Pesquisar
Close this search box.
/
/
E você? O que publicou em seu LinkedIn hoje?

E você? O que publicou em seu LinkedIn hoje?

“Você tem que estar constantemente se reinventando e investindo no futuro”, diz Reid Hoffman, co-fundador do LinkedIn

A evolução das redes sociais trouxe uma mudança direta na forma como nos relacionamos, na linguagem que utilizamos e no limite como compreendemos a vida. Esse movimento social digital caracteriza-se como um marco legítimo de transformação nas diferentes esferas sociais, do pessoal ao profissional.

Quando se trata de gerar conexões profissionais e negócios, o LinkedIn é a maior rede social corporativa do mundo. A plataforma conta com mais de 660 milhões de usuários em todo o mundo, sendo que são mais de 40 milhões de brasileiros conectados. O Brasil é o quarto maior país da plataforma, superado apenas por Estados Unidos (onde nasceu), China e Índia (com seus bilhões de habitantes). A média é de 100 mil novos perfis criados por semana.

Estamos falando de um vasto universo de relações e grandes possibilidades. Um ambiente de exposição de marcas – as corporativas e as pessoais – e, consequentemente, um espaço de negócios. Terra fértil! Uma verdadeira vitrine para ver e ser visto. Mas também para aprender e expor um pensamento. E não são apenas assuntos pertinentes à própria companhia que trazem engajamento. Líderes, pensadores e empreendedores usam o espaço cada vez mais para estar na vanguarda das conversas de negócios, carreira e empreendedorismo social.

Recentemente a plataforma publicou sua quarta lista anual das Top Voices 2020, que destaca os 25 profissionais brasileiros que estão iniciando conversas relevantes e ajudando a comunidade a atravessar as constantes mudanças no mundo do trabalho, assim como em setores específicos, com dicas para melhorar currículos, organizar home offices e encontrar o equilíbrio entre a vida pessoal e profissional.

O que importa

Mas, o que todo esse movimento em relação a essa Rede Social Profissional nos mostra?

Em primeiro lugar destaco a importância de estarmos interligados por afinidade e participar de diálogos relevantes e construtivos. Pode parecer óbvio, mas quanto do seu tempo você utiliza para “ser uma vitrine” fazendo posts para promover a si mesmo ao invés de se dedicar a dar e receber algum tipo de ajuda? Seja colaborando com um comentário ou compartilhando um post de alguém da sua rede?

O estímulo à prática da empatia está evidente no posicionamento da plataforma. Experimente observar que enquanto para alguns o “ser visto” é suficiente, e para isso utilizam as métricas quantitativas de likes, para os vanguardistas o participar de diálogos, expor pensamentos e trazer contribuições socialmente relevantes é o mais valorizado tanto pela marca LinkedIn quanto pela maioria dos usuários da plataforma.

Não existe mágica!

“Suas contribuições são relevantes, promovem o diálogo e tratam de assuntos em alta? A pessoa busca dar e receber ajuda, sem promover a si mesma? O conteúdo reflete o mundo em que trabalhamos e vivemos hoje?”

Esses são os principais critérios qualitativos para se tonar um Top Voice no LinkedIn.

Para materializar meu ponto de vista, chamo a atenção para alguns agentes da plataforma que compõe a lista do Top Voices de 2020.

  • Mauro Wainstock: é CEO da consultoria de diversidade etária HUB40+. Ao longo do ano, Mauro repercutiu notícias sobre os benefícios da inclusão de profissionais sênior nas empresas e ajudou a divulgar processos seletivos com ênfase em diversidade. Sempre com foco na inclusão etária, ele também costuma dar dicas de empreendedorismo após os 40 anos e discute políticas como o estabelecimento de uma idade para a aposentadoria compulsória nas empresas.
  • Silvio Batista: cofundador da Pet Luni. Silvio é CEO de um e-commerce voltado ao mercado pet e costuma compartilhar seus aprendizados sobre esforço, sucesso e protagonismo. A partir de sua experiência como empreendedor, ele propõe novas formas de enxergar os problemas e dá conselhos para transformar decepções em estímulos para crescer na carreira.
  • Adriana Barbosa: criou a  maior feira de cultura negra da América Latina – a Feira Preta. Já são 19 anos debatendo sobre as dores e dificuldades dos empreendedores negros no Brasil. Em setembro deste ano inaugurou a “Casa PretaHub”, um espaço de criação digital para afroemporeendedores.

Marketing no LinkedIn

E para complementar o olhar do que tem sido relevante na plataforma, o que os mais importantes CMOs (Chief Marketing Officer) andam falando no LinkedIn?

Patrícia Borges, Chief Marketing Officer da L’Oreal, tem trazido, com certa frequência, discussões sobre a transformação digital nas empresas e o impacto desse processo de forma integral na jornada do cliente. “Logo no início da pandemia, bem no auge precisarmos nos reinventar e repensar nossas estratégias, sentimos a necessidade de olhar pra fora e trocar experiências.”

Destaco também o posicionamento de Alvaro Garcia, Chief Marketing Officer da Mondelez Brasil, que chama a atenção para o processo de humanização do marketing, a genuína compreensão da nova jornada do consumidor e a importância da inovação em marcas tão conhecidas e queridas. “As pessoas têm relação emocional com as nossas marcas, precisamos garantir que elas evoluam sem perder a essência. Inovação e tradição tem que andar lado a lado.” Um Muito Obrigada especial ao Alvaro, meu gestor, pela inspiração!

Daniela Cachich, vice-presidente de marketing da PepsiCo, de forma constante, chama a atenção para temas ligados a diversidade como um diferencial para o negócio. “Em uma sociedade digitalizada, cada pessoa deve ser tratada como ela é, única, e a partir de sua identidade ter acesso ao que quiser, sem ter de ficar provando quem é a todo momento”, diz em uma publicação.

E vou chamar a atenção para mais um executivo que também me desperta reflexões. Igor Puga, CMO do Santander, que publica seus artigos e nos convida a navegar por um universo de pensamentos disruptivos, opiniões conceitualmente muito bem fundamentadas e questionamentos sociais altamente relevantes. “Precisamos de um pacto imbuído de emocionar, mas com o compromisso de zelar pela transparência.”

É claro que tenho mais alguns nomes de profissionais os quais admiro muito, acompanho e aprendo continuamente. E a todos eles que me aceitaram em suas redes, desde já meu muito obrigada!

Mas antes de finalizar te pergunto: por que você imagina que me dediquei a escrever sobre esse tema agora ao final de um ano atípico e sem precedentes? O networking, em tempos de desemprego nunca esteve tão valorizado e se torna obrigatório o uso da plataforma em meio à pandemia.

Agora, eu te pergunto, como você está fazendo uso do LinkedIn? Se voltarmos bem rapidinho aos temas-chave do Top Voices e o que andam falando os CMOs, podemos sim enxergar novas direções, ampliar nossas experiências e relações.

Mas, o que de fato aprendemos com eles é que se buscamos relevância na maior plataforma profissional de todos os tempos, precisaremos atuar menos “para ser vistos” e agir mais como “contribuidores empáticos”, dedicando nosso tempo em ajudar e não apenas colecionarmos likes.

Te desejo boa sorte e nos vemos lá no LinkedIn!


+ Notícias 

Habilidade e comportamentos dos líderes do futuro já são o presente 

A nova era da assistência: o ressignificar da conveniência 

Recomendadas

MAIS MATÉRIAS

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]