Pesquisar
Close this search box.
/
/
Dados, transparência e empatia são o tripé da parte humana da experiência do consumidor

Dados, transparência e empatia são o tripé da parte humana da experiência do consumidor

Durante a NRF2019, comunidade varejista debate como o colaborador tem papel fundamental para humanizar a jornada do cliente quando a tecnologia dita as regras

Organizar a escala de 1.700 funcionários em 14 unidades pode parecer simples para um gigante varejista, mas para uma rede de menor porte como o Boa Supermercados acarretava em uma dedicação de cerca de uma hora e meia por semana dos 120 líderes de gestão de pessoas das lojas. Além do tempo dedicado à atividade, a escala não era feita de maneira uniforme entre as unidades e ainda deixava margem para falhas dentro da burocracia trabalhista e arranjos de horários e folgas sem muito critério. Após pesquisa interna com o apoio de uma consultoria, o Boa identificou a necessidade de encontrar uma solução que otimizasse a função com foco na melhora do fluxo de loja.

“Foi curioso ver como uma organização de horário de almoço, por exemplo, impactou no fluxo de caixa, simplesmente organizando as saídas a cada 10 minutos entre as operadoras”, contou Nádia Gaspar, diretora administrativa do Boa Supermercados, rede fundada em 1966.

Os resultados incluem ainda planilhas padronizadas para todas as unidades, sem privilégios, elaboradas de forma muito mais rápida, o que impactou significativamente no ajuste no quadro de funcionários e no melhor aproveitamento da equipe. “A ideia era reduzir o tempo dedicado, melhorar o fluxo, reduzir erros, e considerar os picos de vendas. Víamos a vantagem na melhora da escala em relação à produtividade e redução de fila, mas depois identificamos o ganho também transformando os momentos ociosos em oportunidade para treinamento e manutenção de loja”, conta Nádia. O que antes era feito empiricamente, ela diz, como a expectativa de fluxo de loja e necessidade de mais ou de menos equipe em determinados dias e horários, passou a ser realizado com mais assertividade, com base em dados e algoritmos.

Outro ganho, porém menos mensurável, contudo ainda notável, segundo Nádia, é que com as filas reduzidas nos caixas e a melhor manutenção da loja, há um impacto positivo na experiência do consumidor, que por sua vez reduz o estresse da equipe de caixa, que costuma ser o ponto de contato do cliente insatisfeito. “Muitos clientes despejam suas frustrações da experiência na operadora de caixa, seja pela falta de produto, por diferença de preço ou por algo de errado nos corredores, o que leva a uma situação de estresse para elas”.

A executiva contou sua experiência com a solução WFM (Work Force Management) durante o The Everywhere Store (TES), encontro promovido pela Tlantic dentro a NRF, maior evento de varejo do mundo, que acontece entre 13 e 15 de janeiro em Nova York. Esta é a quinta edição da TES, que pela primeira vez ocorre dentro da NRF, e que traz para o centro do debate as pessoas, com o tema “From people to people, delivering the humanchannel”.

Em formato de short-talks, o evento ocorre em duas sessões diárias reunindo uma comunidade de varejistas para discutir e trocar experiência sobre as principais questões ligadas à atividade.

Neste contexto, a participação do pesquisador Olegário Araújo, do Centro de Excelência em Varejo (CEV) da FGV-SP, abordou como o engajamento dos colaboradores é fundamental para atender ao novo movimento de consumo que pede mais experiência personalizada, conveniência e praticidade, bem-estar e recompensa. “Hoje colocamos muita ênfase na tecnologia pela tecnologia. Mas como inspirar as pessoas? É preciso dar propósito, ser transparente e permitir o empoderamento desse colaborador para que ele atenda a essas necessidades do consumidor que quer”.

Olegário destaca que o gestor varejista deve ter em mente dois conceitos fundamentais neste momento de tantas mudanças que atravessamos: empatia e transparência. Isso pede uma visão holística de todos os envolvidos na operação. “Muitas vezes o varejista entende o cliente, conhece sua vida e seus hábitos de consumo, mas não entende o próprio colaborador.” Se o objetivo é oferecer uma experiência humanizada ao consumidor, então ela deve começar pelo colaborador, que é a parte que vai entregar essa experiência.

 

*A jornalista participou da NRF2019 a convite da Tlantic.

Recomendadas

MAIS MATÉRIAS

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]