Pesquisar
Close this search box.
/
/
Conheça os estados em que mais se pede empréstimo no Brasil

Conheça os estados em que mais se pede empréstimo no Brasil

Estudo “Mapa do Crédito” destaca regiões do Brasil com mais solicitações de crédito em 2023

Seja por razões como quitar dívidas, investir ou aplicar no próprio negócio, o crédito sempre foi uma maneira do brasileiro lidar com sua vida financeira. Uma pesquisa recente realizada pela FinanZero mostra que a frequência com que cada estado do Brasil tem recorrido aos empréstimos ao longo deste ano não poderia ser mais diferente.

No “Mapa do Crédito”, a fintech traz um panorama do comportamento financeiro das diferentes regiões do país desde janeiro de 2023. São três os estados onde mais se solicitaram empréstimos do início do ano até o momento: São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais. Além dos representantes do Sudeste, o Top 5 ainda é composto por Paraná e Bahia.

Para chegar aos números finais, a fintech analisou os milhões de pedidos recebidos nacionalmente até agosto deste ano, comparados em seguida a nível regional e estadual. Dentro de cada um dos 27 estados, o total de solicitações ao longo dos últimos oito meses também foi seccionado, de modo a se compreender as fatias ocupadas por diferentes finalidades e objetivos durante a procura por crédito pessoal.

Os estados com a maior demanda por empréstimo do Brasil

De forma geral, o levantamento revelou que São Paulo é o estado responsável por liderar o ranking daqueles que mais pedem crédito pessoal em todo o país (31,2% do total). Todos os demais representantes do Sudeste se encontram no topo da lista, com exceção do Espírito Santo — correspondendo, juntos, a 50% dos pedidos feitos à fintech ao longo de 2023.

Ao menos no número de estados presentes no pódio, a região Sul não fica tão atrás em relação às demais: logo abaixo de Minas Gerais (8,9%), o Paraná se mostrou aquele em que, com exceção do Sudeste, mais se solicitaram empréstimos este ano até o último mês (5,3%), também ao lado do Rio Grande do Sul (5%) e Santa Catarina (3,9%). Unidos, no entanto, os percentuais de pedidos entre os sulistas não chegaram a representar 15% do total nacional.

Ainda compõem a lista de estados mais interessados nos empréstimos Bahia (5,3%) e Ceará (3%), da região Nordeste, assim como Goiás (3,9%) e Pará (2,9%), representantes do Centro-Oeste e Norte.

Dívidas são a razão para 3 em cada 10 pedidos de empréstimo

Em meio à alta inflação e taxas de juros consideráveis, boa parte dos pedidos de empréstimo até agosto foram justificados por um mesmo motivo: a quitação de dívidas. Para se ter uma ideia, entre janeiro a agosto, cerca de 31% das solicitações feitas à FinanZero tiveram o endividamento como base, sobretudo em um contexto no qual o problema atinge quase 80% das famílias brasileiras segundo a Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC).

Embora alcance os diferentes estados de Norte a Sul, vale destacar que a fatia ocupada pelas dívidas não é a mesma nos pedidos ao redor do país. No estado em que mais se recorre aos empréstimos, por exemplo, 36,8% das solicitações entre os paulistas foram motivadas por elas. Em locais como o Rio Grande do Sul, por sua vez, os números aumentam, chegando à marca de 38,1% do total.

Já evidenciando a preocupação da população com a qualidade de suas residências, outro motivo comum entre os brasileiros foi a renovação da casa, cujo percentual ultrapassou os 15% nos últimos oito meses e a alçou à segunda maior justificativa para a procura geral por crédito no período. No estado do Pará, aliás, a porcentagem é ainda maior: no total, tal razão justificou mais de 18% dos pedidos, a equiparando à fatia ocupada pelas dívidas (20,4%).

Nordeste lidera pedidos de empréstimo para negócio próprio

De forma geral, é possível dizer que a terceira maior razão por trás dos pedidos destaca uma faceta específica da relação dos brasileiros com o crédito pessoal: dos donos de pequenas empresas a profissionais do tipo MEI, tem sido cada vez mais comum se deparar com solicitantes recorrendo a empréstimos via pessoa física para empreender.

Isso porque, ao lado da quitação das dívidas e o investimento no imóvel, a abertura ou expansão do próprio negócio justificou 14,7% das solicitações gerais à Finanzero durante o período em questão, à frente de razões como estudos e saúde e com maior representatividade no Nordeste — visto que nove de seus estados compõem o top 10 relacionado a tal motivo.

Apenas a título de exemplo, no Ceará (20,6%), Rio Grande do Norte (20,2%) e Paraíba (20,1%), dois em cada 10 pedidos por crédito pessoal tiveram como base o negócio próprio, algo que o diretor operacional da fintech, Rodrigo Cezaretto, associa ao forte espírito empreendedor nordestino.

“Estamos falando de uma região marcada pela cultura do empreendedorismo, com um grande número de pessoas dispostas a abrirem novas empresas, mesmo que isso signifique ter de driblar certas dificuldades financeiras” comenta. “Sobretudo diante dos desafios e riscos iniciais, os empréstimos muitas vezes fornecem o capital necessário para dar partida ao negócio, acelerando seu processo de expansão nesses períodos de menor receita”, conclui Cezaretto.



+ NOTÍCIAS
Black Friday 2023: consumidores dificilmente concluem compra na primeira visita a um site
>Planos de saúde: É preciso rediscutir o sistema diz especialista

Recomendadas

MAIS MATÉRIAS

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]