Pesquisar
Close this search box.
/
/
Desenrola: programa de renegociação de dívidas entra em operação

Desenrola: programa de renegociação de dívidas entra em operação

Programa do governo federal estimula renegociação de dívidas de até R$ 5 mil, mas nome limpo deve ser aliado à educação financeira

O programa de renegociação de dívidas promovido pelo governo federal, Desenrola, começa a operar com o objetivo de estimular a regularização financeira de brasileiros. O programa tem potencial de atingir 70 milhões de inadimplentes, cerca de 40% da população adulta do país, e ajudá-los a limpar o nome e voltar a ter potencial de consumo.

A primeira fase abrange quem ganha até dois salários-mínimos ou que são inscritas no Cadastro Único (CadÚnico) com dívidas de até R$ 5 mil contraídas entre 2019 e 2022. Além disso, com o Desenrola, imediatamente as pessoas que têm dívidas de até R$ 100 sairão da lista de negativados.

No programa haverá desconto para a renegociação, em formato semelhante aos feirões Limpa Nome promovidos pela Serasa, por exemplo, e negociação direta com as instituições financeiras.

“Quando estiver em operação em suas duas fases, o programa deve trazer visíveis benefícios à economia do país, especialmente aos consumidores, pois estimula a retomada do crédito para brasileiros que hoje estão sem acesso a ele. Quanto mais pessoas o programa conseguir reinserir na economia, mais benefícios para o ecossistema financeiro, para as empresas e principalmente para os consumidores e suas famílias”, destaca Aline Maciel, gerente do Serasa Limpa Nome.

Um dos diferenciais do Desenrola é que o governo garantirá o pagamento ao credor, funcionando como uma espécie de fiador dos brasileiros endividados. As dívidas por contas de água, luz, internet, cartão de crédito, entre outros estarão contemplados no programa para renegociação.

O pagamento da dívida poderá ser à vista ou por financiamento bancário em até 60 meses, sem entrada, por 1,99% de juros ao mês e primeira parcela após 30 dias, com valor mínimo de R$ 50.

Os débitos serão negociados diretamente com a instituição financeira em condições definidas por cada instituição financeira, que apoiam o programa.

“Manter as contas em dia é um desafio, principalmente em função da alta taxa de juros que a nossa economia pratica. Ainda assim, o esforço dos consumidores está em pagar as dívidas de bancos e cartões, o que garante o acesso ao crédito, e as de utilities, que assegura o atendimento das necessidades básicas. A queda da inflação e a redução do desemprego, aliadas à renegociação das dívidas, continuam como luzes no final do túnel para os brasileiros poderem honrar seus compromissos financeiros”, avalia o economista da Serasa Experian, Luiz Rabi.

Segundo a influencer Nath Finanças, em live recente, a maior parte da população de baixa renda se endividou no cartão de crédito para a sobrevivência cotidiana, especialmente na pandemia, e o Desenrola pode ajudar a recolocar a vida financeira desse segmento de volta aos trilhos.

“Vale a pena negociar. É muito bom colocar a cabeça no travesseiro e dormir sem pensar em cobrança. Especialmente para a população de baixa renda”.

Para se cadastrar no desenrola é preciso acessar o aplicativo gov.br, e o cadastro é realizado pelo CPF.

Conheça o Mundo do CX

Nome limpo estimula consumo, que deve ser responsável

Além da quitação das dívidas, o Desenrola é visto como um impulso para a roda da economia voltar a girar. Com o nome limpo, é possível voltar a ter crédito e com isso há uma expectativa de aumento do consumo. A influencer lembra que ter dívidas não é necessariamente ruim, o problema é estar endividado.

No entanto, Nath Finanças ressalta que é essencial associar a renegociação da dívida à educação financeira. “É importante o governo ajudar a população a quitar as contas, mas não adianta ter ajuda sem buscar educação financeiro. O Desenrola deve ter um papel também de educar as pessoas, entender sobre juros de empréstimos, taxa Selic, que afetam diretamente a vida das pessoas”, avaliou a influencer nas redes sociais.

A própria Serasa apoia a inciativa, por considerar que faz parte de um mesmo objetivo. “Não adianta, por exemplo, tomar um empréstimo consignado para pagar dívidas e, ao mesmo tempo, entrar no cheque especial e gerar uma dívida nova: essa “bola de neve” da inadimplência costuma conduzir ao superendividamento. É por isso que a Serasa estimula, em todos os seus canais, essa responsabilidade no consumo, na solicitação de crédito e mesmo na hora de quitar suas dívidas e retirar seu nome dos cadastros de inadimplência”, destaca Maciel.



+ NOTÍCIAS
A Serasa é do bem

IA vai tornar recuperação de crédito mais barata e eficiente

Recomendadas

MAIS MATÉRIAS

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]