Pesquisar
Close this search box.
/
/
Profissões do futuro: confira as 10 áreas mais promissoras no setor tecnológico

Profissões do futuro: confira as 10 áreas mais promissoras no setor tecnológico

Com altos salários e uma supervalorização no Brasil, setor tecnológico vira berço para profissões do futuro e promete revolucionar o mercado de trabalho

O que vem a sua mente quando o assunto é “profissões do futuro”? Se você respondeu algo relacionado a área de tecnologia, saiba que está no caminho certo. Este segmento vem crescendo ano a ano e, mesmo em meio a pandemia, sofreu uma alta surpreendente no quesito contratações e se tornou um dos ramos mais visados atualmente.

Segundo uma estimativa feita pela Brasscom (Associação das Empresas de Tecnologia da Informação e Comunicação), entre os anos de 2019 a 2024 o Brasil necessitará de aproximadamente 420 mil novos especialistas no setor de tecnologia, o que corrobora para a confirmação dos dados divulgados no último ano pela Associação Catarinense de Tecnologia (ACATE) em conjunto com a Neoway.

Isso porque, segundo o estudo realizado por estas instituições, foram fundadas 85.000 novas empresas de tecnologia somente em 2020, o que equivale a um aumento de 25,1% se comparado ao ano anterior.

Ainda segundo a pesquisa, no primeiro ano de pandemia este segmento obteve um faturamento de 426,9 bilhões de reais se somadas as rendas dos mais de 420 mil negócios contabilizados naquele período, o que equivale a quase 6% do PIB nacional.

Muita coisa, né? O alto desempenho da área desde o início da crise sanitária pode estar atrelado a emergência mundial em adaptar diferentes negócios para o meio digital, por conta do isolamento social e das medidas de restrição.

Com tamanha importância para o universo globalizado, listamos as 10 profissões do futuro que estão intrinsecamente associadas ao ambiente tecnológico e que prometem guiar os próximos passos do universo corporativo com base em dois estudos, um elaborado pela Universidade Anhanguera e o outro produzido e divulgado pelo Fórum Econômico Mundial de Davos através de um relatório chamado Jobs of Tomorrow: Mapping Opportunity in the New Economy.

Assine a nossa newsletter e fique atualizado sobre as principais notícias da experiência do cliente

As 10 profissões do futuro no setor tecnológico

1. Analista de Big Data

Responsável por analisar, de forma quanti e qualitativa, os dados disponibilizados pela empresa, o analista de Big Data tem a missão de auxiliar na tomada de decisões importantes, já que transforma dados desconexos e confusos em informações valiosas para o sucesso do negócio. Vale lembrar que o analista de dados é graduado em sistemas de informação ou informática e tem a capacidade de produzir consultas de bancos de dados com tecnologias baseadas em SQL.

2. Cientista de dados

Relativamente nova no mercado, a profissão de cientista de dados é voltada para a coleta, o gerenciamento e a interpretação de dados. Tal atividade, a propósito, exige um amplo conhecimento em setores como o de inteligência artificial, estatística e programação e é essencial para o desenvolvimento de redes sociais, aplicativos e campanhas publicitárias, uma vez que possibilita a investigação das rotinas dos clientes e, consequentemente, o planejamento de estratégias para o negócio.

3. Analista de Machine Learning

Ensinar as máquinas a pensarem como humanos: essa é a função do analista de Machine Learning. Apesar de parecer cena de filme futurista, com o avanço da inteligência artificial, tal trabalho vem sendo cada vez mais requisitado por gigantes como a Netflix, que necessitam de profissionais que criem cálculos para simular a tomada de decisões da mente humana. É assim que ocorre a magia de recebermos uma indicação de série que nunca vimos mas que tem tudo a ver com nossas preferências!

Conheça o Mundo do CX

4. Especialista de telemedicina

Por conta da pandemia, a tecnologia tem se destacado muito na área da saúde e promovido verdadeiras revoluções neste setor. Não é à toa que despontou, com força total, uma nova profissão que unifica os dois campos do saber: o especialista de telemedicina. Responsável por monitorar, de forma virtual, os pacientes, este profissional se vale da inteligência artificial para realizar diversos procedimentos, como consultas, diagnósticos e até mesmo cirurgias, através de um robô manipulado por médicos habilitados.

5. Advogado 4.0

Agora, com o avanço da tecnologia e a popularização da internet, há uma série de novos crimes no ambiente online que não são completamente discutidos pela legislação e demandam a atuação de profissionais dedicados a esta nova jurisdição: o advogado 4.0, que além da formação tradicional, se especializam na área tecnológica e auxiliam na formulação de leis mais amplas e seguras.

6. Desenvolvedor em JavaScript

Como o próprio nome diz, este profissional desenvolve e implanta sistemas em JavaScript, uma conhecida linguagem de programação que possui suporte em todas as páginas e navegadores da web e é usada com frequência para a elaboração de sites e portais para empresas.

7. Designer de experiência do usuário

A experiência do usuário nunca foi tão valorizada como agora, já que a digitalização dos negócios e o aumento da concorrência tem obrigado as empresas a investirem não só na qualidade dos produtos, como também nas experiências que tais mercadorias/serviços trazem. Por isso, muitas marcas têm apostado na contratação do designer de UX, responsável por analisar os aplicativos e sites desenvolvidos pelas empresas e, logo em seguida, apontar melhorias que facilitem o acesso e a compreensão do público-alvo.

8. Storyteller

Com o avanço do metaverso e a fusão do mundo físico com o digital, há o surgimento de um novo profissional que pode atuar neste campo, o storyteller. Apto a produzir roteiros de entretenimento que emocionam e atraem as pessoas para este novo universo, este profissional promove experiências imersivas e ajuda na popularização das marcas na web 4.0.

Leia mais: Web 3.0: ameaça ou aliada? Você está preparado para as mudanças que estão por vir?

9. Designer gráfico

Ainda falando sobre o metaverso, o designer gráfico tem tudo para aumentar o seu campo de atuação e chegar nos ambientes imersivos. Isso porque as esferas que conectam os dois mundos exigem a elaboração de interfaces gráficas criativas e realistas que auxiliem na experiência dos usuários.

10. Data Protection Officer (DPO)

Por fim, chega-se à última profissão do futuro da lista, também conhecida como Data Protection Officer. Focado na implementação e na cibersegurança da empresa, o DPO se pauta na Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD) para manter seguras as informações sigilosas da marca e de seus clientes.

Assine a nossa newsletter e fique atualizado sobre as principais notícias da experiência do cliente


+ Notícias

Tecnologias disruptivas e descentralização marcam futuro dos serviços financeiros

Tecnologia no recrutamento e seleção: como os bots têm otimizado os processos 

Recomendadas

MAIS MATÉRIAS

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]