Pesquisar
Close this search box.
/
/
As 4 empresas queridinhas dos investidores americanos em 2019

As 4 empresas queridinhas dos investidores americanos em 2019

Um levantamento feito pela plataforma de investimento Pitchbook mostra que dos US$ 27 bilhões investidos pelas Venture Capitals americanas este ano, US$ 8 bi foram para empresas de mobilidade. E não estamos falando do Uber

Os negócios ligados à mobilidade continuam na moda quando o assunto é o interesse dos investidores nos EUA. Segundo um levantamento feito pela plataforma Pitchbook, dos US$ 27 bilhões investidos pelas Venture Capitals no primeiro trimestre deste ano, o setor de mobilidade registrou simplesmente quatro dos cinco maiores investimentos feitos em 2019.

Ao todo, segundo o estudo, foram feitos 1.880 negócios este ano. Os primeiros colocados, e que tinham em comum o tema mobilidade, concentraram quase US$ 8 bilhões. Na lista, há desde empresas que aprimoraram o transporte de pessoas, como a mais nova queridinha dos americanos: a SpaceX, fundada pelo bilionário sul-africano Elon Musk.

Outro detalhe que chama a atenção é a presença de fundos ligados ao banco japonês Soft Bank, que realizou os dois maiores investimentos de 2019 nos EUA. A seguir, veja as principais apostas financeiras em mobilidade:

LEIA MAIS: CONFIRA A EDIÇÃO ONLINE DA REVISTA CONSUMIR MODERNO

1 – Flexport

Conhecida como “o Uber dos mares”, a Flexport é uma empresa de tecnologia com sede na Califórnia, que conecta clientes com as companhias de navegação. Por meio dela, é possível acompanhar a localização da carga, o seu destino, entre outras informações. Além disso, ela desenvolveu um software que se encarrega das burocracias alfandegárias, tais como o pagamento de tarifas e outras questões.

Em fevereiro deste ano, a empresa alcançou o primeiro lugar entre os maiores valores investidos por venture capitals: em uma única rodada, realizada em fevereiro, arrematou nada menos que US$ 1 bilhão da Vision Fund. Por conta disso, o valor de mercado da companhia chegou a US$ 3,2 bilhões, o que a elevou à categoria de unicórnio – empresa com valor superior a US$ 1 bilhão.

Uma curiosidade: um dos acionistas minoritários é o fundo de investimentos do ator americano Ashton Kutcher, conhecido por seu papel em série de TV como That’ 70 Show e Two And The Half Men.

2 – Nuro

A Nuro é uma companhia de robótica praticamente “vizinha” ao Google, em Mountain View, na Califórnia. Um dos seus principais produtos é um carro autônomo que tem a exclusiva função de realizar entregas de mercadorias de supermercados. E isso não é papo de filme de ficção científica. A empresa já realiza as primeiras entregas para uma das mais importantes redes varejistas dos EUA: a Kroger. Assista ao vídeo:

A Vision Fund (de novo) fez um investimento de US$ 940 milhões com o Vision Fund da SoftBank em fevereiro. Um detalhe curioso sobre a Nuro é que ela foi fundada por antigos engenheiros da Waymo, justamente uma das empresas do Grupo Alphabet – ou simplesmente dona do Google.

3 – Aurora

À primeira vista, a Aurora pode parecer mais uma empresa com um carro autônomo. No entanto, um dos fatores que está chamando a atenção de investidores é o que está no coração dessas máquinas: o hardware e o software do veículo.

Há quem afirme que ela tenha um dos mais precisos robôs inteligentes entre os carros autônomos. Não à toa, a empresa garantiu o terceiro maior investimento do primeiro trimestre deste ano de uma rodada que contou com investidores ligados a Amazon, Shell, entre outros.

Outro trunfo da companhia é bem mais humano e atende pelo nome de Chris Urmson, o fundador da empresa. No ano passado, Reid Hoffman, fundador do LinkedIn e investidor de venture capital, chegou a dizer que Urmson seria uma espécie de “Henry Ford dos carros autônomos”. A ver.

4 – SpaceX

Elon Musk pode parecer excêntrico e avesso ao tradicional e engravatado mundo dos negócios. No entanto, ele não carrega o apelido de “Tony Stark da vida real” à toa.

Ele fundou a SpaceX, uma empresa que promete revolucionar as viagens espaciais. Hoje, os foguetes lançados pela Nasa consomem bilhões de dólares em propulsores e estágios que segundos depois são descartados ou se transformam em poeira de metal ao longo da viagem ao espaço sideral. Musk quer inovar justamente neste momento. A empresa criou o Falcon Heavy, o primeiro  foguete reutilizável. Veja o vídeo:

O feito de Musk é louvável, principalmente quando o assunto é custo. A ideia dele é que as viagens espaciais tenham valores abaixo do “bilhão de dólares”. É claro que o preço de aquisição e produção do foguete seria bilionário. No entanto, a partir da segunda viagem esse custo seria de algumas dezenas de milhões de dólares – uma pechincha quando o assunto é missão espacial.

Vista como potencial, a empresa ganhou investimentos de US$ 500 milhões. Um dos investidores é Baillie Gifford, também acionista de outra maluquice de Musk: o Tesla.

Recomendadas

MAIS MATÉRIAS

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]