Pesquisar
Close this search box.
/
/
O consumidor é a prioridade zero: o shopping experience como determinante do crescimento

O consumidor é a prioridade zero: o shopping experience como determinante do crescimento

Colocar o cliente no centro da estratégia é essencial para empresas que querem potencializar os resultados. Saiba mais

As preferências dos compradores estão em constante evolução. Desde as expectativas em torno das ofertas e do atendimento até iniciativas de hiperpersonalização. Entender a dinâmica dos consumidores e as influências que a pandemia trouxe ao comportamento e expectativas deles tornou-se um elemento decisivo nas estratégias e na execução dos varejistas bem-sucedidos.

NA NRF 2022, um debate provocador reuniu Rachel Dalton, da Kantar e Stephanie Young, da Walt Disney Company, para explorar as oportunidades de engajamento e fidelização dos consumidores em âmbito global, utilizando experiências elevadas, momentos orientados por storytelling e novas plataformas e ecossistemas.

Assine a nossa newsletter e fique atualizado sobre as principais notícias da experiência do cliente

Rachel Dalton destacou oito tendências que a Kantar está monitorando globalmente e que impactam as decisões de negócios e a evolução dos varejistas nos principais mercados. São elas:

1. A aceleração da compra online continua em marcha e os consumidores estão demandando uma perspectiva omnicanal mais contundente dos varejistas. A recorrência da compra online vai aumentar nos próximos anos;

2. Distribuição a qualquer hora e em qualquer lugar. Novamente aqui a ideia do consumo instantâneo como já destacou Kate Anteckill no painel que destacou as tendências que vão moldar o varejo em 2022.  Os consumidores estão experimentando novas categorias de consumo, o que aumenta a necessidade das lojas estarem disponíveis no momento e canal que o cliente desejar;

3. A tecnologia emergente é uma norma. A experiência do cliente demanda maior imersão e isso só acontece como tecnologia desenhada para trazer mais conforto para a vida. Um exemplo são os assistentes pessoais de voz que melhoram a conexão com as pessoas e interfaces e tornam a vida e a rotina do consumidor mais simples;

4. Socialshopping. As alternativas de comércio baseadas em live commerce, social commerce e entretenimento são pilares de sustentação e engajamento dos consumidores, particularmente dos mais jovens. A Kantar detectou que 22% dos compradores já optam por esses canais como alternativa para decisão de compra.

Leia mais: Live commerce: práticas recomendadas para o sucesso dessa estratégia de vendas

5. Bem-estar e saúde. Claro, a pandemia mostrou a importância de tomar cuidado de si, da família e de quem importa

6. Valor das comunidades. Os consumidores querem fazer parte de comunidades locais para também promover causas como proteção ambiental.

7. Crescimento nos marketplaces. Decisão estratégica: fazer parte ou montar marketplaces? O fato indiscutível é o crescimento veloz desses grandes ambientes digitais, com sortimento incalculável e geração de dados que permite converter o cliente continuamente a partir de ofertas mais personalizadas;

Leia mais: Marketplaces: a solução certeira para pequenos e médios negócios

8. O e-commerce hiperpersonalizado. Não apenas nos marketplaces o cliente poderá encontrar o que precisa. Ele está à procura dessa “inclusão personalizada” em todos momentos de sua jornada. Assim, para exercer a sua identidade momentânea, ele é receptivo a ofertas que espelhem a sua vontade.

consumidor
Stephanie Young, da Walt Disney Company, e Rachel Dalton, da Kantar, exploram as oportunidades de engajamento e fidelização dos consumidores durante painel da NRF 2022 | Foto: Reprodução NRF 2022

A experiência Disney

Diante dessas tendências, Stephane Young, presidente da divisão de produtos online da Disney, aponta para a aceleração das compras online como irreversível, o que representa uma mudança sensível no panorama do varejo. Ela afirma que para uma companhia que passou décadas acreditando no poder do storytelling, foi uma mudança delicada verificar como o consumidor modificou seus padrões de escolha e conveniência. Assim, a Disney precisou se dedicar a acompanhar o consumidor onde ele estivesse. Ou seja, no online.

O fato é que mais de 52% dos consumidores exigem maior flexibilidade dos varejistas, inclusive de empresas como a Disney. Vamos lembrar que a empresa é um ícone do setor, e que naturalmente se adaptou ao fato de que os consumidores procuram por mais entretenimento. E foi justamente por esse motivo que a Disney iniciou estratégias de venda por live commerce, transcendendo o espaço normal do varejo. Os consumidores da marca são de alta demanda, e querem que as histórias que amam ganhem vida, o que representa um conjunto fantástico de oportunidades para criar novos conceitos e ofertas que mobilizem as pessoas.

Outro destaque interessante foi de que a tecnologia de voz e a ascensão dos assistentes pessoais também foi explorada pela Disney. A ideia foi trabalhar pensando em trazer os personagens para esse ambiente de voz, estabelecendo interações e oferecendo histórias que se conectam de modo intenso com os clientes. Segundo a executiva, os consumidores da marca estão constantemente se comunicando, procurando o diálogo e dando insights valiosos para a criação de produtos e soluções que são excelentes para a reputação do negócio. “É realmente aplicar recursos para pesquisar e interpretar o que os consumidores realmente querem. Na Disney fazemos muito isso para criar novas experiências que impactem os clientes de forma positiva é muito personalizada”, finaliza.

Assine a nossa newsletter e fique atualizado sobre as principais notícias da experiência do cliente


+ Notícias

Tendências que vão moldar o varejo em 2022: quais são os modelos vencedores?

A nova face das lideranças femininas: como deve ser a gestão em tempos de mudança

Recomendadas

MAIS MATÉRIAS

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]