Pesquisar
Close this search box.
/
/
Arte e pedofilia: esconder o problema não traz nenhuma solução

Arte e pedofilia: esconder o problema não traz nenhuma solução

Polêmicas com quadros nas redes sociais acendem um alerta: não discutimos os problemas sociais como deveríamos. Preferimos a briga pela ideologia

Na última semana, as redes sociais foram inundadas por comentários sobre arte. O problema é que não foi de uma maneira agradável. No começo da semana, o Santander foi criticado por milhares de pessoas por conta da exposição Queermuseu em seu espaço cultural localizado em Porto Alegre (RS).

Os críticos diziam que quadros incentivavam e faziam apologia à pedofilia e à zoofilia. Muitas pessoas também o defenderam, mas logo mudaram de lado após o banco espanhol retirar a exposição do espaço por conta das críticas.

Mais recentemente, o Museu de Arte Contemporânea (Marco), de Campo Grande (MS), também foi alvo pro conta de um quadro chamado exatamente “Pedofilia”, da artista Alessandra Cunha. Três deputados estaduais fizeram denúncia contra a obra e o delegado Fábio Sampaio concordou com o parecer.

Muitos defensores publicaram que arte não pode ser censurada. Concordo. Mas outro fator me preocupa ainda mais: a forma como insistimos em lidar com os problemas. Queremos escondê-los e ignorá-los.

Um quadro faz você pensar. Um livro ou um filme também têm como consequência a sua reflexão. Com eles, descobrimos fatos que não fazíamos ideias que existiam. E adivinha: nem tudo o que acontece no mundo é algo bonito.

Muito pelo contrário.

Sabe o que realmente incentiva a prática de crimes? Simplesmente ignorá-los. Discutir pedofilia, crimes passionais (na maioria das vezes cometidos por homens) e afins ajuda a alertar as pessoas a respeito da gravidade desses crimes. Mais: eles vão continuar existindo, mesmo você insistindo em ignorá-los.

No jornalismo sempre existiu um tabu que aos poucos vem sendo quebrado. O suicídio nunca era tema de reportagens ou artigos, pois temia-se que isso incentivasse a prática.

Adivinhe o que aconteceu? Os suicídios só aumentaram nos últimos anos: desde 2002, há um crescimento de 10% no número de pessoas que se matam no Brasil, segundo o Ministério da Saúde.

Todos. Os. Anos.

Não é à toa, portanto, que o tema é debatido cada vez mais. Estamos em um “setembro amarelo”, que tenta combater exatamente esse tipo de problema.

Quando vemos um quadro falando sobre pedofilia, ele retrata algo que insistimos em aceitar que não existe. Só que você precisa admitir que é algo que acontece há muitos anos, antes mesmo daquele artista contemporâneo ter nascido.

Antes mesmo até de Cristo.

De acordo com dados do Disque-Denúncia Nacional, a cada dia são feitas 50 denúncias relativas a abuso infantil. Esse número deve ser muito maior, já que muitos preferem o silêncio. Então, ignorar o problema não vai fazer com que ele deixe de existir. Se fosse assim, você, eu e todo o resto do mundo não teríamos mais com o que nos preocupar. Não é assim que acontece, infelizmente.

Aceite que você não vive em um conto de fadas. Assim fica mais fácil admitir a realidade e lutar contra os problemas dela.

Os artigos publicados com assinatura não traduzem, necessariamente, a opinião do portal da Consumidor Moderno 

Recomendadas

MAIS MATÉRIAS

SUMÁRIO – Edição 285

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos na era da Inteligência Artificial, dos dados e de um consumidor mais exigente, consciente e impaciente. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo: das decisões, estratégias e inovações.
O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia. Ele quer respeito absoluto pela sua identidade, quer ser ouvido e ter voz.
Acompanhar cada passo dessa evolução é um compromisso da Consumidor Moderno, agora um ecossistema de Customer Experience (CX), com o mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor, inteligência relacional, tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a experiência de modo eficaz, conectando executivos e lideranças.

CAPA:
Rhauan Porfirio | Nathalia Parra


Publisher
Roberto Meir

Diretor-Executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-Executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-Comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Angela Souto
[email protected] 

Daniela Calvo
[email protected]

Elisabete Almeida
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head de Conteúdo e Comunicação
Verena Carneiro
[email protected]

Head de Conteúdo
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-Assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Danielle Ruas 
Jéssica Chalegra
Julia Fregonese
Marcelo Brandão

Designer
Melissa D’Amelio
Nathalia Parra | Zootz Comunicação

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com autorização da Editora ou com citação da fonte.
Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright,
sendo vedada a reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados
e informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]

SUMÁRIO – Edição 285

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos na era da Inteligência Artificial, dos dados e de um consumidor mais exigente, consciente e impaciente. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo: das decisões, estratégias e inovações.
O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia. Ele quer respeito absoluto pela sua identidade, quer ser ouvido e ter voz.
Acompanhar cada passo dessa evolução é um compromisso da Consumidor Moderno, agora um ecossistema de Customer Experience (CX), com o mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor, inteligência relacional, tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a experiência de modo eficaz, conectando executivos e lideranças.

CAPA:
Rhauan Porfirio | Nathalia Parra


Publisher
Roberto Meir

Diretor-Executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-Executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-Comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Angela Souto
[email protected] 

Daniela Calvo
[email protected]

Elisabete Almeida
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head de Conteúdo e Comunicação
Verena Carneiro
[email protected]

Head de Conteúdo
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-Assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Danielle Ruas 
Jéssica Chalegra
Julia Fregonese
Marcelo Brandão

Designer
Melissa D’Amelio
Nathalia Parra | Zootz Comunicação

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com autorização da Editora ou com citação da fonte.
Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright,
sendo vedada a reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados
e informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]