Pesquisar
Close this search box.
/
/
Evolução da Alexa: a influência da assistente de voz no comportamento do consumidor

Evolução da Alexa: a influência da assistente de voz no comportamento do consumidor

Oferecer uma jornada do cliente personalizada e disponível ao chamado da sua voz é um dos diferenciais da assistente virtual

Cerca de 8 bilhões de assistentes de voz estarão ativas no mundo em 2024 – o triplo de 2018 – estima a Juniper Research. Isso porque o uso diário da voz para realizar tarefas e ditar comandos aumentou 47% entre os brasileiros durante a pandemia de Covid-19, segundo uma pesquisa da consultoria de data science Ilumeo. E a Alexa, da Amazon, é um excelente exemplo de como esse novo modo de se comunicar é efetivo.

Com a voice experience, alguns processos comuns e frequentes no dia a dia são automatizados de acordo o estudo Conversational CommerceWhy Consumers Are Embracing Voice Assistants in Their Lives, da Capgemini Institute Research.

Segundo o documento, 82% das pessoas fazem pesquisas rápidas, 67% ouvem música ou assistem vídeos em streaming, 36% pesquisam sobre empresas, 35% fazem compras, 28% realizam transações bancárias ou financeiras, e 70% gostariam de substituir atendentes de call center por assistentes de voz.

A pesquisa contou com a participação de mais de 5 mil consumidores nos Estados Unidos, Reino Unido, França e Alemanha, e revelou que as assistentes de voz se tornarão a forma dominante de interação nos próximos três anos.

Nesse mesmo período, os clientes estarão dispostos a gastar 500% a mais do que agora. Outros dados relevantes apontaram que 23% preferem usar uma assistente a um website. Esse número deve aumentar para 40% em 2021.

Alexa: uma novidade a cada atualização

Pouco mais de um ano após sua chegada no Brasil, a Alexa continua se mostrando forte para seus usuários. “Quando lançamos a Alexa aqui no Brasil, em 2019, ela já veio muito mais poderosa e conectada que a lançada em 2014 nos Estados Unidos, herdando toda a evolução de seus primeiros cinco anos”, diz Ricardo Garrido, Country Manager da Alexa no Brasil.

Para Marina Zveibil, gerente de comunicação para dispositivos Amazon e Alexa no Brasil, é importante ressaltar que o produto é 100% brasileiro. “A experiência com ela não é uma tradução de um país para o outro. A Alexa brasileira traz a cultura, a linguagem, a culinária e as características do Brasil. Ela diariamente vence os desafios de entender diferentes sotaques e vocabulários; falar coloquialmente para entender contextos; reconhecer e abraçar referências e hábitos”, salienta.

Além disso, o aprendizado constante do dispositivo é realizado de várias formas. “Existem times dentro da Amazon trabalhando pelo aprimoramento da Alexa, incluindo informações relevantes sobre fatos recentes, criando surpresas sobre temas relevantes no Brasil e melhorando a experiência para os clientes diariamente”, completa a profissional.

Tracejando uma linha do tempo, o aparelho evoluiu significativamente em termos de funções e inteligência artificial. Acompanhe:

1. De novembro de 2019 para cá

O número de skills passou de 300 para mais de 1500, ou seja, quintuplicou! A evolução dos dispositivos também continua acontecendo: em 2019 foi feito o lançamento da família Echo de smart speakers: Echo, Echo Dot e Echo Show 5, e também o aplicativo Alexa gratuito para smartphones e tablets.

Com o passar do tempo, já foram lançados mais outros 6 dispositivos Echo. Além disso, o Fire TV Stick Lite, dispositivo de streaming para TVs, também foi lançado com Alexa embutida, permitindo aos clientes pedirem filmes, música e interagir com a inteligência artificial por meio da voz, acionando um único botão no controle remoto ou, ainda, comandando por um Echo, à distância.

2. 2020 mais acessível

Ao analisar avaliações de clientes no site da Amazon, havia uma oportunidade: os smart speakers Echo com Alexa estavam ajudando pessoas com deficiência e idosos a executar tarefas simples, como acender luzes e ligar aparelhos.

Pensando nisso, foi criado o Prêmio Alexa de Acessibilidade, anunciado em agosto de 2020, para incentivar desenvolvedores a criar skills focadas na melhoria da rotina de pessoas com deficiência motora, mental e visual.

Com isso, Alexa ganhou novas funcionalidades, por exemplo, o “Memória Sonora”, jogo da memória por sons que ajuda no desenvolvimento mental e cognição; ou como a skill que narra obras de artes para pessoas cegas.

3. O futuro é agora

Outra inegável evolução da Alexa no Brasil, é a integração com dispositivos de casa inteligente. Diversos produtos de outras marcas (Philips, Positivo, Samsung, Multilaser, Roomba, entre outros), foram lançados, como plugues de tomada, lâmpadas, fechaduras e aspiradores de pó compatíveis com a Alexa. Já são mais de 500 opções disponíveis no mercado nacional.

As mais variadas formas de uso

Com a assistente de voz pronta para atender a qualquer dia e hora, executar tarefas do dia a dia ficou muito mais fácil. “A Alexa pode automatizar a casa, acender luzes, ligar a TV, o ar condicionado, acionar aspirador de pó, abrir o portão, dizer as horas, acionar timers, rotinas e alarmes, tocar músicas, pedir comida, e tudo isso por meio da voz”, elenca Marina Zveibil.

Uma funcionalidade bastante utilizada do sistema é a lista de compras. “Basta dizer: ‘Alexa, incluir sal na minha lista de compras’. Na hora de efetivamente realizar as compras, a lista está pronta e basta pedir que ela te lembre dos itens, ou olhar pelo app, caso esteja no supermercado, e estará tudo lá. Já compras direto pela Alexa, são possíveis pelo site da Amazon”, afirma a gerente de comunicação.

A Alexa e o consumidor: uma relação cheia de estímulos

Com os dispositivos tecnológicos conectados entre si, os modos de interação e realização de atividades se altera, oferecendo mais conforto e comodidade, o que incentiva o gosto pela compra.

“A Alexa torna mais fácil experimentar novas formas de usar a voz para controlar suas rotinas sem sair do lugar ou sem ter que alcançar o celular. Ou seja, entrega o que as pessoas têm de mais valioso: o tempo”, finaliza Marina Zveibil.


+ Notícias 

Diga “bom dia” para a Alexa no Dia Internacional da Mulher e tenha uma surpresa

O que é a inteligência artificial emocional e por que ela é o futuro

Recomendadas

MAIS MATÉRIAS

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]