Pesquisar
Close this search box.
/
/
Os ensinamentos da pandemia sobre as questões ambientais

Os ensinamentos da pandemia sobre as questões ambientais

Em artigo publicado na Fast Company, Bill Gates lista ações que devem ser tomadas por parte de grandes nações e empresas sobre o clima

A pandemia do novo coronavírus trouxe transformações importantes no comportamento do mundo como um todo, bem como impactos que ainda não foram dimensionados. O fato é que há uma mudança tanto no pensamento do consumidor, que se torna cada vez mais consciente, quanto na preocupação das empresas com questões de ESG (meio ambiente, sociedade e governança). A preocupação com as questões ambientais cresceu — e muito.

Os efeitos do isolamento social e a redução de circulação deixaram a necessidade de dar atenção ao tema mais evidente. Na Itália, a ausência do turismo fez com que as águas do canal de Veneza voltassem a ser cristalinas. Na China, a paralisação das indústrias gerou uma diminuição recorde nos níveis de poluição do ar.

Ainda que o vírus tenha mostrado de forma mais ágil o impacto da ação humana no meio ambiente, é fato que ainda há muito a ser feito. E muito foi aprendido durante esse período. Bill Gates abordou esses aprendizados em artigo publicado na Fast Company, referência em business. Na visão do magnata, os países já estão se reorganizando para reduzir o impacto das indústrias e demais interferências no planeta, mas falta união e cooperação, sobretudo entre os setores econômicos e tecnológicos.

Abaixo, separamos as principais ações destacadas por Gates para os líderes de grandes corporações colocarem em prática nos próximos anos, visando a manutenção e recuperação do meio ambiente. Confira:

Cooperação internacional

Bill Gates destaca que o bom e velho clichê de “temos que aprender a trabalhar juntos” não pode mais ser ignorado ou posto de lado em decorrência de desentendimentos. Afinal, o planeta é um só e as ações feitas nele geram impacto para todos.

“Quando instituições governamentais, pesquisadores e companhias farmacêuticas trabalharam juntas contra a Covid-19, o mundo fez um notável progresso — o que pode ser visto na produção e testagem das vacinas em tempo recorde. Quando não aprendemos uns com os outros e demonizamos demais países ou nos recusamos a aceitar que as máscaras e o distanciamento social diminuem a rapidez com que o vírus se propaga, estendemos a miséria”, comenta no artigo.

Combater as mudanças climáticas é dever de todos

No artigo, Bill Gates destaca que o combate das más ações sobre o clima não pode ser apenas isolado, precisa ser feito em conjunto: “Se os países mais ricos se importarem só em diminuir o próprio número de emissão de gás carbônico, por exemplo, e não considerarem que as tecnologias limpas precisam ser práticas e acessíveis para todos, nunca chegaremos à emissão zero”, destaca.

Para ele, democratizar tecnologias sustentáveis é um dos passos mais importantes para que a revitalização climática atinja um nível mundial. “Nós todos temos razões para atingir a emissão zero de carbono e ajudar os outros a fazerem isso também. As temperaturas não vão parar de subir no Texas se não houver redução nos gases emitidos pela Índia.”

É necessário ouvir e incentivar a ciência

“Na pandemia precisamos deixar que a ciência — na verdade, os mais diversos tipos de ciência — guiasse os nossos esforços. Procuramos por biologistas, virologistas e farmacologia, assim como por ciência política e econômica”, ressalta Gates.

Nesse sentido, ele destaca que a ação para reduzir os poluentes deve ser vista com vários setores em conjunto e não apenas como função única dos órgãos relacionados ao meio ambiente. “Assim como os epidemiologistas nos alertam sobre os riscos da Covid-19, mas não dizem como acabar a pandemia, a ciência ambiental nos diz que precisamos mudar o curso, mas não nos diz como. Para isso, precisamos da ação de engenheiros, físicos, cientistas ambientais, economistas e outros mais”, alerta.

Caminhos para chegar à emissão zero de poluentes

Segundo Gates, ainda há um caminho longo a ser percorrido para que a emissão de poluentes chegue a zero e deixe de interferir nocivamente no meio ambiente. Até que isso aconteça, é preciso pensar nas pessoas. “A população dos países mais pobres precisará de ajuda para se adaptar a um mundo mais quente”, diz.

O magnata também chama atenção para a questão dos empregos: “Os países mais ricos também terão que reconhecer que essa transição de energia sustentável será prejudicial para as comunidades que dependem dos sistemas de energia de hoje: lugares onde a mineração de carvão é a principal indústria, onde o cimento é feito, o aço é fundido ou os carros são fabricados. Uma parte significativa da economia da classe trabalhadora será afetada e deve haver um plano de transição em vigor para essas comunidades”, conclui.


+ Notícias 

Pesquisa mostra aumento do interesse por preservação do meio ambiente 

A sustentabilidade é uma questão de sobrevivência 

Recomendadas

MAIS MATÉRIAS

SUMÁRIO – Edição 284

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos na era da Inteligência Artificial, dos dados e de um consumidor mais exigente, consciente e impaciente. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo: das decisões, estratégias e inovações.
O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia. Ele quer respeito absoluto pela sua identidade, quer ser ouvido e ter voz.
Acompanhar cada passo dessa evolução é um compromisso da Consumidor Moderno, agora um ecossistema de Customer Experience (CX), com o mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor, inteligência relacional, tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a experiência de modo eficaz, conectando executivos e lideranças.

CAPA:
YUCA | Estúdio Criativo

ILUSTRAÇÃO:
Midjorney


Publisher
Roberto Meir

Diretor-Executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-Executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-Comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Elisabete Almeida
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

Fabiana Hanna
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head de Conteúdo e Comunicação
Verena Carneiro
[email protected]

Head de Conteúdo
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-Assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Danielle Ruas 
Jéssica Chalegra
Julia Fregonese
Marcelo Brandão

Designer
Melissa D’Amelio
YUCA | Estúdio Criativo

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Líder de Marketing Integrado 
Suemary Fernandes 
[email protected]

Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com autorização da Editora ou com citação da fonte.
Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright,
sendo vedada a reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados
e informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]

SUMÁRIO – Edição 284

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos na era da Inteligência Artificial, dos dados e de um consumidor mais exigente, consciente e impaciente. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo: das decisões, estratégias e inovações.
O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia. Ele quer respeito absoluto pela sua identidade, quer ser ouvido e ter voz.
Acompanhar cada passo dessa evolução é um compromisso da Consumidor Moderno, agora um ecossistema de Customer Experience (CX), com o mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor, inteligência relacional, tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a experiência de modo eficaz, conectando executivos e lideranças.

CAPA:
YUCA | Estúdio Criativo

ILUSTRAÇÃO:
Midjorney


Publisher
Roberto Meir

Diretor-Executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-Executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-Comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Elisabete Almeida
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

Fabiana Hanna
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head de Conteúdo e Comunicação
Verena Carneiro
[email protected]

Head de Conteúdo
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-Assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Danielle Ruas 
Jéssica Chalegra
Julia Fregonese
Marcelo Brandão

Designer
Melissa D’Amelio
YUCA | Estúdio Criativo

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Líder de Marketing Integrado 
Suemary Fernandes 
[email protected]

Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com autorização da Editora ou com citação da fonte.
Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright,
sendo vedada a reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados
e informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]