Pesquisar
Close this search box.
/
/
Descobrimos como está a alimentação na quarentena

Descobrimos como está a alimentação na quarentena

Pizza? Arroz e feijão? Delivery? Miojo? Na quarentena, quem costumava comer fora sentiu saudades. Descobrimos como ficou a alimentação nesse período

Por mais que o delivery tenha conquistado adeptos durante a pandemia, é fato que viver com comida entregue em casa é praticamente impossível e principalmente improvável. Por isso, antes da reabertura de bares e restaurantes, passou a ser muito mais comum a alimentação na quarentena foi feita dentro do lar, com refeições preparadas na cozinha de casa. Esse cenário traz diferentes perspectivas, desde a possibilidade de descobrir um novo passatempo cozinhando até a procura por alternativas mais fáceis de serem executadas, para quem não tem familiaridade ou apreço pelo fogão.

Para entender mais sobre esse cenário e as características curiosas identificadas no período, a Consumidor Moderno realizou um webinar que teve convidados especialistas no tema: Christina Larroude, diretora de Marketing da Camil, e Alexandre Canatella, fundador e CEO do CyberCook e diretor de Negócios Digitais do Carrefour.

No debate, um dos primeiros pontos destacados pelos executivos sobre a alimentação na quarentena foi o aumento do interesse por carboidratos – como arroz e macarrão. Christina conta que, no começo, muitas pessoas não sabiam como seria o período de quarentena e, por isso, quiseram estocar produtos essenciais (impossível não lembrar do que aconteceu com o papel higiênico, não é?). Com o tempo, no entanto, essa busca entrou num patamar mais natural. A Camil, então, apostou em ensinar os consumidores e fazerem pratos diferentes com os grãos que oferece – como lentilha, grão de bico e soja.

Além disso, Christina menciona o apoio a quem quer ter uma maior variedade de alimentos nas refeições do dia – por exemplo, os tipos de arroz são muitos, apesar de estarmos familiarizados com o branco ou o integral. Questionada sobre a perspectiva em relação ao futuro, ela acredita que a tendência é que as marmitas ganhem adeptos, especialmente por conhecermos a origem do alimento e termos certeza da segurança.

alimentação na quarentena
Webinar debateu os hábitos do consumidor e o comportamento em termos de alimentação na quarentena/Crédito: Shutterstock

A alimentação na quarentena em perspectiva

Canatella conta que, no Cybercook, os dados são usados para entender tendências. Questionado sobre o aumento da alimentação sem carne, ele explica que, em vez de vegetarianos, os consumidores estão se tornando adeptos de proteínas mais diversas. “A nova geração, mais curiosa, ajudou a descobrir que a ervilha é altamente proteica”, exemplifica. Nesse sentido, revela que, para o Cybercook, o mais importante é que haja uma alimentação saudável, que tende a ser diversificada.

Inclusive, essa diversificação da alimentação na quarentena é uma tendência que vem sendo percebida pelas empresas. Canatella conta sobre uma mudança curiosa que aconteceu em 2020, na Sexta-Feira Santa, feriado em que os cristãos costumam consumir bacalhau: neste ano, cresceu a compra de peixes de elaboração mais simples, pois as gerações mais jovens estavam impedidas de visitar os pais e avós (devido ao distanciamento social) e não têm muita habilidade com o processo de dessalga do bacalhau. “Essas microexperiências elevaram o conhecimento sobre a proteína”, diz.

A questão da variedade no consumo de proteínas, no caso da Camil, também se manifesta por meio dos diferentes grãos oferecidos pela empresa. Questionada sobre a variação nas vendas de itens pré-cozidos, Christina lembra que uma parte dos consumidores nem mesmo tem fogão em casa e não tinham o hábito de cozinhar.

Nesse sentido, ela revela um hábito dos consumidores: “Durante a infância e a adolescência, há uma maior frequência de realização de refeições em casa; jovens adultos, porém, tendem a diminuir esse consumo e, quando se tornam pais, voltam para o arroz e feijão”, revela. Ou seja, há um “gap” na alimentação tradicional e dentro de casa na vida dos brasileiros, afetado especialmente pelas mudanças na estrutura familiar.


+ NOTÍCIAS

Ricos aumentam consumo de industrializados; famílias de baixa renda dão preferência ao clássico arroz e feijão

Os restaurantes serão vítimas da COVID-19?

Agências de pesquisa revelam tendências alimentares na pandemia

Recomendadas

MAIS MATÉRIAS

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]