Pesquisar
Close this search box.
/
/
Fintechs: elas podem dominar o setor financeiro?

Fintechs: elas podem dominar o setor financeiro?

Bancos e instituições financeiras foram desafiadas pelas fintech, empresas que prestam basicamente o mesmo serviço por custos menores - e muita tecnologia

O presidente da JP Morgan, Jamie Dimon alertou que o Vale do Silício estava de olho no setor financeiro – em especial, o negócio dos bancos. O que parecia um setor “protegido” do avanço das startups mudou rapidamente nos últimos anos. E o nome da revolução no setor leva o nome de Fintech.

Fintech faz exatamente o que um banco faz, mas utiliza alta tecnologia e gasta uma quantia infinitamente inferior a uma instituição financeira. Elas dominaram a plenária “Fintechs e a revolução do crédito no Brasil”, no Recover Money.

O mediador do painel Lauro Gonzalez, coordenador do Centro de Estudos em Microfinanças e Inclusão Financeira da FGV, um conhecedor do assunto e que recentemente publicou um artigo sobre as fintechs. “Há um mês, nós tínhamos que falar a definição de fintech. Hoje, a mídia especializada já discute os efeitos dessas empresas disruptivas no setor financeiro”, afirma.

Hoje, há um respeito dos bancos em relação às fintechs – e vice-versa. Svante Westerberg, co-founder da maxiPAGO! (sistema de pagamento adquirido pelo Itaú), afirma que há “mentes brilhantes não apenas dentro das startups, mas também dentro dos bancos”. E onde instituições financeiras e as empresas de tecnologia se diferenciam? “Existem mentes brilhantes nos bancos também, mas tradicionalmente há a área de compliance de risco e tem por hábito dizer ‘não’. Eles precisam de equilíbrio para inovar”, afirma Westerberg.

Outra desvantagem dos bancos em relação as fintechs é o baixo custo. Igor Marchesini, managing director da Brazil Sumup (facilitadora de pagamento), citou um exemplo no painel. “Penso que a folha de cheque está em extinção. Hoje, as pessoas usam esse meio de pagamento por causa de um prestador de serviço. Nós pegamos esse processo e jogamos fora. Não posso mais gastar R$ 300 com o back office com papel e outros materiais. Hoje, eu uso digital e dados do Serasa”, afirma.

Por outro lado, as fintechs têm alguns desafios, normalmente ligados à “velha economia”. “As Fintechs buscam digitalizar tudo, o que é outra vantagem a nosso favor. Nascemos digital sem ter sistema legado, o que provoca algumas discussões”, afirma Augusto Lins, sócio-diretor da Stone. Um exemplo é o Uber, que confrontou o taxista. E como se comportou a empresa que surgiu no Vale do Silício? “É melhor pedir desculpas do que pedir permissão. O Uber fez isso. É o caminho”, afirma Westerberg.

Cobrança

No caso de um evento de recuperação, o Recover Money, a tecnologia pode ajudar a aprimorar a cobrança da dívida por meio de uma gestão digital de crédito. É o que acredita Michele Labriola, CEP da SACapp (empresa que visa tirar a dependência de discadores preditivos no atendimento por meio da digitalização do processo).

“Precisamos olhar com carinho a tecnologia e sermos mais ousados para, assim, fazer algo diferente. Uma das saídas para a recuperação de crédito é simplificá-la e torná-la mais barata”, afirma.

A simplificação foi justamente a saída desenvolvida pela F(X), empresa que conecta quem oferta e quem busca dinheiro emprestado. “Um consultor leva dois meses. Usamos 50 variáveis e fazemos isso em 10 segundos. É como o Tinder, que faz o match de quem quer dinheiro e quem precisa”, afirma Dan Cohen, CEO e fundador da startup.

Recomendadas

MAIS MATÉRIAS

SUMÁRIO – Edição 284

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos na era da Inteligência Artificial, dos dados e de um consumidor mais exigente, consciente e impaciente. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo: das decisões, estratégias e inovações.
O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia. Ele quer respeito absoluto pela sua identidade, quer ser ouvido e ter voz.
Acompanhar cada passo dessa evolução é um compromisso da Consumidor Moderno, agora um ecossistema de Customer Experience (CX), com o mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor, inteligência relacional, tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a experiência de modo eficaz, conectando executivos e lideranças.

CAPA:
YUCA | Estúdio Criativo

ILUSTRAÇÃO:
Midjorney


Publisher
Roberto Meir

Diretor-Executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-Executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-Comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Elisabete Almeida
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

Fabiana Hanna
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head de Conteúdo e Comunicação
Verena Carneiro
[email protected]

Head de Conteúdo
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-Assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Danielle Ruas 
Jéssica Chalegra
Julia Fregonese
Marcelo Brandão

Designer
Melissa D’Amelio
YUCA | Estúdio Criativo

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Líder de Marketing Integrado 
Suemary Fernandes 
[email protected]

Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com autorização da Editora ou com citação da fonte.
Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright,
sendo vedada a reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados
e informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]

SUMÁRIO – Edição 284

As relações de consumo acompanham mudanças intensas e contínuas na sociedade e no mercado. Vivemos na era da Inteligência Artificial, dos dados e de um consumidor mais exigente, consciente e impaciente. Mais do que nunca, ele é o centro de tudo: das decisões, estratégias e inovações.
O consumidor é digital sem deixar de ser humano, inovador sem abrir mão do que confia. Ele quer respeito absoluto pela sua identidade, quer ser ouvido e ter voz.
Acompanhar cada passo dessa evolução é um compromisso da Consumidor Moderno, agora um ecossistema de Customer Experience (CX), com o mais completo, sólido e original conhecimento sobre comportamento do consumidor, inteligência relacional, tecnologias, plataformas, aplicações, processos e metodologias para operacionalizar a experiência de modo eficaz, conectando executivos e lideranças.

CAPA:
YUCA | Estúdio Criativo

ILUSTRAÇÃO:
Midjorney


Publisher
Roberto Meir

Diretor-Executivo de Conhecimento
Jacques Meir
[email protected]

Diretora-Executiva
Lucimara Fiorin
[email protected]

COMERCIAL E PUBLICIDADE
Gerentes-Comerciais
Andréia Gonçalves
[email protected]

Daniela Calvo
[email protected]

Elisabete Almeida
[email protected]

Érica Issa
[email protected]

Fabiana Hanna
[email protected]

NÚCLEO DE CONTEÚDO
Head de Conteúdo e Comunicação
Verena Carneiro
[email protected]

Head de Conteúdo
Melissa Lulio
[email protected]

Editora-Assistente
Larissa Sant’Ana
[email protected]

Repórteres
Bianca Alvarenga
Danielle Ruas 
Jéssica Chalegra
Julia Fregonese
Marcelo Brandão

Designer
Melissa D’Amelio
YUCA | Estúdio Criativo

Revisão
Elani Cardoso

MARKETING
Líder de Marketing Integrado 
Suemary Fernandes 
[email protected]

Coordenadora
Mariana Santinelli

TECNOLOGIA
Gerente

Ricardo Domingues

CX BRAIN
Data Analyst
Camila Cirilo
[email protected]


CONSUMIDOR MODERNO
é uma publicação da Padrão Editorial Eireli.
www.gpadrao.com.br
Rua Ceará, 62 – Higienópolis
Brasil – São Paulo – SP – 01234-010
Telefone: +55 (11) 3125-2244
A editora não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos ou nas matérias assinadas. A reprodução do conteúdo editorial desta revista só será permitida com autorização da Editora ou com citação da fonte.
Todos os direitos reservados e protegidos pelas leis do copyright,
sendo vedada a reprodução no todo ou em parte dos textos
publicados nesta revista, salvo expresso
consentimento dos seus editores.
Padrão Editorial Eireli.
Consumidor Moderno ISSN 1413-1226

NA INTERNET
Acesse diariamente o portal
www.consumidormoderno.com.br
e tenha acesso a um conteúdo multiformato
sempre original, instigante e provocador
sobre todos os assuntos relativos ao
comportamento do consumidor e à inteligência
relacional, incluindo tendências, experiência,
jornada do cliente, tecnologias, defesa do
consumidor, nova consciência, gestão e inovação.

PUBLICIDADE
Anuncie na Consumidor Moderno e tenha
o melhor retorno de leitores qualificados
e informados do Brasil.

PARA INFORMAÇÕES SOBRE ORÇAMENTOS:
[email protected]