Pesquisar
Close this search box.
/
/
A mensagem de Richard Branson: a arte de recriar negócios comuns para desconstruir padrões

A mensagem de Richard Branson: a arte de recriar negócios comuns para desconstruir padrões

Um dos empreendedores mais carismáticos da história fala sobre suas motivações e coragem no Money 20/20. Uma lição de audácia e vontade de fazer diferente o que for possível

Nuno Sebastião, chairman e CEO da Feedzai conversou com ninguém menos que o icônico Fundador do Grupo Virgin, Richard Branson no Money 20/20. Um painel com as histórias, aprendizados, ideias e força inovadora de um dos grandes empreendedores da história. Richard Branson é mundialmente conhecido como empreendedor, filantropista e fundador do Grupo Virgin, uma marca global construída por ele, com atuação em diversos segmentos inclusive o financeiro, com o lançamento recente do Virgin Money, um formidável competidor novo para o status quo.

A revista NOVAREJO digital está com conteúdo novo. Acesse agora!

Na conversa, Branson falou sobre novas tecnologias, empreendedorismo e o futuro do dinheiro. “Minha atitude diante da vida é fazer o que for possível para fazer o mundo melhor e atingir o que não foi conseguido antes”, é assim que Branson se define. O superstar corporativo britânico entra no palco após minutos e minutos de música vibrante conduzida por um DJ. O “rocket man” faz jus a fama. Afável, simples, de sorriso aberto e raciocínio veloz, Branson mesmerizou a plateia do Money 20/20 com histórias e inspirações.

Richard é disléxico e um dia, ainda jovem, resolveu criar uma revista que deu a largada para o seu império. Senso de propósito sempre motivou sua jornada. Ele viu situações na vida que o frustraram e o fizeram criar soluções para estes momentos. O CEO conta, rindo, como investidores pediam para que mudasse o nome ultrajante de seus negócios “Virgin”, o que evidentemente não aconteceu. Quem mais poderia lançar uma marca de Cola para bater de frente com Coca e Pepsi, senão uma marca como a Virgin? A moral da história é que ao enfrentar um gigante você precisa se superar, ser muito, muito, muito melhor do que já é.

Branson também é um gênio das relações públicas. Ele consegue atrair a atenção das mídias e engajar plateias e audiências com ideias por vezes extravagantes, como voar em um UFO em uma manhã do melhor fog londrino com transmissão ao vivo de todas as rádios do Reino Unido. Depois de algumas peripécias, o executivo foi preso, mas no fim das contas, não machucou ninguém e tudo acabou bem, além do espantoso retorno de mídia.

Não por acaso essa irreverência, levou Branson a criar negócios disruptivos. “Eu tinha bem menos dinheiro, há pouco mais de 20 anos, 23, 24 anos atrás e fui atrás de um empréstimo. Falei com uma gerente na época e hoje, após esse tempo todo, acabamos de fazer uma fusão do nosso banco com o banco que ela dirige, o que mostra que alguma coisa fizemos direito”, conta ele. Os serviços financeiros oferecidos pela Virgin também forçaram os limites da regulação e incomodaram os bancos tradicionais. E como Richard Branson encara inovações como Open Banking, e Criptomomedas? Para responder a essa pergunta, o CEO não se incomodou em pegar umas anotações para lembrar onde andam investindo. Falou da TransferWise, que segundo ele, é o mecanismo mais inteligente já criado para transforma dinheiro de um país para outro e também em blockchain, como instrumento de segurança.

Fazer produtos e serviços mais acessíveis para os consumidores é uma certeza para o CEO da Virgin. Curiosamente, ele cita seu negócio de viagens espaciais (Virgin Galactic Airways – “mas registramos também Virgin Intergalactic Airways por que somos otimistas”), como uma forma de tornar o espaço acessível para mais e mais pessoas. Ele também que encontrar maneiras de levar a internet para toda a população global, os quase 4 bilhões de pessoas que hoje estão fora da rede. Isso porque Branson acredita que governos em geral não reúnem todas as condições para resolver os principais problemas do mundo. Para ele, grandes companhias precisam encarar problemas globais e se mobilizar e galvanizar lideranças que possam fazer frente a questões como o aquecimento global, a poluição nos oceanos, o flagelo das drogas.

A iniciativa Virgin Unites completou 10 anos, unindo pessoas em centros de empreendimento que possam criar oportunidades para pessoas humildes. Outra iniciativa voltada para o bem comum é a comunidade “The Elders” , para criar oportunidades para o público longevo. Em comum, criar negócios que possam trazer mais bem-estar para as pessoas no planeta. Branson mobiliza recursos para fazer negócios que sejam diferentes, mas que possam fazer dele também um ativista. “Pensar na mudança do mundo começa com um pequeno de grupo de pessoas que pode ser ampliado até promover uma grande mudança”. Essa é a mensagem, as várias mensagens de uma liderança que se especializou em fazer negócios de modo incomum.

Recomendadas

MAIS MATÉRIAS

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]