Pesquisar
Close this search box.
/
/
Indicador do Google aponta maturidade digital dos internautas brasileiros

Indicador do Google aponta maturidade digital dos internautas brasileiros

Empresa lança pesquisa pioneira sobre o tema e analisa acesso, segurança de dados, uso, cultural digital e criação de conteúdo na plataforma

Qual o conhecimento e o comportamento do brasileiro com as tecnologias? Foi para responder essa pergunta que o Google lançou o Índice de Habilidades Digitais (IHD) com a análise do acesso, da segurança de dados, uso e cultura digital do internauta nacional.

A pesquisa colaborativa com a McKinsey revelou que o brasileiro possui média 3, entre 0 e 5, quando se trata do domínio de habilidades digitais e de uso de plataformas.

O estudo inédito busca compreender o nível de digitalização dos brasileiros conectados, as competências dominadas, a diferença de maturidade entre grupos específicos e o que uma melhora nas habilidades digitais da população poderia significar para a economia do país.

Maria Helena Marinho, coordenadora de Marketing e Insights da Google Brasil, afirma que o brasileiro tem vocação digital. “Pensar na comunicação digital do brasileiro é olhar estas quatro palavras: comunicação, socialização, informação e entretenimento”, diz.

A pesquisa feita com o objetivo de apontar as habilidades dos brasileiros com o uso dessas ferramentas ilustra a dificuldade do usuário com processos complexos, conta a coordenadora.

“A gente percebe que quando se começa a sofisticar em nível de complexidade, o interesse do internauta brasileiro cai”, comenta.

Metodologia

Para a análise, 2477 pessoas foram entrevistadas nas cinco diferentes regiões do país, em 12 estados e 28 cidades, como Ribeirão Preto, Caruaru e Curitiba. Em relação à faixa etária e condição socioeconômica, o levantamento ouviu brasileiros entre os 15 e 60 anos de idade das classes A a D.

De acordo com Maria Helena, cada entrevistado respondia um questionário com frases sobre as cinco áreas de pesquisa e atribuía um conceito entre 0 e 5 para o seu grau de conhecimento.

Acesso

O valor atribuído pelo internauta brasileiro foi de 3,5. Os pontos positivos apresentados nessa área estão relacionados ao uso de aparelhos (ligar e desligar) e à navegação. Já os pontos negativos apresentados trazem dificuldades em configuração de softwares e na utilização de comandos de voz.

Segurança

Não é novidade que a preocupação com dados pessoais tem sido algo importante para os internautas. Com o brasileiro, isso não é diferente. Nesse índice da avaliação, a nota do internauta é 3,4. Porém, as dificuldades do brasileiro é em identificar sites seguros e conteúdos falsos, como as fake news.

“Existe um reconhecimento do brasileiro sobre esses procedimentos ilegais, mas a questão de fake news é um problema mesmo, a identificação de sites não seguros ainda não é muito desenvolvida”, comenta.

Uso

Aplicativos de mensagem são os campeões quando se fala em utilização do internauta. De acordo com o índice de Maturidade Digital, o uso deles e de buscadores são os pontos fortes do brasileiro, com nota 3,4.

Já em relação aos pontos fracos, o armazenamento de dados em nuvens e o número de transações online ainda é reduzido.

Cultura Digital

Sobre o aprendizado contínuo e o acompanhamento de atualizações de softwares, o brasileiro tirou nota 3,0. A tomada de risco com novas tecnologias e a cultura de aprendizagem por tentativa e erro são características do internauta, segundo ao IHD.

Criação

O quinto aspecto da pesquisa de Maturidade Digital do brasileiro que registrou o menor número na avaliação, com 1,8 pontos, foi o de criação de conteúdo e domínio das plataformas digitais. O baixo conhecimento de ferramentas, códigos de programação e promoção de publicidade foram aspectos levantados pelo estudo, segundo Maria Helena Marinho.

Iniciativa

Paula Castilho, sócia da McKinsey e participante da pequisa, aponta que a digitalização tem repercussão direta sobre a renda e as oportunidades de desenvolvimento social do país. “As competências juntas podem ter um impacto de 40%, do valor do salário mínimo, cerca de R$380, na renda mensal de um trabalhador”, explica.

Ainda segundo o IHD, indivíduos com maior maturidade em competências digitais reportam maior satisfação no trabalho e garantem melhores oportunidades profissionais. Uma das iniciativas nesse cenário é o “Cresça com o Google”, lançado em 2017, incentiva esse desenvolvimento digital de internautas brasileiros.

Destinado para desde professores, jornalistas, desempregados, pequenos empreendedores e desenvolvedores, o programa oferece, gratuitamente, aulas e dinâmicas de grupo durante encontros em diversas cidades do país.

Com inscrição prévia pelo site, o interessado pode participar dos treinamentos feitos em arenas. Cerca de 50 mil pessoas já foram atendidas pelo programa, segundo a organização.

Recomendadas

MAIS MATÉRIAS

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]