Pesquisar
Close this search box.
/
/
Consumo das classes C e D cresceu 8% em julho

Consumo das classes C e D cresceu 8% em julho

Segundo pesquisa da Superdigital, consumo das classes C e D cresceu em relação ao mês anterior

O consumo das classes C e D no Brasil aumentou 8% em julho em comparação com o mês anterior. Os dados são da Pesquisa de Hábitos de Consumo da Superdigital, fintech do Grupo Santander. O levantamento, realizado mensalmente, usca traçar o perfil do consumidor das classes C e D do Brasil.

Na pesquisa, todas as regiões do Brasil mostraram aumento no consumo, com o Norte tendo o maior crescimento, 11,5%. O Centro-Oeste fechou com alta de 9,4% no consumo, seguido do Sudeste (8,4%), Sul (8,3%) e Nordeste (6,6%).

Luciana Godoy, CEO da Superdigital Brasil, afirma que “o consumo das famílias mostrou uma melhora em julho e esperamos que permaneça nos próximos meses, já que a inflação tem mostrado algum recuo e o pagamento do novo auxílio começou a ser feito em agosto”.

Consumo julho 2022 classes C e D
Fonte: Superdigital

Supermercados se destacam na alta do consumo das Classes C e D

Os setores que se destacaram com as altas mais significativas foram Supermercados (12%), Restaurantes (12%), Prestadores de Serviços (6%), Transportes (4%) e Lojas de Artigos Diversos (45). Já os setores que mostraram quedas no consumo foram de Rede Online (-12%) e Roupas (-4%).

levantamento mostrou também que o principal gasto no orçamento continua sendo com Supermercado (38,8%), seguido de Restaurante (13,7%), Lojas de Artigos Diversos (10,2%), e Combustível (6,8%).

Outro dado do levantamento mostra que 87% dos gastos totais foram feitos presencialmente, mantendo o indicador de junho. Companhias aéreas, transporte e telecomunicações lideraram as compras online. Por outro lado, Supermercados, Drogarias e Farmácias e Restaurantes tiveram mais de 90% das compras realizadas offline.

Em relação ao ticket médio, houve aumento nos setores de Companhias Aéreas (8%), Restaurante (6%), Supermercado (5%), Transporte (1%), Prestadores de Serviços (1%) e Telecomunicação (1%). Contudo, caiu o ticket médio gasto com Rede Online (-12%), Diversão e Entretenimento (-6%), Lojas de Roupas (-5%), Hotéis e Motéis (-5%), Automóveis e Veículos (-5%), Combustível (-3%), Lojas de Artigos Diversos (-2%) e Serviços (1%).

Fonte: Superdigital

SUDESTE

Rio de Janeiro

No Rio de Janeiro, o consumo seguiu os dados nacionais com um avanço 9,7% ante junho. O resultado foi puxado principalmente pelo setor de Companhias Aéreas com expressiva alta de 92%, seguido por Restaurante (17%), Automóveis e Veículos (15%), Supermercado (11%), Prestadores de Serviços (11%) e Lojas de Artigos Diversos (9%). As quedas foram observadas nos setores Rede Online (-14%), Hotéis e Motéis (-9%), Lojas de Roupas (-2%) e Telecomunicação (-1%).

São Paulo

Em São Paulo, o consumo teve uma alta de 11,3% em relação ao mês anterior. As maiores altas foram nos setores de Supermercado (12%), Restaurante (11%), Transporte (8%), Lojas de Artigos Diversos (3%), Prestadores de Serviços (2%) e Serviços (2%). No entanto, houve queda de gastos com Companhias Aéreas (-10%), Rede Online (-7%), Lojas de Roupas (-6%), Combustível (-3%), Diversão e Entretenimento (-2%) e Hotéis e Motéis (-2%).

Minas Gerais

Em Minas Gerais, o consumo fechou o mês com baixa de 4,1%. Os principais setores que contribuíram com a queda foram Hotéis e Motéis (-14%), Companhias Aéreas (-10%), Diversão e Entretenimento (-9%), Combustível (-8%), Serviços (-7%), Transporte (-6%) e Rede Online (-3%). Os setores que apresentaram crescimento foram Supermercado (11%), Restaurante (9%), Lojas de Artigos Diversos (8%) e Telecomunicação (4%).

Espírito Santo

No Espírito Santo, o consumo em julho teve um aumento de 20,9% em comparação ao mês anterior. O destaque é o setor Companhias Aéreas, com expressiva alta de 111%, seguido por Prestadores de Serviços (68%), Hotéis e Motéis (32%), Rede Online (30%), Supermercado (18%), Serviços (18%) e Restaurante (17%). Os setores que apresentaram queda no período foram Telecomunicação (-53%), Diversão e Entretenimento (-36%), Automóveis e Veículos (-16%), Lojas de Roupas (-15%), Combustível (-14%), Drogaria/Farmácia (-9%), Lojas de Artigos Diversos (-6%) e Transporte (-6%).

Leia Mais: Pernambucanas lança live-commerce descentralizado por mais autonomia de lojistas

 

SUL

Rio Grande do Sul

No Rio Grande do Sul foi observada alta de 1,8% no consumo em julho ante junho. Houve aumento nos setores Hotéis e Motéis (24%), Restaurante (14%), Drogaria/Farmácia (11%), Diversão e Entretenimento (11%), Lojas de Artigos Diversos (10%) e Supermercado (6%). As maiores baixas foram em Companhias Aéreas (-40%), Serviços (-18%), Rede Online (-12%), Lojas de Roupas (-11%), Combustível (-8%), Prestadores de Serviços (-7%), Telecomunicação (-5%), Automóveis e Veículos (-4%) e Transporte (-2%).

Paraná

No Paraná, julho apresentou aumento no consumo de 10,1% ante junho, impulsionada pelos setores Supermercado (17%), Restaurante (11%), Rede Online (8%), Drogaria/Farmácia (7%), Hotéis e Motéis (5%), Lojas de Artigos Diversos (5%), Prestadores de Serviços (3%) e Diversão e Entretenimento (1%). As baixas foram observadas nos setores de Companhias Aéreas (-17%), Lojas de Roupas (-14%), Transporte (-8%), Automóveis e Veículos (-7%) e Combustível (-3%).

CENTRO-OESTE

Goiás

Em Goiás, foi observada uma alta de 7,8% em julho ante junho. Houve aumento de consumo nos setores de Hotéis e Motéis (56%), Prestadores de Serviços (18%), Restaurante (15%), Serviços (15%), Transporte (14%) e Supermercado (11%). No entanto, foram observados diminuição de gastos nos setores Companhias Aéreas (-65%), Rede Online (-39%), Diversão e Entretenimento (-16%), Automóveis e Veículos (-11%) e Drogaria/Farmácia (-10%).

Mato Grosso

No Mato Grosso, o consumo fechou em alta de 19,6% ante junho. As maiores altas foram nos setores Serviços (31%), Lojas de Roupas (27%), Rede Online (23%), Supermercado (22%), Transporte (20%), Telecomunicação (19%), Prestadores de Serviços (17%), Restaurante (14%), Drogaria/Farmácia (10%) e Diversão e Entretenimento (5%). Por outro lado, houve queda nos setores Companhias Aéreas (-45%), Hotéis e Motéis (-34%), Automóveis e Veículos (-24%), Lojas de Artigos Diversos (-6%) e Combustível (-5%).

Leia Mais: Pesquisa indica que empreendedores estão otimistas com mercado digital

NORTE

Amazonas

No Amazonas, o consumo aumentou 19,2% em julho. Os destaques de alta foram nos setores Hotéis e Motéis (89%), Restaurantes (27%), Automóveis e Veículos (24%), Lojas de Artigos Diversos (21%), Supermercado (19%), Prestadores de Serviços (15%) e Lojas de Roupas (8%). Já as quedas foram observadas nos setores de Companhias Aéreas (-12%), Combustível (-5%), Transporte (-2%) e Diversão e Entretenimento (-1%).

Pará

No Pará, o mês de julho apresentou alta no consumo de 8,6% sobre o mês anterior. Os setores com maiores altas foram Rede Online (41%), Restaurante (30%), Diversão e Entretenimento (30%), Hotéis e Motéis (25%), Prestadores de Serviços (24%), Automóveis e Veículos (10%), Supermercado (6%), Telecomunicação (4%), Transporte (4%), Drogaria/Farmácia (3%), Lojas de Artigos Diversos (3%). Já as quedas foram vistas em Companhias Aéreas (-63%), Combustível (-6%), Serviços (-5%) e Lojas de Roupas (-3%).

NORDESTE

Bahia

Na Bahia, o consumo teve uma alta de 6,4% em julho ante junho. Houve uma expressiva alta no setor de Companhias Aéreas (151%) seguido por Hotéis e Motéis (37%), Automóveis e Veículos (24%), Serviços (14%), Supermercado (11%), Lojas de Artigos Diversos (10%), Restaurante (8%), Drogaria/Farmácia (6%), Telecomunicação (4%), Prestadores de Serviços (2%) e Combustível (1%). Recuaram os gastos com Diversão e Entretenimento (-22%), Lojas de Roupas (-18%), Rede Online (-8%) e Transporte (-1%).

Conheça o Mundo do CX

Ceará

O consumo no Ceará aumentou em 9,5 % em relação ao mês anterior. No período, os setores que se destacaram com alta foram Automóveis e Veículos (21%), Prestadores de Serviços (21%), Hotéis e Motéis (19%), Transporte (18%), Diversão e Entretenimento (17%), Supermercado (13%), Lojas de Roupas (9%), Telecomunicação (8%), Combustível (8%), Serviços (6%) e Restaurante (4%). Entretanto, recuaram os gastos com Companhias Aéreas (-61%), Rede Online (-7%), Lojas de Artigos Diversos (-6%) e Drogaria/Farmácia (-4%).

Pernambuco

Em Pernambuco, o consumo apresentou alta de 14% em julho em comparação com junho. Houve expressivo aumento no setor Companhias Aéreas de 228%, seguido por Prestadores de Serviços (41%), Serviços (17%), Supermercado (16%), Restaurante (12%), Lojas de Artigos Diversos (3%) e Telecomunicação (2%). Por outro lado, as classes C e D em Pernambuco gastaram menos com Automóveis e Veículos (-31%), Rede Online (-17%), Hotéis e Motéis (-13%), Lojas de Roupas (-9%), Transporte (-6%), Combustível (-5%) e Drogaria/Farmácia (-1%).


+ Notícias

A procura da experiência metassensorial: como é a jornada no metaverso?

Consumidor está em busca de produtos mais sustentáveis

Recomendadas

MAIS MATÉRIAS

SUMÁRIO – Edição 284

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos na era da Inteligência Artificial, dos dados e de um consumidor mais exigente, consciente e impaciente. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo: das decisões, estratégias e inovações.
O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia. Ele quer respeito absoluto pela sua identidade, quer ser ouvido e ter voz.
Acompanhar cada passo dessa evolução é um compromisso da Consumidor Moderno, agora um ecossistema de Customer Experience (CX), com o mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor, inteligência relacional, tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a experiência de modo eficaz, conectando executivos e lideranças.

CAPA:
YUCA | Estúdio Criativo

ILUSTRAÇÃO:
Midjorney


Publisher
Roberto Meir

Diretor-Executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-Executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-Comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Elisabete Almeida
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

Fabiana Hanna
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head de Conteúdo e Comunicação
Verena Carneiro
[email protected]

Head de Conteúdo
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-Assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Danielle Ruas 
Jéssica Chalegra
Julia Fregonese
Marcelo Brandão

Designer
Melissa D’Amelio
YUCA | Estúdio Criativo

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Líder de Marketing Integrado 
Suemary Fernandes 
[email protected]

Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com autorização da Editora ou com citação da fonte.
Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright,
sendo vedada a reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados
e informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]

SUMÁRIO – Edição 284

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos na era da Inteligência Artificial, dos dados e de um consumidor mais exigente, consciente e impaciente. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo: das decisões, estratégias e inovações.
O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia. Ele quer respeito absoluto pela sua identidade, quer ser ouvido e ter voz.
Acompanhar cada passo dessa evolução é um compromisso da Consumidor Moderno, agora um ecossistema de Customer Experience (CX), com o mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor, inteligência relacional, tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a experiência de modo eficaz, conectando executivos e lideranças.

CAPA:
YUCA | Estúdio Criativo

ILUSTRAÇÃO:
Midjorney


Publisher
Roberto Meir

Diretor-Executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-Executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-Comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Elisabete Almeida
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

Fabiana Hanna
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head de Conteúdo e Comunicação
Verena Carneiro
[email protected]

Head de Conteúdo
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-Assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Danielle Ruas 
Jéssica Chalegra
Julia Fregonese
Marcelo Brandão

Designer
Melissa D’Amelio
YUCA | Estúdio Criativo

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Líder de Marketing Integrado 
Suemary Fernandes 
[email protected]

Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com autorização da Editora ou com citação da fonte.
Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright,
sendo vedada a reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados
e informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]