Pesquisar
Close this search box.
/
/
A relação entre marketing digital e o avanço do mobile no varejo brasileiro

A relação entre marketing digital e o avanço do mobile no varejo brasileiro

Confira a entrevista concedida pelo diretor geral da Criteo para a América Latina à NOVAREJO sobre o cenário do marketing digital no mercado brasileiro

Se antes os clientes não confiavam no e-commerce como um todo, passaram a fazer compras via desktop e hoje estão habituados a comprar por dispositivos móveis. No segundo trimestre de 2018, as vendas por celular e tablet já representavam 43% das transações online. O movimento de confiança do consumidor no mobile é vertical.

AS VENDAS POR CELULAR E TABLET JÁ REPRESENTAM 43% DAS TRANSAÇÕES ONLINE

Um estudo da Criteo com mais de 5 mil varejistas em mais de 80 países, revela que a adesão à web móvel e à tecnologia dos aplicativos vem crescendo no mundo todo. Globalmente, o mobile domina entre os varejistas que promovem seus aplicativos de compra.

Nesses casos, a Criteo registrou um aumento de 30% em transações feitas via app. A região da Ásia – Pacífico (APAC) conta com a maior parcela de transações em aplicativos (46%), seguida pela Europa (26%) e Américas (18%).

O marketing tem papel fundamental nesta mudança. O varejo brasileiro está mais preparado em termos de estratégia digital, avalia Alessander Firmino, diretor geral da Criteo para a América Latina. “O Brasil continua amadurecendo. Existem diferentes níveis de varejistas e alguns estão bem mais avançados, com uma visão omnichannel, como a Amaro”, diz Firmino.

Confira a entrevista concedida por Alessander Firmino, diretor geral da Criteo para a América Latina, à NOVAREJO sobre o cenário do marketing digital no mercado brasileiro:

NOVAREJO: O mobile é muito bem aceito hoje e sua adesão continua crescendo. Qual o tamanho da participação do marketing nesta mudança?
Alessander Firmino: É importante que o marketing das empresas observe o comportamento dos consumidores. A adoção dos smartphones é um caminho sem volta e é importante integrar o smartphone a toda estratégia de marketing. O consumidor é omnichannel e tem acesso fácil às informações. É preciso conectar todos os pontos de contato e o mobile é um passo de toda essa etapa de mudança do consumidor.

LEIA MAIS:
Os entraves e os exemplos de inovação pelo País
Marketing digital e automação: como melhorar a gestão do lead?

NV: Quando falamos de marketing digital, o que significa ter uma boa estratégia? Quais são os pilares para o varejista olhar e avaliar se sua empresa tem uma estratégia sólida e eficiente?
AF: O principal pilar é o conceito omnichannel. É preciso colocar o consumidor no centro da atenção do marketing. O consumidor não está olhando para a loja por canal, e sim como um todo. Não se pode planejar uma campanha somente para loja física, ou somente no e-commerce.

NV: Em termos de estratégia digital o varejo brasileiro está maduro ou ainda precisa aprender com outros países?
AF: O Brasil continua amadurecendo. Existem diferentes níveis de varejistas e alguns estão bem mais avançados, com uma visão omnichannel, como a Amaro, que faz das suas lojas pontos de interação com o produto. Existe um processo de educação que fazemos juntos (à imprensa) que ajuda os que estão começando agora a entender essa oportunidade e começar a se dedicar.

marketing digital
Foto Pexels

NV: E as PMEs? Elas são maioria no Brasil e enfrentam algumas dificuldades. Como você vê o nível de maturidade das empresas pequenas?
AF: Elas estão aproveitando este momento. Você vê as pequenas se integrando aos marketplaces das grandes, como padarias ‘de esquina’ aproveitando as soluções de Rappi e iFood, por exemplo. Hoje a lojinha de bairro que vende acessórios consegue ter abrangência nacional e expandir sua visibilidade. Então as pequenas estão aproveitando as ferramentas disponíveis.

NV: Na América do Norte, a taxa de conversão nos aplicativos de compra é três vezes maior que na web mobile. Isso deve acontecer aqui no Brasil?
AF
: Este é um caminho sem volta. Os aplicativos são a ferramenta mais poderosa que o varejista tem para fidelizar e criar relacionamento. O Wish faz isto muito bem, mantendo uma interação forte, como se fosse um personal shopper, utilizando gamificação também.

Esse tipo de interação ajuda a manter o relacionamento com o cliente. Conseguimos fazer isso no Brasil. Algumas empresas estão evoluindo o nível de interação com o cliente e o aplicativo é ferramenta superimportante para isso, você aprende o momento certo de dar um push (notificação) e recomendar um produto certo.

NV: Vocês, da Criteo, trabalham a nível global com personalização. Neste quesito a Amazon é referência quando pensamos em varejistas. Como vocês enxergam a Amazon? Como um exemplo a ser seguido ou como uma concorrente?
AF: Nós aspiramos muito a Amazon, assim como outras empresas. Existe uma diferença grande porque fazemos algo além, já que somos uma plataforma de publicidade para internet aberta. A Amazon trabalha com as informações que ela própria coleta. Nosso conjunto de dados é maior por trabalharmos com internet aberta. Damos ao varejista a oportunidade de interagir e tomar a decisão correta, trabalhamos como parceiros.

Saiu no Whow!
Pagamentos inteligentes: mito ou realidade?
Experiência no varejo: como a inovação pode aprimorar o setor?

Recomendadas

MAIS MATÉRIAS

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]