Pesquisar
Close this search box.
/
/
A quais demandas do consumidor o mercado de beleza deve estar atento?

A quais demandas do consumidor o mercado de beleza deve estar atento?

Estudo analisou tendências que agradam o consumidor do mercado da beleza; pesquisa ouviu 20.320 entrevistados

A preocupação do consumidor com aparência e bem-estar impacta diretamente o mercado da beleza, que segue em fase de recuperação após a pandemia de Covid-19. O crescimento da área tem como impulsionamento a renda da população, e os hábitos de consumo. A expectativa é que, no cenário pós-pandêmico, o setor apresente crescimento significativo. Com suas constantes mudanças, as tendências para o ano refletem nas mudanças de exigências do consumidor.

Um relatório da Euromonitor International analisou detalhadamente as tendências que mais agradam o consumidor. A pesquisa ouviu 20.320 entrevistados.

Assine nossa newsletter!
Fique atualizado sobre as principais novidades em experiência do cliente

Beleza acessível: preferência do consumidor por menores preços

Os dados mostram que o consumidor tem se preocupado cada vez mais com a precificação dos produtos. Isso se dá pelo impacto causado pela inflação no mercado da beleza, e provoca mudanças nos hábitos de compras. Em comparação a 2021, a preocupação com os preços teve um aumento 2,5 pontos percentuais. Atualmente, o custo-benefício tem sido levado em consideração na hora das compras.

Porém, se por um lado temos consumidores que buscam pelos menores preços, por outro temos a baixa popularização dos valores amenos dentro do mercado se comparado 2022 com 2021. Ou seja, compradores de valor não se opõem ao aumento do custo dos produtos e aceitam as mudanças, pois o objetivo ainda tem sido os benefícios que os produtos podem oferecer à pele. Agora, espera-se que, em 2023, esse conceito de “valor” acompanhe os novos hábitos de consumo, como suas preferências para eficácia e preços amenos.

Sustentabilidade e biotecnologia: as mudanças na consciência ambiental do consumidor

Outra mudança apontada no relatório foi a conscientização quanto aos ingredientes usados. As marcas que utilizam menos produtos químicos e mais plantas estão entre as preferidas do consumidor, que passou a ter maior consciência ecológica. Sustentabilidade e biotecnologia têm conquista a preferência do consumidor. Essa preferência vem alinhada a sustentabilidade ambiental, e os cosméticos que têm base biológica estão entre os preferidos dentro das novas exigências do público.

Conheça o Mundo do CX

Saúde vem antes da beleza?

Se os nascidos entre 1945 e 1981, respectivamente Baby Boomers e Geração X relacionavam beleza com saúde, a Geração Z trouxe mudança a esse cenário. Os mais jovens têm buscado bem-estar. Esse cenário foi impulsionado pela pandemia de Covid-19, que despertou no consumidor a necessidade dos cuidados com a saúde. Com isso, as marcas passaram a diversificar seus produtos para atender um público que está preocupado não só com o zelo com a aparência, como também com uma vida mais saudável.

Se mulheres mudam ao longo da vida, as marcas acompanham as mudanças

Ressecamento capilar, perda da elasticidade da pele, puberdade, fertilidade e menopausa são situações que mulheres enfrentam ao longo dos anos e são causadas por alterações hormonais. Essas mudanças ao longo da vida influência diretamente nas escolhas dos produtos de beleza que as acompanharão. Quem sofre o impacto do ciclo de vida da mulher é a indústria.

O estudo da Euromonitor International que a conscientização sobre a saúde da mulher deve impactar o mercado da beleza em 2023. Agora, a corrida é para identificar soluções que, além de melhor aparência, proporcionem também bem-estar. As marcas deverão focar em inovação e na criação de estratégias que alinhem os benefícios buscados pelo público feminino.

Leia mais:
Rotina de skin care? O consumo de beleza em 2025, segundo a WGSN

Decodificando a aparência: a ligação entre neurociência e o mercado da beleza

Além do alinhamento entre beleza e bem-estar, os valores emocionais que os produtos podem proporcionar também estão relacionados aos fatores de escolhas dos consumidores. A indústria, ao perceber o impacto dos produtos nas emoções, tem usado a neurociência para identificar como seus cosméticos podem provocar benefícios emocionais.

Como o mercado reagirá às mudanças?

As adaptações às novas preferências do consumidor serão constantes. O mercado trabalhará em prol de oferecer produtos que não apenas cuidados com a beleza, mas que agreguem valor ao cliente. Com as mudanças nas exigências do público, a indústria busca por inovações tem ações mais cautelosas em 2023, tendo como posto de partida o desempenho de 2022.



+ NOTÍCIAS
“Beleza deve representar toda a nossa sociedade”, afirma VP de consumer do Grupo Boticário
Como investir nos serviços de salão de beleza no Brasil?

 

Recomendadas

MAIS MATÉRIAS

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]