Pesquisar
Close this search box.
/
/
No Brasil, influenciadores digitais redefinem vínculos entre marcas e consumidores

No Brasil, influenciadores digitais redefinem vínculos entre marcas e consumidores

Relações entre marcas e influenciadores moldam comunicação e o consumo no Brasil, além de revelar tendências e desafios para o futuro do marketing

O país viu surgir uma nova era. Criadores de conteúdo, plataformas e estratégias digitais desempenham um papel crucial na formação de opiniões, tendências e influência sobre as massas. Explorar esse cenário ajuda compreender não apenas a expansão exponencial das redes sociais e a crescente participação de influenciadores, mas também os desafios éticos. Além disso, nos mostra a dinâmica das relações virtuais e a transformação dos modelos de negócio diante desse panorama em constante evolução.

A sinergia entre marcas e influenciadores digitais no Brasil

As marcas, conscientes desse novo paradigma, encontraram nos influencers parceiros estratégicos para amplificar suas mensagens, alcançar nichos específicos e estabelecer laços mais significativos com os consumidores. Neste cenário de interações digitais cada vez mais valorizadas, surge uma dinâmica de colaboração entre marcas e influenciadores, na qual as deficiências e a transparência são moedas de troca essenciais.

Prova disso é que, ainda de acordo com o estudo da MindMiners e YOUPIX, a estratégia aproveita a conexão emocional dos influenciadores com seu público para impulsionar marcas. No país, 84% dos entrevistados já viram algum influenciador fazer publicidade ou indicar algum produto nas redes sociais e canais digitais. Além disso, as cinco marcas mais vistas em menções são O Boticário, Natura, Samsung, Avon e Blaze. O top 5 conta com três marcas de cosméticos, uma de eletrônicos e uma de apostas. Ainda segundo a pesquisa, 51% dos respondentes afirmam que sempre se lembram mais dos anúncios/publicidades que têm influenciadores, e 46% dizem que se um produto/uma marca é usado por influenciadores sentem confiança em usar também.

Tendências e desafios no universo das parcerias entre marcas e influenciadores no Brasil

Explorar a complexidade desse relacionamento entre marcas e influenciadores digitais no Brasil nos ajuda não apenas a compreender os mecanismos de colaboração, mas também examinar o impacto dessa parceria na percepção do consumidor e nas estratégias de branding. Segundo um estudo “Dados e insights de influencer de Marketing no Brasil para 2024”, da Influency.me, 54% das marcas investiram em marketing de influência em 2023. O gerenciamento desse investimento aconteceu da seguinte forma:

  • 50% gerenciam a estratégia internamente, com profissionais compartilhados, que também executam outras funções;
  • 32% gerenciam internamente, com profissionais exclusivos para a função;
  • 18% gerenciam externamente, contratando uma agência especializada.

Além disso, quando perguntadas sobre os desafios com a estratégia, 69% das marcas citaram a busca pelo influenciador ideal, 48% justificaram com o objetivo de gerar bons resultados e 42% indicaram a coleta de métricas. Esses fatores estão diretamente relacionados ao não uso de um software especializado, que pode automatizar todos esses processos.

Influenciadores digitais, contratar ou não contratar?

O estudo mostra ainda que, no Brasil, a periodicidade das marcas na contratação de influenciadores digitais aumentou de 2022 (59%) para 2023 (82%). Além disso, as marcas estão cada vez mais apostando na capilaridade das ações e na construção de campanhas com um maior número de perfis. 38% delas contratam de seis a 10 perfis; 32% contratam até cinco perfis; já outras 18% escolhem de 21 a 50 perfis.

No Brasil, caso o resultado da campanha com o influenciador digital seja positivo, 61% das marcas afirmam contratar a mesma pessoa para novas campanhas. Já outros 32% preferem manter um contrato longo. Por outro lado, 7% das empresas afirmam não contratar o mesmo influenciador mais de uma vez. Quanto aos influenciadores, 74% dos afirmam que propostas de parceria pontuais são mais frequentes. Porém, 70% deles acreditam que a parceria de longo prazo é mais eficaz. Por outro lado, algumas marcas do Brasil preferiram não optar pela relação com influenciadores digitais. Entre os motivos está a preferência por outras formas de mídia, falta de budget e uma experiência ruim.

Valores investidos em 2023 x pretensão de investimentos em 2024

Em 2024, a grande maioria pretende aumentar os valores investidos em campanhas anuais com influenciadores digitais (68%). Enquanto isso, outras vão manter o investimento de 2023 (29%), e algumas pretendem diminuir (3%).

O seguidor compra do influenciador?

A pesquisa feita pela MindMiners com a YOUPIX aponta que seis em cada 10 seguidores já compraram produtos recomendados por influenciadores digitais. Além disso, o tamanho do perfil não é fator determinante para os consumidores. 73% afirmam que um influenciador é alguém capaz de promover ideias e influenciar opiniões e comportamentos de seus seguidores, independentemente da quantidade de seguidores que possua.

“Essa é para nós uma característica que reforça que o conteúdo é a base da influência. São os criadores de conteúdo que estão solidificando a influência brasileira, a partir da genuína interação com suas audiências. Isso não é pouco, é o começo de uma revolução”, destaca Rafa Lotto, sócia e Head da YOUPIX no Brasil.

Além disso, o conteúdo é um fator determinante para converter um seguidor em comprador. Para 49% dos entrevistados, o conteúdo do dia a dia é o formato preferido, seguido por dicas (44%) e caixas de perguntas em stories (37%). O estudo mostra ainda que a conversão depende também de outros fatores. 67% dos entrevistados afirmam pesquisar a fundo sobre o produto ou serviço recomendado antes de efetuar a compra, enquanto apenas 16% compram instantaneamente ao visualizar o post patrocinado do influenciador.

“Vale ressaltar também que a pessoa pode ser influenciada e não comprar imediatamente. É possível que em um primeiro momento ela veja o post de indicação, e só alguns dias depois decida comprar, e não necessariamente pelo link indicado pelo influenciador. Para se ter uma ideia, o estudo detectou que somente 20% dos respondentes compram diretamente pelo link do influencer. O produto é adquirido por conta da indicação, mas majoritariamente por canais como marketplaces (49%), diretamente no site das marcas (34%) e em lojas físicas (33%)”, pontua Flávia Rodrigues, especialista da MindMiners.



Recomendadas

MAIS MATÉRIAS

SUMÁRIO – Edição 284

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos na era da Inteligência Artificial, dos dados e de um consumidor mais exigente, consciente e impaciente. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo: das decisões, estratégias e inovações.
O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia. Ele quer respeito absoluto pela sua identidade, quer ser ouvido e ter voz.
Acompanhar cada passo dessa evolução é um compromisso da Consumidor Moderno, agora um ecossistema de Customer Experience (CX), com o mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor, inteligência relacional, tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a experiência de modo eficaz, conectando executivos e lideranças.

CAPA:
YUCA | Estúdio Criativo

ILUSTRAÇÃO:
Midjorney


Publisher
Roberto Meir

Diretor-Executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-Executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-Comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Elisabete Almeida
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

Fabiana Hanna
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head de Conteúdo e Comunicação
Verena Carneiro
[email protected]

Head de Conteúdo
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-Assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Danielle Ruas 
Jéssica Chalegra
Julia Fregonese
Marcelo Brandão

Designer
Melissa D’Amelio
YUCA | Estúdio Criativo

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Líder de Marketing Integrado 
Suemary Fernandes 
[email protected]

Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com autorização da Editora ou com citação da fonte.
Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright,
sendo vedada a reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados
e informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]

SUMÁRIO – Edição 284

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos na era da Inteligência Artificial, dos dados e de um consumidor mais exigente, consciente e impaciente. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo: das decisões, estratégias e inovações.
O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia. Ele quer respeito absoluto pela sua identidade, quer ser ouvido e ter voz.
Acompanhar cada passo dessa evolução é um compromisso da Consumidor Moderno, agora um ecossistema de Customer Experience (CX), com o mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor, inteligência relacional, tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a experiência de modo eficaz, conectando executivos e lideranças.

CAPA:
YUCA | Estúdio Criativo

ILUSTRAÇÃO:
Midjorney


Publisher
Roberto Meir

Diretor-Executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-Executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-Comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Elisabete Almeida
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

Fabiana Hanna
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head de Conteúdo e Comunicação
Verena Carneiro
[email protected]

Head de Conteúdo
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-Assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Danielle Ruas 
Jéssica Chalegra
Julia Fregonese
Marcelo Brandão

Designer
Melissa D’Amelio
YUCA | Estúdio Criativo

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Líder de Marketing Integrado 
Suemary Fernandes 
[email protected]

Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com autorização da Editora ou com citação da fonte.
Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright,
sendo vedada a reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados
e informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]