Pesquisar
Close this search box.
/
/
Leve na esportiva a inovação que sua empresa precisa desenvolver

Leve na esportiva a inovação que sua empresa precisa desenvolver

Qual é a relação entre a inovação da sua empresa e o esporte de salto com vara? Confira o artigo da mais nova colunista da Consumidor Moderno sobre o tema

Você conhece o esporte Salto em Alturas? Aquele que o atleta vem correndo em direção a uma barra alta, salta pegando impulso nas pernas, pula sobre a barra, e cai de costas num colchão bem macio. Lembrou?

Vou te contar uma coisa: você acredita que antes de 1968 não tinha o colchão?! Isso mesmo que você leu! O atleta tinha que pular e se sustentar do lado de lá nas suas próprias pernas. Incrível, não é mesmo?

Desde que o colchão foi introduzido nesse esporte, o atleta teve que se adaptar a muitas mudanças:

1) Vantagem competitiva: o atleta teve que adquirir novas capacidades corporais. Provavelmente as pernas não precisavam ser tão fortes para a sustentação após o salto, mas o corpo tinha que ser mais leve para poder agora se projetar de costas, como um voo;

2) Metodologias: portanto, o atleta teve que adotar uma nova dinâmica de treinamentos e exercícios;

3) Hábitos e cultura: com certeza teve que passar a se alimentar diferente, e mudar bastante seus hábitos, pois agora precisava de menos músculos e mais leveza…

O colchão mudou completamente a regra desse jogo. A própria barra foi aumentando de altura, e os atletas começaram a ter que desenvolver novas habilidades e competências. Bom, nessa altura da leitura, você já deve estar se perguntando: o que isso tem haver com inovação em organizações atualmente? Como isso que aconteceu com o atleta pode me ajudar, já que hoje enfrento dilemas reais de inovação de produtos, serviços, cultura organizacional, processos de trabalho, modelos de negócios, e etc. na empresa onde atuo?

Confira a edição online da revista Consumidor Moderno!

Nós, especialistas em inovação organizacional, gostamos de dizer que o colchão é igual à internet. Desde que a internet foi introduzida no jogo que organizações jogam com a sociedade, as regras desse jogo mudaram substancialmente, e ambos estão aprendendo a se adaptar a essas mudanças. Faz sentido, não acha? E o nome desse novo jogo que organizações jogam com a sociedade é cocriação.

Traçando um paralelo com o atleta acima:

1) Vantagem competitiva: as organizações também estão passando por processos de aquisição de novas capacidades: se antes as empresas grandes tinham vantagem competitiva perante as pequenas, agora as empresas rápidas também tem mais vantagens que as lentas. As empresas tem que aprender rapidamente a se adaptar a esse novo jogo;

2) Metodologias: portanto, o organizações começaram a receber um leque de novas metodologias que as ajudam a entender novamente este novo jogo e a atuar perante ele rapidamente. Por isso, laboratórios de inovação que ajudam empresas a criar
soluções unindo a equipe de forma rápida e assertiva são as novas dinâmicas de se adaptar a essa nova realidade competitiva. Enquanto as empresas grandes de antigamente se valiam de muita burocracia, processos e hierarquias, que eram os métodos
antigos de competitividade;

3) Hábitos e cultura: para ficarem mais rápidas, as empresas também observaram que precisariam ficar mais leves. Assim, começaram a optar por alugar assets ao invés de que adquirir assets – ou seja, a compartilhar um coworking e não possuir um escritório próprio. E também a trabalhar mais em parceria com outras empresas com serviços complementares, assim cada um pode se especializar no seu serviço alvo, dividindo riscos e mantendo a aquisição de poucos recursos para operar de forma menos custosa.

Com esse paralelo traçado, espero que tenha ficado claro que o novo jogo no mundo dos negócios é existente e real. Ele já está acontecendo aqui e agora. Porém, eu tenho uma notícia um pouco chata para você: provavelmente o atleta que era muito bom na modalidade sem o colchão, não necessariamente se tornou muito bom competidor na modalidade com o colchão.

Assim, empresas consolidadas nas décadas passadas podem não conseguir fazer a transição mais rapidamente, antes que uma startup abocanhe o seu mercado com algum tipo de inovação disruptiva. Portanto, fique perto de empresas com metodologias que vão ajudar a sua organização a treinar diferente, ganhar velocidade, abraçar a criatividade e ganhar novos trofeus.

*Clara Bianchini é mestre em Inovação de negócios pela Imagineering Academy na Holanda e bacharel em Comunicação Social pela PUC/SP. É cofundadora da consultoria de inovação Co-Viva, com clientes como Wework, GE, PwC, UOL, JWT. É também professora de Inovação da Escola Superior de Engenharia (ESEG) e professora convidada da INSEEC Business School em Paris.

Recomendadas

MAIS MATÉRIAS

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]