Pesquisar
Close this search box.
/
/
Inteligência Artificial domina ações voltadas para CX no Brasil

Inteligência Artificial domina ações voltadas para CX no Brasil

Além de auxiliar na personalização das vendas, o uso da IA vem sendo empregado para o aperfeiçoamento do relacionamento cliente-marca

Você sabia que até o final do ano as empresas brasileiras devem investir aproximadamente R$ 2,61 bilhões de reais em inteligência artificial (IA), segundo a consultoria de tecnologia IDC? Ainda de acordo com o relatório, a expectativa é que haja um aumento de 28% do índice de organizações interessadas neste segmento tecnológico, se comparado ao ano anterior.

Direcionada primordialmente para a jornada de compra e para a experiência do consumidor (CX), a IA vem auxiliando no desempenho de distintos objetivos corporativos, como a personalização do atendimento e a otimização de interações marca-cliente por meio do uso de chatbots. Além disso, utilizando os famosos “algoritmos”, a inteligência artificial também atua nas recomendações personalizadas, já que observa o comportamento do público-alvo na internet e oferece serviços e produtos pelas quais o consumidor estava procurando.

Os bons resultados trazidos pela inserção da IA na elaboração de estratégias de CX são tão palpáveis que a analista de tecnologia Rita Wu, em uma matéria divulgada pela CNN Brasil, afirmou que 80% dos filmes e séries assistidos pelo público da Netflix são derivados de recomendações propostas pelo próprio streaming, que investe, por sua vez, no aperfeiçoamento dos algoritmos para melhorar a experiência de seus clientes.

Assine nossa newsletter e fique atualizado sobre as principais notícias da experiência do cliente

Vivo teve um crescimento de 137% de elogios espontâneos após implantação de IA

Quem também tem apostado, com maestria, na aplicação da inteligência artificial para os projetos ligados a CX é a telefônica Vivo, que valendo-se da Sprinklr, plataforma unificada de gerenciamento de experiência do cliente (Unified-CXM), conseguiu reduzir o tempo de criação automática de resposta em 65%, obteve um aproveitamento de respostas inteligentes de 70% e um crescimento de elogios espontâneos pelos consumidores de 137%.

E é justamente sobre essa temática que, a convite da CONAREC, Eduardo Apolinário, Customer Success Director da Sprinklr, conversou com José Reginaldo Neto, Customer Experience Sr manager da Vivo. Pautado na temática “Como a inteligência artificial pode apoiar estratégias de CX”, o representante da concessionária de telefonia fixa, móvel, internet banda larga e TV por assinatura do Brasil iniciou o bate-papo discorrendo sobre os desafios enfrentados durante o processo de introdução da IA.

“A inteligência artificial não nasce sabendo. Nosso primeiro desafio é ensiná-la a aprender. Na vivo, criamos um book para ajudar nesse processo de aprendizagem. Para tal, fizemos um estudo aprofundado nas redes sociais para entender os principais temas buscados pelos clientes nestes ambientes.

Para esses temas, criamos algumas respostas completas utilizando a linguagem adequada e o DNA da Vivo”, iniciou José Reginaldo Neto, que continuou: “por meio da resposta completa, eu consigo solucionar o problema do cliente que entrou em contato e de outros clientes que entraram no perfil em busca de respostas semelhantes. Com relação a linguagem adequada, sabemos que as redes sociais possuem uma linguagem muito moderna e, ao fazermos uso desse mesmo estilo de linguagem, criamos uma conexão com o cliente, tornando uma jornada fluida e agradável”, pontuou o Customer Experience Senior Manager da Vivo.

“Após ter o book completo, as informações foram levadas para o segmento operacional e, a partir daí, a IA passou a relacionar a resposta que a operação utiliza para tratar o caso do cliente. Assim, automaticamente, esta tecnologia propõe a resposta para a operação, de forma com que as dúvidas dos consumidores sejam sanadas de maneira rápida, eficiente e automatizada”, argumentou José Reginaldo Neto.

Leia Mais: Como crescer e acompanhar o cliente exponencial

Após inserção de IA, necessidade de atendimento humano cai

Além da agilidade no processo de atendimento automático, Eduardo Apolinário questionou o representante da Vivo acerca do aumento da eficiência obtida pela empresa ao recorrer a Sprinklr para tratar dos casos em que as respostas não podem ser computadorizadas, como em situações complexas onde o cliente precisa conversar diretamente com um atendente humano.

Como resposta, o profissional atuante na rede de telefonia discorreu sobre o uso da IA para selecionar as dúvidas complexas e separá-las das questões mais genéricas, que não necessitam de atendimento humano: “antes de termos a Inteligência Artificial da Sprinklr implantada, todo caso que entrava era direcionado para o atendimento. Haviam muitos casos que nossa equipe não precisava retornar, como mensagens isoladas com emojis, por exemplo.

Conheça o Mundo do CX

Assim, fomos ensinando a inteligência a direcionar os casos que deveriam ser enviados para o atendimento humano e os que não precisavam ser direcionados. Hoje, com a IA implantada, 23% dos tickets são fechados automaticamente, sem a necessidade do atendimento humano. Isso torna minha equipe ainda mais eficiente, já que tudo é feito de forma automática”, explicou José Reginaldo.

Ainda falando sobre CX, o convidado da CONAREC e representante da Vivo também lembrou que além das melhorias visíveis nos processos internos da empresa, a IA também é crucial para o aperfeiçoamento do relacionamento com o cliente: “uma grande sacada que tivemos foi que a inteligência artificial da Sprinklr consegue identificar uma satisfação preditiva do cliente. Toda vez que esse cliente entra com uma satisfação preditiva baixa, nós priorizamos esse atendimento, já que clientes insatisfeitos tendem a ser menos tolerantes a atrasos. Clientes insatisfeitos invadem as redes sociais para comentar que seus problemas não foram resolvidos, o que polui a rede. Nesse sentido, esse modelo de priorização aumentou em 9 pontos a resolutividade e aumentou em 137% os elogios que o público faz nas redes sociais sobre o atendimento recebido”, afirmou o Customer Experience Senior manager da Vivo.

Leia Mais: CRM ao Big Data sem escalas e sem respostas: onde está a falha

IA permite personalização das vendas e geração de leads qualificados

Por fim, José Reginaldo trouxe à tona os ganhos trazidos pela inteligência artificial na receita da Vivo: “nós ensinamos a IA a identificar interesse de compra de produto da Vivo. Por exemplo, fizemos um post sobre um produto e o cliente se interessou. Esse cliente já tem uma propensão. Quando a inteligência artificial identifica tal interesse, envia os dados do lead qualificado para uma ilha de vendas que o aborda, por sua vez, com tom comercial, tirando dúvidas e anunciando o produto específico”, finalizou.

Vale lembrar que o CONAREC, que promoveu o diálogo entre José Reginaldo e Eduardo Apolinário, é o maior evento da América Latina direcionado para o relacionamento entre marca e cliente. Esta edição teve como tema “CX MADE IN BRAZIL: MAIS CONECTADO, MAIS INTELIGENTE E MAIS HUMANO”.


+ Notícias

É possível ser phygital e omnicanal ao mesmo tempo?

Bots à beira de um ataque de nervos: o que fazer para não deixar o cliente sem saída?

Recomendadas

MAIS MATÉRIAS

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]