Pesquisar
Close this search box.
/
/
Como promover a transformação digital sob a ótica do Alibaba

Como promover a transformação digital sob a ótica do Alibaba

Entender de que forma o marketplace asiático opera e utiliza a nuvem para fomentar a inovação traz lições preciosas para as empresas brasileiras. Confira

A expansão do Alibaba é um estudo de caso com vários desdobramentos. Um deles diz respeito ao desenvolvimento de sua infraestrutura. No SXSW, um painel enfocou o trabalho do Alibaba Cloud e como sua capacidade está colaborando para a criação de muitos avanços tecnológicos atuais da área de saúde, finanças, manufatura e cidades inteligentes. Mas o sucesso dessa infraestrutura impressionante depende de um design de alto nível, elemento crucial para vislumbrar se uma tecnologia será adotada em nossas vidas ou se seguirá o caminho do Google Glass. Luping Wang, diretora de design e Maxine Zhou, User Interface Design, do Alibaba Cloud destacaram produtos e plataformas que são visualmente impressionantes e totalmente funcionais para a geração digital global do século XXI.

Por que Transformação Digital?
O Alibaba acredita que os homens são indivíduos únicos e precisam ser tratados dessa forma, distintamente e personalizadamente. Mas a transformação digital não é apenas um processo. É uma ideia que pode ser melhorada com o design digital, que deve empregar elementos artísticos e tecnologia para criar ambientes nos quais a fluidez digital possa acontecer sem barreiras. Um bom exemplo dessa metodologia está na forma pela qual objetos simples são as bases para a criação de interfaces e dispositivos reconhecíveis, familiares para nós. Um círculo em rotação pode ser a inspiração para um ábaco, um computador ou um assistente de voz.

Para difundir esses princípios, o Alibaba criou a Cloud computing Conference, onde os princípios do design aplicados à Transformação digital são debatidos e diversas experiências são testadas para criar soluções de grande impacto intuitivo e capazes de tornar reais intrincados modelos de negócio. A ideia é lançar luzes para o futuro, a partir de projetos de notável sofisticação que se consolidam em produtos tangíveis.

Um dos projetos mais recentes englobam projetos de branding baseados em Realidade Estendida que trazem novas possibilidades para a jornada do cliente em ambientes digitais. As designers do Alibaba mostraram projetos de incrível beleza gráfica, cenários espetaculares em interfaces de Realidades Aumentadas e Virtuais, com múltiplas aplicações para o varejo.

O tangível e o virtual
O design virtual utiliza dados, algoritmos, modelos para criar concepções de tecnologia de grande impacto. Dessa forma, é possível fazer soluções de nuvem “rodarem” e reproduzirem cenários reais com detalhamento minucioso. Todos os elementos geográficos possíveis são mapeados em um mapa, por exemplo. Depois, o máximo de elementos não-geográficos é adicionada. Quando acessamos um mapa e vemos a rapidez com que a imagem é carregada “enxergamos o cenário que temos em mente”, mas estamos na verdade vendo um simulacros de realidade, previsto em cada detalhe, mas não realça de fato. Um exemplo incrível foi o do aeroporto internacional da China em um dashboard, no qual é possível decolagens, pousos, pessoas. Se deslocando como em um filme, mas na verdade vemos uma representação gráfica.

Não por acaso, a cloud do Alibaba já consegue suportar mais de 3 bilhões de usuários simultaneamente, rodando cenários, desenvolvendo aplicativos, transações, buscas, projetos e muito mais. É o design em benefício de todos por meio de uma racional distribuição de recursos compartilhados na nuvem.

Aplicações
São as soluções na nuvem do Alibaba que ajudam a prover recursos para pequenos agricultores, empreendedores e até mesmo para manter cidades mais seguras. É impressionante verificar a rapidez da evolução do design de tecnologia chinês. A ascensão do Alibaba, seu marketplace, o poder de sua base de dados, o alcance do Alipay e a consistência operacional estão baseadas em tecnologia de altíssima disponibilidade e confiabilidade, construída com base em em metodologias avanças de design digital. Tudo isso em menos de 20 anos. Uma cultura digital criada e implementada para suportar negócios globais.

Recomendadas

MAIS MATÉRIAS

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]