Pesquisar
Close this search box.
/
/
De olho no futuro: tendências digitais e de consumo na América Latina e no Caribe

De olho no futuro: tendências digitais e de consumo na América Latina e no Caribe

O consumidor do futuro é movido por propósito, identidade e ética; confira mais tendências no e-commerce e o que esperar nas relações de consumo

O modo de vida na América Latina e no Caribe está mudando rapidamente. Considerando que o futuro é influenciado por vários fatores – a dinâmica digital, transformações econômicas, a crescente polarização política, movimentos sociais, mudanças climáticas e, claro, a pandemia –, nem sempre é fácil vislumbrar como ele será.

Assine a nossa newsletter e fique por dentro das notícias sobre a experiência do cliente

A Visa tem um compromisso histórico com o design centrado no ser humano, filosofia que respalda nossa abordagem à inovação. Levamos o futuro a sério e sabemos que ele começa com as pessoas.

Quando investigamos o futuro da LAC nos próximos 10 a 20 anos, analisamos o comportamento do consumidor e a inovação que impulsionará e acompanhará essa jornada, e esses insights nos dizem muito sobre quem seremos.

O consumidor do futuro

A confluência de movimentos revolucionários sociais e de gênero está levando a uma geração de pessoas movidas por propósito, identidade e ética.

Até 2030, quase 60% de nossa força de trabalho será composta por millenials e indivíduos da geração Z, uma geração combinada que aceita muito mais tranquilamente identidades fluidas e flexibilidade de modo geral. Para esses nativos digitais, a conectividade é parte de seu jeito de trabalhar, se divertir e consumir. Eles esperam que suas experiências sejam perfeitamente integradas, algo que a plataformas digitais continuarão proporcionando.

Assine a nossa newsletter e fique por dentro das notícias sobre a experiência do cliente

A economia gig continuará crescendo, acelerada pelo ponto de prova apresentado ao mundo pela covid-19: com as ferramentas digitais certas, praticamente qualquer um pode trabalhar de qualquer lugar. Essas gerações esperam comprar da mesma maneira. Ou seja, como e onde quiserem.

Os millenials e geração Z continuarão insistindo nessa flexibilidade, e as empresas e os inovadores se adaptarão a essa tendência. Isso já está acontecendo, a julgar pela profusão de formas de colaboração, acesso a plataformas virtuais de aprendizagem inéditas e o crescimento de 37% no e-commerce da região provocado pela pandemia no ano passado – e essa tendência só deve crescer.

Como ficam o dinheiro e os pagamentos

Os pagamentos em dinheiro ainda predominam nos mercados da América Latina e do Caribe. Isso acontece principalmente porque grande parte da população e dos comerciantes de menor porte da região não têm acesso a ferramentas bancárias e de pagamento.

No entanto, nossa experiência financeira toda está evoluindo.

Leia mais: 12 tendências que podem reinventar o consumo em 2021

A popularização das carteiras digitais e das criptomoedas e a necessidade de consumir via comércio eletrônico durante a pandemia criaram uma rota clara para um ecossistema de troca de valor invisível e digital. Os governos da região estão reconhecendo que esta é a onda do futuro e vários Bancos Centrais da LAC já anunciaram que vão explorar o CBDCs, ou moedas digitais emitidas por um Banco Central.

Romina Seltzer, head de Soluções para a Visa América Latina e Caribe

Alguns países até já lançaram pilotos, entre os quais, Brasil e Bahamas. Essa migração para pagamentos digitais de todos os tipos permite que o dinheiro venha acompanhado de informações e ofereça uma nova camada de valor personalizado aos consumidores, impulsionada simplesmente pela forma como eles escolhem pagar.

Nossa forma de comprar foi fundamentalmente alterada. Com o aumento nas vendas P2P, 30% dos consumidores atualmente afirmam que fariam compras por meio da mídia social. De plataformas de consumo puramente digitais a tendências de produtos personalizados produzidos sob demanda, simplesmente não há como prescindir de soluções de pagamento digital.

O sucesso dos novos modelos de varejo também depende de uma experiência de cliente fluida no checkout. Para concorrerem, as plataformas precisarão oferecer opções que reduzem a fricção, como pagamentos móveis e por aproximação, pagamentos com um clique, renovação automática de assinaturas, carteiras digitais e outras soluções de pagamento convenientes. Segundo o Futurist Group Study, quase 40% dos consumidores já consideram a ausência de contato uma funcionalidade básica dos pagamentos.

Assine a nossa newsletter e fique por dentro das notícias sobre a experiência do cliente

Como líder em pagamento por aproximação, a Visa foi pioneira na habilitação dessas soluções de pagamento inovadoras em toda a América Latina e o Caribe – de pagamentos P2P a carteiras eletrônicas, passando por opções bancárias inovadoras criadas para melhor atender a população com pouco ou nenhum acesso a serviços bancários e mais. Estamos olhando para frente.

Tecnologia e dados moldarão o futuro das cidades,
do bem-estar e das viagens

Ficção científica à parte, tecnologia e dados parecem uma dupla natural no dia a dia do futuro que enxergamos, onde humanos conectados que fazem questão de flexibilidade podem pagar de várias formas inovadoras.

Tecnologia e dados estarão presentes em nosso cotidiano de uma forma inédita, desde o boom de cidades inteligentes que veremos nos próximos anos até os jogos ativistas – com pessoas trabalhando em harmonia com inteligência artificial e Internet das Coisas (IoT) para expandir e enriquecer a própria vida.

Já vemos sinais claros disso no fenômeno dos jogos no metaverso, onde realidade virtual e pagamentos integrados se combinam, envolvendo crianças e adultos. Ou na telemedicina, com dispositivos que funcionam como monitores pessoais de saúde e aplicativos de saúde mental.

Leia mais: Telemedicina impulsiona transformações

Até as viagens serão repensadas, pois precisam se adequar à ética e à justiça ambiental exigidas por essas gerações enquanto brincam com o escapismo por meio de experiências imersivas e estimulantes aprimoradas por tecnologia.

 

Assine a nossa newsletter e fique por dentro das notícias sobre a experiência do cliente

A missão da Visa é ser a melhor forma de pagar e ser pago em todos os lugares – agora e no futuro. Para ver o futuro, não é preciso ter uma bola de cristal e, sim, estar comprometido em entender as pessoas e suas motivações e saber usar a tecnologia, os dados e os pagamentos para prever e atender aos interesses delas. Mas nunca é demais enfatizar que, no futuro, as soluções vitoriosas serão as que criarem as experiências de usuário mais convenientes, seguras, ágeis e confiáveis para quem paga e para quem recebe.

*Romina Seltzer, head de Soluções para a Visa América Latina e Caribe.


+ Notícias

Fintechs são as queridinhas pelos millennials: a nova geração quer ir além das transações financeiras

Como os hábitos de consumo mudaram durante a pandemia

Recomendadas

MAIS MATÉRIAS

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]