Pesquisar
Close this search box.
/
/
Geração Z e metaverso: sua marca está preparada juridicamente para este novo universo?

Geração Z e metaverso: sua marca está preparada juridicamente para este novo universo?

Na visão de especialista, o Metaverso vai demandar não só produtos novos, mas novas patentes, proteção e regulação; entenda

A geração Z, formada por aqueles nascidos em 1997 e 2012, nasceram diante de uma revolução digital e se expressam constantemente pelas redes sociais. Esta atitude promoveu uma revolução na forma como o mercado deve estar conectado com os desejos destes jovens consumidores.

Empresas devem entender a sua linguagem criativa e ser capazes de fornecer oportunidades de expressão para esse grupo, inclusive no metaverso, um espaço virtual criado a partir de diversas tecnologias e criptomoedas que tem despertado o interesse de marcas e empresas de vários segmentos.

Na avaliação de Fernanda Magalhaes, sócia de Marketing & Entertainment Law do escritório Kasznar Leonardos, patentes e marcas devem estar atentas na construção e iniciativas dentro desse novo universo. “Do ponto de vista de propriedade intelectual, está se criando um mundo paralelo que vamos pertencer e as marcas estarão expostas por interagir com o consumidor e poderão ser vítimas de copias, pirataria”, analisa a davogada.

Assine a nossa newsletter e fique atualizado sobre as principais notícias da experiência do cliente

Novos produtos, novas patentes

O metaverso vai demandar produtos novos, novas patentes. A Nike é um exemplo de corporação que está ampliando seu portfólio neste novo ambiente virtual. Uma das principais plataformas on-line quando o assunto é interatividade e metaverso é o Roblox, jogo on-line que permite que jogadores criem mundos e experiências virtuais dentro da plataforma de modo interativo. Por isso, o Roblox tem sido uma ferramenta interessante para cocriar com o público.

“Vans World” é o casamento entre Roblox e a empresa de confecções para vestuário e skate Vans. A marca criou seu próprio servidor dentro do game, onde possibilita que os usuários criem seu próprio design de tênis para utilizarem como avatar no jogo, fomentando a autoexpressão dos jogadores e os aproximando da marca. Warner Bros., Hasbro e Gucci são outros cases de grandes marcas que também já realizaram ações na plataforma.

Monetização e direitos autorais: atenção redobrada

Os escritórios de advocacia, de acordo com Fernanda, deverão estar atentos e mais especializados como consultores para todas as demandas de marketing criativo, novas culturas e posturas do consumidor, ampliação da concorrência, aviso de cuidados com compras. “Um tópico que sempre estudo é como ocorrerá a monetização em blockchain no metaverso.  Ainda é algo que está em desenvolvimento e precisa ser aperfeiçoado”, avalia Fernanda.

O direito autoral também vai crescer no metaverso, até mesmo, porque será proporcional ao desenvolvimento deste novo mundo paralelo, segundo a executiva. “Neste ambiente virtual, há direito autorial envolvido. Por exemplo, como as instituições financeiras participarão do Minecraft do ponto de vista de marca, será que há todos os contratos devidamente redigidos, que estarão legalmente preparadas?”, questiona.

Fernanda avalia que o desafio é como pensar nos negócios e promover sinergias com as marcas e influenciadores, garantindo compliance, segurança do branding e patentes, legislação para direitos autoriais. “Quando você for para o metaverso, o que precisa em termos de patente, direito de publicidade? O escritório de advocacia é uma lente. Devemos orientar nossos clientes para que possam trilhar o caminho de forma clara e segura”, comenta. A Kasznar Leonardos tem – em seu portfólio de clientes – cinco agências de influenciadores atualmente.

Regulação e uma nova linguagem jurídica

O relacionamento com o cliente será aprofundado neste universo. Será fundamental ter maior proximidade e ampliação do entendimento do business do cliente. “A atuação do escritório não será direcionada para o linguajar jurídico, mas seremos um orientador e deveremos compreender profundamente como desenvolver projetos e atividades nesta nova dimensão”, analisa Fernanda.

Desta forma, a Kasznar Leonardos trabalha de forma integrada com marketing law e entretenimento, porque compreende que existe uma consolidação e sinergia de diálogo entre estes ambientes. Esta ação garante maior expertise para atendimento de agências de influenciadores e proporciona ampla orientação diante de demandas dos clientes dentro da perspectiva de metaverso.

Outro relevante ponto é que o desenvolvimento de atividades e projetos no metaverso deverá respeitar as legislações, independentemente de barreiras geográficas, e a ambiência regulatória para que se evite pirataria, infrações e impactos na regulamentação de marcas e patentes.

Na opinião de Fernanda, este cenário ainda precisa de maturação. A executiva defende que as leis de um país devem fundamentar a atuação no metaverso daquela região, mesmo que a marca tenha um servidor em outro país. “Poderá existir complexidades para empresas brasileiras, em casos de infração e boas práticas, para que se tenha instrumentos jurídicos necessários alinhados e afinados com potenciais ajustes regulatórios. Há necessidade de um monitoramento para evitar pirataria, por exemplo. Já temos casos de notificações extrajudiciais no mundo real”, comenta.

Pelo nível de aportes no médio prazo, que virou foco de muitas gestoras financeiras e fundos de investimento, o mercado do metaverso crescerá muito com maior engajamento de branding e novas companhias se consolidando nos próximos anos.

“Pensamos que deve ocorrer regulação para este universo online que está sendo criado, especialmente diante da conjuntura de ética corporativa. Neste momento, o cenário ainda está muito verde. Mas há amadurecimento e não está tudo definido, o que é relevante para ser efetivo com criação de melhores práticas, posturas, protocolos”, recomenda Fernanda. A Legislação Brasileira de Privacidade de dados, reconhecida pela sigla LGPD, é um nivelamento de mercado muito relevante, que deverá ser aplicado ao metaverso, acrescenta a executiva.

Assine a nossa newsletter e fique atualizado sobre as principais notícias da experiência do cliente


+Notícias

Quem tem medo do Metaverso?

Metaverso no universo jurídico: de ações na Justiça a preocupações com pirataria virtual

Recomendadas

MAIS MATÉRIAS

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]