Janeiro, do Ceará, Bahia e Minas Gerais estão entre os mais citados para viagens em 2023.

“Também é a época que existe uma movimentação muito grande de visita a familiares. Seja de pessoas indo para o interior do país para visitar parentes ou ao contrário, as que vivem em cidades menores visitando amigos, tios, irmãos, filhos nos grandes centros”, conta a CEO do NÓS.

Ainda segundo a executiva, há um desafio para empresas aéreas, agências de viagens, setor hoteleiro e sites especializados em conquistar 51% deste imenso universo pesquisado, que disseram que nunca viajaram de avião.

31% já compraram pacotes de viagem em empresas especializadas

15% acompanham promoções em sites dessas companhias

Mesmo com os valores ainda salgados para a faixa de renda pesquisada, 31% revelaram que já compraram pacotes de viagem em empresas especializadas, e 15% acompanham promoções em sites dessas companhias para comprar quando o valor consegue entrar no orçamento.

“Sabemos que neste caso não depende apenas das empresas, mas de toda uma conjuntura política e econômica. Criar mais promoções, linhas de crédito, mais prazos para que a a grande maioria da população consiga viajar mais e melhor, é sim, um desafio para os empreendedores da área.”

Universo pesquisado

A favela, principalmente, é feita por gente de verdade, gente que tem sonhos e que, com um potencial de consumo de R$ 167 bilhões anuais — R$ 9,9 bilhões apenas nas comunidades que fazem parte da pesquisa —, têm sonhos e desejos. Foram entrevistadas 441 pessoas no final de 2022, das 15 maiores favelas em 11 Estados brasileiros.

O recorte realizado pela NÓS tem a confiabilidade de 95%, onde contamos por meio de dados os desejos e os sonhos dessas pessoas, que não querem mais ser invisibilizadas. Com renda média de R$ 2,7 mil mensais, 242 mil domicílios, onde moram 747 mil pessoas, sendo 54% mulheres, 42% homens e 4% outros (LGBTQIAP+), que demonstram estar preparados para os gastos extras nesta época do ano. Brasileiros em busca de uma chance de brilhar.

consumo nas favelas
Fonte: Nós


+ Notícias

Accenture Life Trends 2023: tendências sobre vida e tecnologia 

A logística no centro: como dominar a entrega pode ajudar no CX 

Recomendadas

MAIS MATÉRIAS

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]