Pesquisar
Close this search box.

Negócios

R$ 92 bilhões É a expectativa de faturamento dos supermercados de São Paulo em 2014. Um aumento de 15,1% em relação a 2013. A expansão das lojas deve saltar de 16,2 mil para 17 mil R$ 827 bilhões É quanto o interior do Brasil consome por ano. De cada R$ 10 gastos no País, R$ 4 são fora das capitais e regiões metropolitanas. São 4,6 mil municípios que reúnem 94,3 milhões de habitantes

Em solo nacional

Os restaurantes Red Lobster, de frutos do mar, e Oliver Garden, de cozinha italiana, inauguraram suas primeiras lojas no Brasil, localizadas no Terminal 3 do Aeroporto de Guarulhos. A responsável pelo negócio é a International Meal Company (IMC), que fez um acordo com a Darden Restaurants, até então dona das redes. O principal foco de expansão da rede será em aeroportos; shopping centers estão sendo estudados. A Red Lobster tem 706 unidades nas seguintes regiões: Estados Unidos, Canadá, México, Japão e Oriente Médio e faturamento anual de US$ 2,7 bilhões. Olive Garden possui mais de 800 unidades.

Expansão

De olho nesse potencial de consumo, a Megamatte, focada em alimentação rápida e saudável, planeja abrir 25 novas lojas até o final do ano no interior de São Paulo e no Centro-Oeste, começando por Goiânia e Brasília, e planeja sua entrada no Nordeste. A rede aposta em franquias em instituições de ensino (já são quatro até o momento) e em microfranquias e conta com 109 unidades localizadas nos Estados do Rio de Janeiro, de São Paulo, de Minas Gerais e do Paraná.

Parceria na rede

O Walmart.com anunciou parceria com a Saraiva para comercializar cerca de 1,5 milhão de produtos que integram o acervo de livros, CDs, DVDs e itens de papelaria da Saraiva. Com o acordo, toda a experiência de compra e serviço dos consumidores será realizada dentro da loja do Walmart. com; já a disponibilidade dos produtos e o processo logístico serão de responsabilidade da Saraiva. Com a parceria, o Walmart. com aumentou em 20 vezes o número de itens do seu portfólio.

Resultados

R$198,7 milhões foi o valor de ativos vendidos pela BR Malls no primeiro trimestre de 2014 As vendas fazem parte da estratégia da empresa de desfazer de negócios em que não possuem participação majoritária. No período, a BR Malls se desfez das participações no Shopping Metrô Tatuapé, Shopping Pátio Belém, Big Shopping e Ilha Plaza Shopping. As vendas totalizaram 16.600 metros quadrados de Área Bruta Locável (ABL). No primeiro trimestre, a companhia alcançou o lucro líquido de R$ 53 milhões, apresentando queda de 9,5% em relação a 2012. A receita líquida teve alta de 11,2%, chegando a R$ 322 milhões.

Novos formatos

A francesa Fnac inaugurou sua 12ª loja no Brasil, no Aeroporto de Guarulhos, com um novo formato de loja, de 132 metros quadrados. Até então a rede contava apenas com megastores, de três mil metros quadrados. A expansão por meio de lojas menores é o novo foco da empresa, que também estuda copiar o modelo de franquia adotada na França, em 2012. O faturamento do grupo em 2013 foi de ? 3, 9 bilhões. No Brasil, alcançou o resultado de ? 197, 2 milhões.

2 brasileiras no ranking canadense de sustentabilidade

Natura e BRFoods foram as duas únicas empresas brasileiras (e da América Latina) no Índice Global 100, realizado pelo instituto canadense Corporate Knights Inc. Anualmente, a entidade premia as companhias que julga terem as práticas mais sustentáveis de atuação. Os 11 indicadores-chave são: energia, carbono, água, resíduos, desperdício, inovação, impostos pagos, diferença entre os salários do CEO e dos demais trabalhadores, segurança, rotatividade de funcionários e liderança.

US$ 200 milhões para energia limpa

Este é o valor de um empréstimo fechado pela Enel Green Power com a International Finance Corporation (IFC), membro do Banco Mundial, para um projeto de energia limpa no Nordeste brasileiro. O projeto terá duração de dez anos, período no qual a subsidiária Enel Brasil Participações vai atuar na construção de infraestrutura para geração de mais de 300 MW de energia eólica nos Estados da Bahia, de Pernambuco e do Rio Grande do Norte.

Crescimento

A Multiplan, operadora de shopping centers, apresentou lucro líquido de R$ 82,2 milhões no primeiro trimestre de 2014, 16,8% a mais do que o obtido nos mesmos meses de 2013, de acordo com dados do balanço da companhia. O Ebitda (lucro antes dos juros, impostos, depreciação e amortização) chegou a R$ 196,5 milhões, crescimento de 23,4%. A margem Ebitda atingiu 76,4%, alta de 5,1 pontos porcentuais. A receita líquida da Multiplan totalizou R$ 257,2milhões, expansão de 15,1%.

Quem é e como pensa o novo consumidor?

A E-Consulting foi estudar 2.365 consumidores para entender o perfil do que poderia ser chamado de consumidor 2.0. Abaixo, o saldo dessa investida:

  • 1. Está em mutação, mas prefere que digam que é evolução.
  • 2. Tem múltiplos chapéus: consumidor, cidadão, acionista, colaborador etc.
  • 3. Está sempre aberto à experimentação, muitas vezes é taxado de infiel por entrar na onda do efeito viral, mas pode voltar a ser fiel à empresa a qualquer momento.
  • 4. Engaja em redes e comunidades para trocar informações sobre marcas e produtos e também sobre pessoas, tendências, fofocas.
  • 5. É simpático ao conceito de gratuidade.
  • 6. Aproveita as realidades multimídia e multidevice que estão dentro das suas próprias possibilidades.
  • 7. Não é fixo à sua classe social e muito menos aos seus avatares. Não sente vergonha, mas conhece um pouco de engenharia social.
  • 8. ?Conheço? meus ?direitos? e ?defendo? meu ?ponto de vista?.
  • 9. Gera mídia e conteúdo, ampliando seu poder de atuação e influência. Às vezes, é chamado de celebridade por desejar cinco minutos de fama.
  • 10. Não liga para propaganda, mas valoriza a boa comunicação. Não tem problema em elogiar, recomendar, criticar, processar, tudo depende.
  • 11. Quer saber quais são seus valores e políticas, o que sua marca significa.
  • 12. Diz que é sustentável e que exige sustentabilidade da marca, mas na verdade precisa de um empurrãozinho.
  • 13. Mesmo sem necessariamente saber, se posiciona como principal acionista da empresa.
  • 14. Exige qualidade e uma relação valor?preço que lhe pareça justa.
  • 15. Interage e exige feedback qualificado e rápido em todos os canais que quiser e nos que a empresa deixar.

Novo aporte

A Netshoes, e-commerce de artigos esportivos, recebeu um novo aporte de investimentos, no valor de US$ 170 milhões, liderado pelo GIC, fundo soberano de Singapura. A rodada ainda contou com a participação do grupo de fundadores e dos atuais acionistas Tiger Global Management, Temasek Holdings, Iconiq Capital e Kaszek Ventures. O novo aporte reforçará a estrutura de capital da companhia. Em 2013, a empresa atingiu receita líquida de R$ 965 milhões, um incremento de 21% ante 2012.

R$ 28, 4 bilhões

Foi a venda de bens duráveis no primeiro trimestre de 2014. O crescimento foi de 24% em relação ao ano passado e foi impulsionado pela venda de eletroportáteis e celulares, segundo a consultoria GfK

Recomendadas

MAIS MATÉRIAS

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]