Pesquisar
Close this search box.
/
/
Capacitação profissional: o caminho para crescimento pessoal e empresarial

Capacitação profissional: o caminho para crescimento pessoal e empresarial

Estudo da Gallup revela a importância crescente da qualificação no mercado de trabalho americano, que tem potencial de aumentar renda e satisfação profissional

À medida que a economia mundial se recupera do impacto da Covid-19, programas de qualificação — como treinamentos ou educação que ensina novas habilidades ou aprofunda atualizações competências já existentes — representam uma oportunidade atraente para trabalhadores e empresas. Essa qualificação, upskilling, pode ser uma oportunidade para trabalhadores mudarem de carreira e, podem servir potencialmente para as empresas atraírem novos talentos.

Para compreender melhor esta oportunidade e avaliar o impacto da melhoria das competências na vida dos trabalhadores e carreiras, a Amazon contratou a Gallup para conduzir o estudo mais abrangente até o momento sobre qualificação – Estudo Americano de Upskilling: Capacitando Trabalhadores para os Empregos de Amanhã.

Em junho de 2021, a Gallup entrevistou mais de 15 mil adultos norte-americanos que estavam empregados ou na força de trabalho – o que compreende quem está sem emprego, mas têm planos de retornar ao trabalho, para perguntar sobre seu interesse e experiências com qualificação.

Os impactos da melhoria de competências na carreira

Os dados da pesquisa mostram que mais de metade destes trabalhadores (57%) está “extremamente” ou “muito” interessado em participar num programa de capacitação profissional, enquanto um número ligeiramente menor (52%) relata ter participado de um programa de melhoria de competências nos 12 meses anteriores. Dos interessados em programas de qualificação, 63% dizem que a motivação é avançar nas suas competências e carreiras.

A participação em capacitações profissionais é particularmente elevada para os trabalhadores negros, 64% fizeram algum tipo de curso de qualificação nos 12 meses anteriores, seguidos por 63% dos trabalhadores hispânicos. Os trabalhadores asiáticos (51%) têm uma probabilidade substancialmente menor de terem frequentado um programa de qualificação, enquanto os trabalhadores brancos estão entre os menos propensos a fazê-lo, com menos da metade (46%).

Os dados revelam que os trabalhadores nos Estados Unidos e os seus empregadores têm benefícios claros de programas de melhoria de competências, incluindo um adicional de 8,6% na renda anual, o que significa um incremento de cerca de US$ 8 mil, em média, para os trabalhadores. Além disso, gera oportunidades de promoção, empregos com satisfação mais elevada, maior retenção e aumento do padrão de vida.

 Os trabalhadores dizem ter um grande interesse em melhorar suas competências a partir de oportunidades fornecidas pelos empregadores, principalmente para ajuda-los a progredir nas suas carreiras, mas é uma exigência que os empregadores têm apenas parcialmente exigido.

Quanto aos tipos de programas de capacitação profissional nos quais os trabalhadores estão mais interessados, as oportunidades de qualificação oferecidas pelos seus empregadores e realizadas durante o horário de trabalho são as preferidas, pois ajudam os trabalhadores a superar as duas principais barreiras à qualificação que esta pesquisa revelou: falta de tempo e de dinheiro.

Essas preferências são refletidas nos tipos dos programas em que a maioria participou pelos trabalhadores nos últimos 12 meses — 36% dos entrevistados participaram de programas de qualificação fornecidos pelo empregador, em comparação com 21% que participaram de um programa que procuraram por conta própria.

A experiência de qualificação profissional do Slack

O Slack é uma das empresas que decidiu, de forma intensa, promover a qualificação profissional de seus funcionários. A empresa literalmente fechou por uma semana, dedicando seu tempo para ganhar o “ranger status” por meio da plataforma de aprendizagem online Trailhead da Salesforce.

Na “Semana Ranger” do Slack os funcionários deixaram de lado suas tarefas regulares para se aprofundarem em vários módulos. O objetivo final é que a equipe do Slack alcançasse o status de Ranger do Trailhead, uma distinção que exige aproximadamente 40 horas de aprendizado on-line.

Esses módulos abrangem uma ampla variedade de tópicos, desde “Aprenda sobre a Quarta Revolução Industrial” até “Alimentação Saudável”. A abordagem não convencional é a forma da Salesforce de aprimorar as habilidades de seus funcionários e se estende ao Slack, subsidiária da gigante da tecnologia.

Em mensagem aos funcionários, Lidiane Jones, CEO do Slack, destacou a importância da “Ranger Week” e a expectativa de que departamentos como engenharia de desenvolvimento de produtos, experiência do cliente, operações comerciais e comunicações participassem da iniciativa. “Quero garantir que todos tenham tempo para aprimorar suas habilidades no Trailhead”.

Para os empregadores, a pesquisa da Gallup mostra que também há benefícios claros em proporcionar melhoria de competências, especialmente relacionadas à atração de novos talentos. Dois terços dos trabalhadores dizem que a oportunidade de participar de um programa de qualificação é um fator “extremamente” ou “muito” importante para decidir se aceita um novo emprego, e 61% citam isso como “extremamente ou “muito” importante ao ponderar a decisão de permanecer em seu trabalho atual.

Infelizmente, a pesquisa também revelou que a qualificação oportunidades são oferecidas desproporcionalmente aos mais qualificados trabalhadores. Muitos daqueles que mais desejam – aqueles que expressam o maior desejo de aprender habilidades para uma nova carreira e ter o menos confiança em suas habilidades atuais – são os menos propensos a ter participou de alguma qualificação profissional ou para dizer que o seu empregador o fornece.

O desafio para os empregadores é expandir as oportunidades de qualificação para aqueles nos grupos de renda mais baixa e com os mais baixos níveis de habilidade atuais. Tal expansão permitiria mais oportunidades de qualificação para os trabalhadores que podem obter mais beneficiar da atualização das suas competências. habilidades para avançar em suas carreiras atuais

Quanto ao que motiva o interesse dos trabalhadores na melhoria das competências, 59% dizem que a progressão na carreira é a sua principal motivação, seguidos por 17% que desejam encontrar uma nova carreira com remuneração mais alta, 11% que desejam encontrar uma carreira mais trabalho gratificante e 10% que procuram um novo emprego com maior potencial de crescimento.

O que os trabalhadores desejam: qualificação como benefício

Os trabalhadores americanos querem que os empregadores financiem a sua formação profissional. Quando questionado sobre uma série de perguntas sobre os tipos

dos possíveis programas de qualificação que desejam, eles geralmente dizem que desejam oportunidades educacionais onde

os trabalhadores recebem remuneração enquanto frequentam, com 71% da força de trabalho indicando que estão interessados neste tipo de

programa. Mais especificamente, os trabalhadores querem a melhoria das competências paga pelos empregadores e fornecida durante o trabalho normal.

horas, com 65% dos trabalhadores indicando que preferem a formação ministrada desta forma.

Trabalhadores qualificados têm maior probabilidade de ter um bom emprego

A Gallup identificou 11 dimensões da qualidade do trabalho que foram incluídas na pesquisa de capacitação profissional:

  • Nível do salário
  • Estabilidade e previsibilidade
  • Benefícios (saúde, previdência, seguros)
  • Seguro-desemprego
  • Controle sobre os próprios horários
  • Progressão na carreira
  • Oportunidades
  • Prazer no trabalho do dia a dia
  • Senso de propósito e dignidade no trabalho
  • Poder de interferir em aspectos do trabalho com que os trabalhadores não estão satisfeitos
  • Saúde e segurança do ambiente de trabalho

Os trabalhadores que participaram recentemente num programa de qualificação profissional fornecido pelo empregador têm 22 pontos percentuais mais probabilidades de ter um bom emprego, definido como uma pontuação elevada em todas as 11 dimensões da qualidade do trabalho medida pelo Gallup, do que aqueles que não o fizeram.

O poder da qualificação

A iniciativa do Slack é um exemplo da importância do treinamento e do desenvolvimento no local de trabalho. O treinamento vai além de cumprir tabela. A avaliação da empresa é que ele equipa os funcionários com o conhecimento e as habilidades necessárias para prosperarem em suas funções.

A formação contínua mantém as competências dos colaboradores atualizadas, garantindo que permanecem relevantes num mercado de trabalho em constante evolução. Ainda segundo o Slack, ajuda os funcionários a se adaptarem às novas tecnologias, tendências e melhores práticas.

“Colaboradores bem treinados também ficam mais confiantes, o que impacta positivamente no seu desempenho. O treinamento proporciona uma melhor compreensão das responsabilidades do trabalho, levando ao aumento da produtividade”, segundo a companhia.



Recomendadas

MAIS MATÉRIAS

SUMÁRIO – Edição 285

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos na era da Inteligência Artificial, dos dados e de um consumidor mais exigente, consciente e impaciente. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo: das decisões, estratégias e inovações.
O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia. Ele quer respeito absoluto pela sua identidade, quer ser ouvido e ter voz.
Acompanhar cada passo dessa evolução é um compromisso da Consumidor Moderno, agora um ecossistema de Customer Experience (CX), com o mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor, inteligência relacional, tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a experiência de modo eficaz, conectando executivos e lideranças.

CAPA:
Rhauan Porfirio | Nathalia Parra


Publisher
Roberto Meir

Diretor-Executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-Executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-Comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Angela Souto
[email protected] 

Daniela Calvo
[email protected]

Elisabete Almeida
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head de Conteúdo e Comunicação
Verena Carneiro
[email protected]

Head de Conteúdo
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-Assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Danielle Ruas 
Jéssica Chalegra
Julia Fregonese
Marcelo Brandão

Designer
Melissa D’Amelio
Nathalia Parra | Zootz Comunicação

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com autorização da Editora ou com citação da fonte.
Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright,
sendo vedada a reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados
e informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]

SUMÁRIO – Edição 285

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos na era da Inteligência Artificial, dos dados e de um consumidor mais exigente, consciente e impaciente. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo: das decisões, estratégias e inovações.
O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia. Ele quer respeito absoluto pela sua identidade, quer ser ouvido e ter voz.
Acompanhar cada passo dessa evolução é um compromisso da Consumidor Moderno, agora um ecossistema de Customer Experience (CX), com o mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor, inteligência relacional, tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a experiência de modo eficaz, conectando executivos e lideranças.

CAPA:
Rhauan Porfirio | Nathalia Parra


Publisher
Roberto Meir

Diretor-Executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-Executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-Comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Angela Souto
[email protected] 

Daniela Calvo
[email protected]

Elisabete Almeida
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head de Conteúdo e Comunicação
Verena Carneiro
[email protected]

Head de Conteúdo
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-Assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Danielle Ruas 
Jéssica Chalegra
Julia Fregonese
Marcelo Brandão

Designer
Melissa D’Amelio
Nathalia Parra | Zootz Comunicação

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com autorização da Editora ou com citação da fonte.
Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright,
sendo vedada a reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados
e informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]