Pesquisar
Close this search box.
/
/
Seis passos provados cientificamente para parar de fumar

Seis passos provados cientificamente para parar de fumar

Doenças ligadas ao tabagismo matam cerca de seis milhões de pessoas por ano no mundo. Apesar disso, o número de fumantes no Brasil caiu em 20%

Para ajudar aos que estão tentando se livrar do vício, cientistas pesquisaram os métodos que realmente podem funcionar, especialmente após estudos apontarem que 90% das pessoas que tentam parar voltarão a fumar apesar de seus esforços.

Veja algumas opções cientificamente comprovadas e reunidas pela CNN.com:
 
Incentivos financeiros
Os benefícios econômicos que se tem ao parar de fumar são um bom argumento ? especialmente se envolverem a perda do próprio dinheiro.  Um novo estudo do New England Journal of Medicine mostra alguns resultados promissores. A avaliação de mais de 2.500 pessoas inscritas noprograma CVS Caremark constatou que as pessoas que tiveram um incentivo financeiro para parar tiveram sucesso notável, pelo menos após 12 meses de tentativas.

Leia também: Dia Mundial Sem Tabaco: fumantes lamentam o primeiro cigarro

O programa mais bem sucedido consistia em um depósito inicial de 150 dólares. A pessoa que receberia esse valor mais 650 dólares se conseguisse se abster  de fumar com sucesso. Os participantes também recebiam incentivos para parar de fumar, acesso a um programa de aconselhamento gratuito e terapia de reposição de nicotina com chicletes ou adesivos. Dessas pessoas, 52,3% pararam de fumar.

O próximo grupo a parar, recebeu um incentivo de 800 dólares (sem precisar de depósito prévio) e outros recursos. Apenas 17,1% conseguiram largar o vício com esse pagamento maior, mas sem potencial de perder dinheiro.
 
Sem ajuda externa
Apenas os mais disciplinados conseguem parar sem qualquer ajuda. Estudos mostram que apenas de 4% a 7% podem fazê-lo sem qualquer ajuda adicional.
Se você quiser tentar este método, o que funciona melhor é estar preparado mentalmente, dizem os especialistas, e realmente se comprometer com ele. Além disso, prepare-se para os sintomas da abstinência.

A equipe do Quit Smoking Community.org sugere que você beba água quando a ânsia começar. Distraia-se com outra coisa. Talvez  uma caminhada ou uma conversa com alguém. Tente respirar profunda e lentamente e pensar que isso vai passar. Vai ser difícil, mas passará.

Uma outra coisa que pode ajudar é pedir apoio. Fale para seus amigos e família que você está tentando parar. Eles podem ajudar no policiamento.

O amor também pode ajudar , de acordo com um estudo recente da revista JAMA Internal Medicine. Menos de metade dos homens no estudo foram bem sucedidos em sua tentativa de parar se a sua parceira também parasse de fumar, em comparação aos 8% de sucesso se o seu parceiro não parou. Da mesma forma, metade das mulheres param se os seus parceiros masculinos também parar de fumar. Pressão positiva parece ajudar.
 
Terapia de reposição de nicotina
Inaladores, sprays nasais, pastilhas, gomas e adesivos  que liberam nicotina lentamente são feitos para ajudar os fumantes a superar os desejos e sintomas de abstinência iniciais. E eles parecem ajudar.

Uma resenha da literatura científica que analisou mais de 150 testes diferentes deste tipo de produto (responsável por mais de 50.000 pessoas) mostrou que a probabilidade de que alguém parar enquanto fazia uso desses métodos aumentou em 50-70%. Nenhum método parecia funcionar melhor que o outro, nem estes dispositivos funcionam melhor (ou pior) com aconselhamento.

No entanto, a pesquisa aponta que fumantes de uso mais intensivo podem precisar de maior quantidade que fumantes ocasionais. Pessoas que usam essas terapias em combinação com o antidepressivo bupropiona também têm resultados positivos.
 
Medicação controlada
Converse com seu médico, mas existem alguns medicamentos que parecem ajudar bastante, especialmente se associado a alguma terapia de reposição de nicotina. Além de drogas como a bupropiona, existem outras que alvejam os receptores de nicotina no cérebro. Isso significa que você não obter o máximo de prazer de fumar e isso reduz sua sensação de abstinência.

 
Cigarro eletrônico
Esse ainda é um método controverso. Em 2014, um estudo na revista científica britânica Lancetfound com  657 pessoas que tentavam parar ao longo de um período de seis meses, mostrou que o cigarro eletrônico ajudou cerca de 7,3% a isso. Mais do que o 5,8% das pessoas no estudo que utilizaram adesivos de nicotina. O que mais se destacou para os autores do estudo foi que tão poucas as pessoas foram bem sucedidos usando qualquer método. Eles concluíram que mais pesquisas são urgentemente necessárias.

Leia também: Fumante perde 20% do tempo de trabalho com o cigarro

Outro grupo que apresentou sua pesquisa na Conferência da Sociedade Americana Torácica constatou que enquanto algumas pessoas que param usando cigarros eletrônicos em vez de cigarros normais, não necessariamente param de vez. Numa avaliação com mais de mil pessoas que queriam sair do vício, os autores descobriram que aqueles que tinham mais sucesso usavam cigarros eletrônicos em um curto prazo utilizados, mas este efeito não foi observado em follow ups  nos próximos três ou seis meses.
 
O mais importante
Parar de fumar é um dos maus hábitos mais difíceis de se deixar. A American Cancer Society alerta que programas de abandono do vício em tabaco, como quaisquer outros programas que tratam vícios, apresentam taxas de sucesso muito baixas, mas isso não significa que elas não sejam válidas ou que devam ser desencorajadas.

Mas se você conseguir parar, isso diminuirá drasticamente suas chances de ter câncer de pulmão e muitos outros tipos de câncer. Reduz o risco de doenças cardíacas e infarto, além de outros problemas de pulmão. Fumar envelhece a pele e estudos mostram que o número de pessoas que não namorariam fumantes aumenta consideravelmente.

Recomendadas

MAIS MATÉRIAS

SUMÁRIO – Edição 285

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos na era da Inteligência Artificial, dos dados e de um consumidor mais exigente, consciente e impaciente. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo: das decisões, estratégias e inovações.
O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia. Ele quer respeito absoluto pela sua identidade, quer ser ouvido e ter voz.
Acompanhar cada passo dessa evolução é um compromisso da Consumidor Moderno, agora um ecossistema de Customer Experience (CX), com o mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor, inteligência relacional, tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a experiência de modo eficaz, conectando executivos e lideranças.

CAPA:
Rhauan Porfirio | Nathalia Parra


Publisher
Roberto Meir

Diretor-Executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-Executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-Comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Angela Souto
[email protected] 

Daniela Calvo
[email protected]

Elisabete Almeida
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head de Conteúdo e Comunicação
Verena Carneiro
[email protected]

Head de Conteúdo
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-Assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Danielle Ruas 
Jéssica Chalegra
Julia Fregonese
Marcelo Brandão

Designer
Melissa D’Amelio
Nathalia Parra | Zootz Comunicação

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com autorização da Editora ou com citação da fonte.
Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright,
sendo vedada a reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados
e informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]

SUMÁRIO – Edição 285

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos na era da Inteligência Artificial, dos dados e de um consumidor mais exigente, consciente e impaciente. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo: das decisões, estratégias e inovações.
O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia. Ele quer respeito absoluto pela sua identidade, quer ser ouvido e ter voz.
Acompanhar cada passo dessa evolução é um compromisso da Consumidor Moderno, agora um ecossistema de Customer Experience (CX), com o mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor, inteligência relacional, tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a experiência de modo eficaz, conectando executivos e lideranças.

CAPA:
Rhauan Porfirio | Nathalia Parra


Publisher
Roberto Meir

Diretor-Executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-Executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-Comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Angela Souto
[email protected] 

Daniela Calvo
[email protected]

Elisabete Almeida
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head de Conteúdo e Comunicação
Verena Carneiro
[email protected]

Head de Conteúdo
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-Assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Danielle Ruas 
Jéssica Chalegra
Julia Fregonese
Marcelo Brandão

Designer
Melissa D’Amelio
Nathalia Parra | Zootz Comunicação

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com autorização da Editora ou com citação da fonte.
Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright,
sendo vedada a reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados
e informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]