Pesquisar
Close this search box.
/
/
5 vantagens que o Pix traz para as empresas

5 vantagens que o Pix traz para as empresas

CMO da Transfeera comenta quais pontos são mais vantajosos para as empresas com o uso do Pix

Que o Pix tem ganhado fama entre as pessoas como forma de pagamento e transferências, a maior parte das pessoas já sabe. Agora, a vantagem dessa ferramenta, na verdade, não tem sido apenas para as pessoas físicas. Ela também tem feito muito sucesso para as empresas e pode revolucionar a jornada de compra e venda.

Ainda que haja uma cobrança nas transações, o Pix segue como um meio de pagamento muito vantajoso para as empresas. “Em 2021, os bancos passaram a cobrar taxas de transações quando feitas pelo PIX, com isso, hoje as tarifas já são realidade — e elas vêm evoluindo junto com as novas funcionalidades que o sistema de pagamentos instantâneo apresenta”, explica Fernando Nunes, cofundador e CMO na fintech Transfeera.

Ele destaca, ainda, cinco vantagens que o Pix trouxe para as empresas. Confira:

Assine a nossa newsletter e fique atualizado sobre as principais notícias da experiência do cliente  

O Pix trouxe comodidade

Um dos primeiros passos, destaca o CMO, é a comodidade que as empresas agora possuem com esse novo meio de pagamento, capaz acelerar processos e trazer mais tempo útil a outras operações mais complexas.

“Antes do Pix as transferências levavam um tempo até serem efetuadas com sucesso e, em muitos casos, era preciso se deslocar até o banco. Hoje existe a facilidade de que tudo pode ser realizado através do celular”, pontua Nunes. “Agilidade, eficiência e produtividade são as principais características que o novo modelo de pagamento instantâneo trouxe para as operações financeiras das empresas”.

E por falar em agilidade…

Ser ágil é só uma das vantagens. A diferença real do Pix está mesmo na velocidade com a qual as operações são feitas. “O tempo de cerca de 10 segundos que o valor é enviado e recebido torna o novo tipo de pagamento chamar mais atenção. Velocidade totalmente diferente de boletos bancários, por exemplo, que precisa de até três dias úteis para ter o pagamento reconhecido”, complementa o CMO da Transfeera.

Essa agilidade, vale destacar, tem feito com que as operações com Pix aumentem ano após ano. Segundo o Banco Central, mais de 8 milhões de pessoas jurídicas já realizaram pagamentos via Pix.

Leia mais: Pix e cartão virtual atendem público cada vez mais consciente

Controle do fluxo de caixa e volume de transações

Outro ponto em que o Pix tem ajudado (e muito) as empresas é no controle do fluxo de caixa, para ter mais conhecimento das entradas e saídas financeiras.

“Os empresários conseguem ter um melhor controle do fluxo de caixa, pois, com o extrato, é possível verificar quais valores de fato entraram e quais saíram. Além disso, também proporciona escala no volume de transações, pela comodidade e simplicidade da operação. Isso permite uma melhor organização devido a automação de processos”, argumenta Nunes.

Taxas baixas e retorno financeiro do Pix

Antes do Pix, as taxas de uso de outros meios de pagamento tinham um preço elevado e revertiam pouco valor em comparação ao serviço entregue. Com o Pix, como explica Fernando Nunes, esse cenário se transformou.

“Mesmo com as tarifas, o Pix não deixa de ser viável, pois as vantagens se sobrepõem. Ademais, a taxação é imposta apenas às transações realizadas, dispensando custos extras com aluguéis de maquininhas, por exemplo”, diz ele.

Conheça o Mundo do CX

O fim dos intermediários

Por fim, um último ponto que é destaque para as empresas no uso de Pix é trazer, de uma vez por todas, o fim dos intermediários nas operações bancárias, posto que o contato entre as partes acaba sendo mais próximo.

“O Pix conecta diretamente pagador e recebedor, eliminando intermediários, cortando consideravelmente custos de operação e barateando o valor cobrado do usuário. Vale ressaltar que o setor financeiro está crescendo cada vez mais e se desenvolvendo com novas tecnologias, além dos tradicionais bancos, que oferecem serviços já conhecidos incluindo o Pix, portanto, é imprescindível fazer uma pesquisa a fim de encontrar as melhores tarifas e condições de serviços dessas instituições”, finaliza ele.


+ Notícias

Varejo disruptivo: como o Open Banking e o PIX devem transformar o setor no futuro

Pix parcelado: como funciona e o que muda para o consumidor? 

Recomendadas

MAIS MATÉRIAS

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]