Pesquisar
Close this search box.
/
/
Alimentos e bebidas: custo de servir digital

Alimentos e bebidas: custo de servir digital

Apesar do aumento dos preços de insumos, setor não pode abrir mão de investir em tecnologia

Mesmo com o mundo enfrentando a pandemia, o mercado de alimentos e bebidas evoluiu muito, no último ano. Grande parte do varejo alimentar adotou medidas necessárias à proteção dos clientes ao ponto de alguns restaurantes, por exemplo, adotarem de maneira inusitada no Brasil ferramentas tecnológicas avançadas, tais como o uso de robôs para retirar pedidos na mesa e levar a refeição aos clientes.

As tendências digitais impostas pela Covid-19 já eram observadas desde quando a quarentena teve início. Algumas delas se transformaram em realidade inegável, influenciando atividades de formas alternativas para garantir que alimentos e bebidas cheguem às mãos dos consumidores. Ações como os modelos de entrega direta ao consumidor (DTC, do inglês direct to consumer), última milha, compra on-line e retirada na loja (BOPIS, do inglês Buy Online Pickup in Store) se tornaram cada vez mais comuns neste segmento.

Comportamento de consumo duradouro

Com a implementação das medidas restritivas para impedir a disseminação do coronavírus por muitos governos, é possível constatar que o lar se transformou no novo centro de consumo para alimentos e bebidas, mesmo com um possível fim desse período. Além disso, aponta-se uma predisposição para manter o recebimento de produtos pelo modelo de entrega em casa, ao invés da retirada nas lojas físicas.

Com relação às plataformas digitais que os consumidores adotaram para realizar pesquisas e consultas de alimentos e bebidas, houve um crescimento na modalidade click-and-collect em que o consumidor consegue escolher como será a retirada, selecionando produtos através de plataformas de comércio eletrônico ou até mesmo por aplicativos de conversa. Dessa forma, existe a possiblidade de ter os alimentos separados e colocados diretamente no porta-malas do carro, garantindo conveniência, atendimento personalizado e maior segurança para aquisição dos itens.

No período de restrições, o conceito de entrega direta ao consumidor se tornou chave para mitigar o impacto da perda de vendas de produtos como bebidas, devido ao fechamento de restaurantes e bares. Esse modelo abriu a possibilidade desses estabelecimentos entregarem mercadorias diretamente aos lares de seus clientes. Outro ponto de destaque que precisa ser mencionado é a adoção de clubes de compras, para os clientes fidelizados, que sempre buscam os mesmos produtos.

Pesou no bolso

Toda essa evolução tecnológica, digital e logística, centrados nas necessidades dos clientes finais, resultou na necessidade de mais investimentos por parte do varejo e indústria com o consequente incremento nos custos de servir. Atrelado a isso, o Brasil passou, no último ano, por um impulso da taxa cambial com desvalorização notável do real. No setor de alimentos e bebidas, isso acaba sendo revertido em aumento de preços, já que grande parte dos insumos utilizados pela indústria é regulada pelo mercado internacional.

Nesse cenário, cabe ao setor repensar a estrutura de custos da cadeia de suprimentos, priorizar o portfólio de produtos e marcas, bem como realocar e focar os investimentos para poder equalizar o custo de servir.

Diante disso, ações como transformação digital da cadeia de suprimentos, estratégias last-mile, cooperação para redução de custos de fretes para a logística de distribuição, bem como um processo para melhor alocação de investimentos priorizando-se eficiência e produtividade, passaram a ser chaves para a sobrevivência e crescimento das marcas de alimentos e bebidas que prosperarão neste novo ambiente digital.

É preciso ressaltar também que o futuro do segmento está atrelado às novas diversas modalidades e combinações para servir o consumidor cada vez mais conectado, consciente, em busca de conveniência e experiências diferenciadas. Entretanto, isso só será possível para aqueles que conseguirem realizar esse salto tecnológico, repensando e otimizando os custos de servir, cada vez mais digital.

* Mauricio Godinho é sócio-diretor líder de Alimentos de Bebidas da KPMG no Brasil.


+ Notícias 

4 tendências para o consumo e o varejo em 2021 

Last mile: estratégias utilizadas para melhorar as entregas na última milha 

Recomendadas

MAIS MATÉRIAS

SUMÁRIO – Edição 285

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos na era da Inteligência Artificial, dos dados e de um consumidor mais exigente, consciente e impaciente. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo: das decisões, estratégias e inovações.
O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia. Ele quer respeito absoluto pela sua identidade, quer ser ouvido e ter voz.
Acompanhar cada passo dessa evolução é um compromisso da Consumidor Moderno, agora um ecossistema de Customer Experience (CX), com o mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor, inteligência relacional, tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a experiência de modo eficaz, conectando executivos e lideranças.

CAPA:
Rhauan Porfirio | Nathalia Parra


Publisher
Roberto Meir

Diretor-Executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-Executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-Comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Angela Souto
[email protected] 

Daniela Calvo
[email protected]

Elisabete Almeida
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head de Conteúdo e Comunicação
Verena Carneiro
[email protected]

Head de Conteúdo
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-Assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Danielle Ruas 
Jéssica Chalegra
Julia Fregonese
Marcelo Brandão

Designer
Melissa D’Amelio
Nathalia Parra | Zootz Comunicação

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com autorização da Editora ou com citação da fonte.
Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright,
sendo vedada a reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados
e informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]

SUMÁRIO – Edição 285

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos na era da Inteligência Artificial, dos dados e de um consumidor mais exigente, consciente e impaciente. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo: das decisões, estratégias e inovações.
O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia. Ele quer respeito absoluto pela sua identidade, quer ser ouvido e ter voz.
Acompanhar cada passo dessa evolução é um compromisso da Consumidor Moderno, agora um ecossistema de Customer Experience (CX), com o mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor, inteligência relacional, tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a experiência de modo eficaz, conectando executivos e lideranças.

CAPA:
Rhauan Porfirio | Nathalia Parra


Publisher
Roberto Meir

Diretor-Executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-Executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-Comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Angela Souto
[email protected] 

Daniela Calvo
[email protected]

Elisabete Almeida
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head de Conteúdo e Comunicação
Verena Carneiro
[email protected]

Head de Conteúdo
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-Assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Danielle Ruas 
Jéssica Chalegra
Julia Fregonese
Marcelo Brandão

Designer
Melissa D’Amelio
Nathalia Parra | Zootz Comunicação

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com autorização da Editora ou com citação da fonte.
Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright,
sendo vedada a reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados
e informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]