Pesquisar
Close this search box.
/
/
Geração Z é mais politizada do que as anteriores. Como impactar este público?

Geração Z é mais politizada do que as anteriores. Como impactar este público?

Racional na hora de se relacionar com as marcas nas redes sociais, adolescentes e jovens até 24 anos buscam marcas que ajudem a aprender e consumir de forma mais criteriosa

O que tem em comum Greta Thunberg na luta contra o aquecimento global mundo afora, Emma González, que liderou o movimento estudantil Never Again pelo fim do controle da venda de armas nos Estados Unidos após sobreviver a um massacre na Flórida, e Malala Yousafzai, a pessoa mais jovem no mundo a ganhar o Prêmio Nobel da Paz? A sensação de que a próxima geração mais jovem – aquela que vai dos 16 aos 24 anos – está mais interessada em causas e ações políticas não é só um palpite de quem observa os acontecimentos recentes e o buzz das redes sociais.

Uma pesquisa comandada pela empresa Verizon Media, consultoria especializada em conteúdo, publicidade e tecnologia (que tem como clientes o Yahoo e o jornal Huffington Post) confirma o real interesse em causas que movem a Geração Z, formada por jovens entre 16 a 24 anos. Para eles, que serão os herdeiros do planeta no século 21, meio ambiente, questões políticas e pautas sociais são os temas de maior atenção do momento nas conversas entre seus grupos.

A pesquisa feita com 60 mil pessoas, em 15 mercados diferentes e analisou mais de 100 mil interações online. A consultoria também aponta alguns acontecimentos a partir de 2016 que podem ter influenciado nesse comportamento – entre eles a eleição de Donald Trump para a presidência dos Estados Unidos e o Brexit, cujos impactos na vida cotidiana das pessoas ainda são imprevisíveis.

11 indústrias que estão prosperando graças aos Millennials
A Geração Z está matando diversos setores do mercado. E agora?

No Brasil, especificamente, ainda que a saída do Reino Unido da União Europeia e o Trumpismo não tenham impacto direto na vida dos jovens dessa faixa etária, a mesma tendência de preocupação com esses temas foi identificada. Por aqui, na avaliação da Verizon com 4,2 mil pessoas, o interesse dessa parte da população por temas políticos, por exemplo, aumentou 72% se comparado a 2016, quando uma outra pesquisa do gênero foi feita.

Mais um fator relevante apresentado pela pesquisa é o de que a Gen Y procura buscar na internet mais pesquisas e explicações sobre o mundo do que apenas reagir a um impulso emocional – leia-se “dar like”. Por isso mesmo, a ligação desse grupo com empresas que defendam uma causa ou tenham uma bandeira clara é muito mais real do que com as gerações anteriores.

Além de apenas “aparecer” e se comunicar com seus pares em redes como Snapchat ou Instagram – algo mais comum nos millennials – os integrantes da Gen Y querem ficar informados e formar a sua opinião dentro desses assuntos.

EM BUSCA DE UM PROPÓSITO

Geração Z
Foto Shutterstock

Essa curiosidade por saber mais e a dedicação maior para causas é vista como a tal busca por propósito que bureaus de tendência já vêm indicando ser característico da Gen Y. Isso pode fazer com que eles interajam mais com as marcas e até com branded content produzido por elas, desde que fique claro o objetivo da campanha publicitária ou do produto que estão oferecendo.

Ainda falando sobre os números da pesquisa no Brasil, 100% dos entrevistados admitiu para a Verizon Media ter mais chances de comprar algo de uma marca com a qual interagiu ou segue e 32% até compartilhariam conteúdo patrocinado dependendo da causa que ela defender. É um dado importante para ficar de olho e um sinal verde para as empresas investirem em conteúdo relevante e bem feito para se destacarem na próxima década, você não concorda?


Marcas exploram TikTok em busca de diálogo com a Geração Z

Busca por práticas sustentáveis ​​de varejo crescem entre a Geração Z

Greta Thunberg é a Personalidade do Ano. O que ela nos diz sobre a Geração Z?


Recomendadas

MAIS MATÉRIAS

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]

SUMÁRIO – Edição 282

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos a era do pós-consumidor, mais exigente e consciente e, sobretudo, mais impaciente, mais insatisfeito e mais intolerante com serviços ruins, falta de conveniência, serviços deficientes e quebras de confiança. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo, das decisões, estratégias e inovações. O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia, que critica sem consumir, reclama sem ser cliente, questiona sem conhecer. Tudo porque esse consumidor quer exercer um controle maior sobre suas escolhas e decisões. Falamos de um consumidor que quer respeito absoluto pela sua identidade – ativista, consciente, independentemente de gênero, credo, idade, renda. Um consumidor com o poder de disseminar ideias, que rapidamente se organiza em redes orquestradas capazes de mobilizar corações, mentes e manifestações a favor ou contra ideias, campanhas, marcas, empresas. Ele cria tendências e as descarta na velocidade de um clique. Acompanhar cada passo dessa evolução do consumidor é um compromisso da Consumidor Moderno, agora cada vez mais uma plataforma de distribuição de insights e conteúdo multiformato, com o melhor, mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor e inteligência relacional, ajudando executivos de empresas que tenham a missão de fazer a gestão eficaz de comunidades de clientes a tomar melhores decisões estratégicas. A agenda ESG, por exemplo, que finalmente ganha relevo na agenda corporativa, ocupa nossa linha editorial há muito tempo, porque já a entendíamos como exigência do consumidor no limiar da era digital. Consumidor Moderno também procura mostrar o que há de mais avançado em tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a gestão de clientes de modo eficaz, conectando executivos e lideranças em um ecossistema virtuoso de geração de negócios e oportunidades.

Concepção da capa:
Camila Nascimento


Publisher
Roberto Meir

Diretor-executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Cecília Delgado
Jade Lourenção
Jéssica Chalegra
Júlia Fregonese
Lara Madeira
Marcelo Brandão

Head de Arte
Camila Nascimento
[email protected]

Designer
Melissa D’Amelio

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias
assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com
autorização da Editora ou com citação da
fonte. Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright, sendo vedada a
reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados e
informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]